Elcio Coronato entrevista o negociador do sequestro de Silvio Santos

Diógenes Lucca, contou detalhes inéditos da ação, no canal Elcio Coronato, na Rede Snack

Diógenes Lucca e Elcio Coronato

O Comandante Diógenes Lucca, fundador do Gate, grupo de ações táticas especiais, foi o entrevistado do canal Elcio Coronato, na Snack, maior rede multiplataforma brasileira de social vídeo.

O profissional que entre outras coisas, hoje se dedica a passar seus conhecimentos a empresas e profissionais de alta performance, foi o principal negociador de refém da polícia paulista durante 11 anos. Neste período comandou mais de 100 negociações em sequestros, entre eles o do apresentador Silvio Santos.

O caso, que aconteceu em 2001, foi um dos grandes acontecimentos da época e teve como princípio o sequestro da filha do apresentador, Patrícia Abravanel. Na ocasião, logo após receber um resgate de R$ 500 mil, o sequestrador fugiu e reapareceu dois dias depois à mansão do apresentador, mas dessa vez a vítima foi Silvio Santos.

O comandante contou que foi chamado na casa para negociar com o sequestrador Fernando Dutra. Assim que chegou se deparou com a sala cheia de policiais e autoridades, segundo ele, parecia a ‘festa da firma’:

LEIA TAMBÉM:  Entrevista com Sophia Marins, consultora de imagem da “Power Couple"

“Eu chamei uma autoridade que estava lá e pedi para limpar o local, porque tinha muita gente”, conta. Diógenes conta que Silvio Santos exigiu que trouxessem o secretário de segurança para que Fernando pudesse se entregar.

A crise de refém é uma crise que a polícia tem que resolver. O secretário não é polícia, ele é chefe, mas não é polícia, assim como o governador. Então, por técnica, eu não poderia deixar vir uma autoridade do executivo lá”.


O comandante conta que mesmo assim na ocasião apareceu o governador Geraldo Alckmin que teve o papel de intermediar com Silvio a rendição do bandido:

“Foi engraçadíssima essa hora, ele estava tão ‘estocolmizado’ ( da síndrome de estocolmo) que quando abriu a porta e os caras foram dar a calça pra ele, preocupados em ele (Silvio) sair de cueca, ele ignorou a peça de roupa, foi saindo e abraçando o governador de cueca mesmo. Eu tenho comigo que o Silvio não queria que nada de mal acontecesse com o Fernando, apesar de ele ter sido o autor do sequestro de sua filha e tê-lo mantido como refém. Ele não queria ver sangue e nem uma morte na casa dele”.

Lembrando que a história da vida de Silvio Santos está prestes a ser contada nas telas do cinema e terá Rodrigo Faro, no papel do apresentador.

LEIA TAMBÉM:  Entrevista com Sophia Marins, consultora de imagem da “Power Couple"

Quer saber mais sobre o vídeo?

Sobre a Rede Snack

A Snack, fundada pelos publicitários Vitor Knijnik e Nelson Botega, é a maior rede multiplataforma brasileira de social video. Ela cria, produz, desenvolve e distribui conteúdo original multiplataforma (YouTube, Facebook, Instagram, SVODs), e possui 3 unidades de negócio.

Snack Creators – área de production service, comercialização e gerenciamento para os talentos mais influentes do país como PC Siqueira, Barbixas, Flavia Pavanelli, entre outros.

Snack Studios – área de desenvolvimento e produção de séries originais multiplataforma, como o OK!OK!, canal sobre o mundo pop mais visto do YT Brasil, Vendi meu Sofá com a fitness girl Gabriela Pugliesi, Nosso Canal, apresentado pelas garotas mais bombadas da internet, Casa do Saber, de entretenimento cultural, entre outras séries originais, Ilha de Barbados, com Rafinha Bastos, PC Siqueira e Cauê Moura.

LEIA TAMBÉM:  Entrevista com Sophia Marins, consultora de imagem da “Power Couple"

Snack Brands – serviços de criação, produção, mídia e inteligência audiovisual digital para agências e marcas. A área é responsável pela criação e produção do maior canal de marca do YouTube Brasil, Mundo da Menina by Pampili, que já ultrapassou 2,6M de inscritos, em parceria com a Sociedade Criativa da publicitária Tetê Pacheco.

A Rede Snack tem mais de 64 milhões de inscritos no YouTube, 37 mil vídeos publicados, mais de 7 bilhões de visualizações.

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais