quinta-feira , 29 fevereiro 2024
Ínicio Filmes e Séries “A Idade Dourada” – Reviva os momentos marcantes da primeira temporada da série
Filmes e SériesHBO MaxNotícias

“A Idade Dourada” – Reviva os momentos marcantes da primeira temporada da série

51

Na opulenta Era Dourada dos Estados Unidos, no final do século 19, uma série original da HBO promete uma jornada cativante pela sociedade novaiorquina, revelando uma teia de escândalos, ambição e lutas de poder. Criada pelo aclamado roteirista e produtor Julian Fellowes, conhecido por seu trabalho em “Downton Abbey“, “A Idade Dourada” cativou o público com seu elenco premiado, cenários luxuosos e narrativa emocionante. E o melhor está por vir, pois a série retorna com novos episódios no domingo, 29 de outubro, às 22h, na HBO e na HBO Max.

A primeira temporada desse drama envolvente se passa em 1882. Após uma tragédia pessoal, Marian Brook (interpretada por Louisa Jacobson) decide mudar-se para Nova Iorque, onde passará a morar com suas tias Ada (Cynthia Nixon) e Agnes Van Rhijin (Christine Baranski). Ao chegar na cidade, Marian se depara com um mundo completamente diferente do seu, onde uma sociedade está dividida entre manter os antigos hábitos ou abraçar o futuro.

Do outro lado da rua, a família Russell, composta pelo magnata George (Morgan Spector), sua esposa Bertha (Carrie Coon) e seus filhos, acaba de se mudar para sua nova e chamativa mansão, causando desagrado entre os vizinhos, que os consideram “novos ricos”.

Os Russells fazem de tudo ao seu alcance, graças à sua fortuna, para serem aceitos no ciclo da velha guarda, mas a abelha-rainha, Lady Astor (Donna Murphy), não facilita para os novatos. A primeira temporada da série foi marcada por conflitos que brindaram o público com cenas de eventos grandiosos, trajes exuberantes e grandes demonstrações de poder.

Enquanto isso, a misteriosa Peggy Scott (Denée Benton), natural do Brooklyn, persegue o sonho de se tornar escritora, enfrentando obstáculos em sua jornada, incluindo questões familiares e o preconceito racial da sociedade.

Enquanto disputas ocorrem nas camadas mais altas da sociedade, os funcionários das mansões também travam suas próprias batalhas e vivem suas polêmicas pessoais, criando momentos divertidos e emocionantes que revelam os enormes contrastes sociais da época.

A série também retratou momentos e figuras históricas, incluindo o início da Cruz Vermelha, uma organização mundial de saúde ainda existente, e sua fundadora nos EUA, Clara Barton (Linda Emond); a ascensão de T. Thomas Fortune (Sullivan Jones), um escritor e líder dos direitos civis, que foi o principal jornalista negro da época; e a chegada da eletricidade a Nova Iorque, liderada por Thomas Edison.

A segunda temporada de “A Idade Dourada” está programada para estrear no domingo, 29 de outubro, às 22h00, na HBO e HBO Max, com novos episódios lançados semanalmente. Prepare-se para mergulhar em uma era de intrigas, paixões e reviravoltas.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Meias suadas por R$ 800: Thomaz Costa volta a vender conteúdo inusitado em plataforma para fãs

Após anunciar que havia abandonado o OnlyFans, Thomaz Costa surpreende seguidores ao...

Brocólis na maquiagem: Tendência viral #Broccolifreckles traz riscos à pele

Influenciadoras como Carolina Dieckmann e Malu Borges aderiram à técnica inusitada de...

2º em usuários de Instagram, Brasil tem força para negócios em redes sociais

No universo das redes sociais, sempre uma rede será a bola da...