sexta-feira , 24 maio 2024
Ínicio Vida e Estilo Emagrecer ou perder peso? Especialista explica a diferença
Vida e Estilo

Emagrecer ou perder peso? Especialista explica a diferença

556

Quando o assunto é perder peso para conquistar o corpo desejado, uma coisa é fato: não existe perda de gordura e emagrecimento da noite para o dia. Queimar gordura é um processo complexo que depende de déficit calórico, quebra de gordura e oxidação da gordura corporal. E mudar o seu corpo nem sempre significa diminuir as medidas na balança, porque muitas vezes você ganhará massa muscular, fazendo com que os números aumentem.

A verdade é que existe uma grande diferença entre perder ou ganhar peso na balança e emagrecer, perder gordura corporal. Exemplo disso é que duas pessoas com exatamente mesmo peso e altura podem ter composição corporal totalmente diferente e uma ser mais magra do que a outra. Entretanto, é importante notar que metas como perder 5kg em 3 dias podem ser alcançadas através de estratégias extremamente rigorosas, mas é crucial lembrar que tais resultados geralmente representam perda temporária de peso, muitas vezes associada a perda de líquidos corporais e não de gordura, e não são recomendadas para uma abordagem saudável e sustentável de emagrecimento.

O que fará a pessoa emagrecer – e conquistar o objetivo corporal – será mesmo o déficit calórico, que consiste em diminuir a ingestão alimentar habitual, ou seja, diminuir a ingestão de calorias. Assim, nosso organismo precisa quebrar a gordura que está no nosso tecido adiposo, que é nossa reserva corporal de energia, para continuarmos realizando nossas atividades do dia a dia.

Além disso, a atividade física é aliada do emagrecimento, já que ela aumenta o gasto calórico e faz modificações importantes no metabolismo, como melhorar a oxidação da gordura corporal mobilizada no consumo de gordura. A oxidação, que é “queima” da gordura corporal, acontece nas mitocôndrias celulares e a atividade física, principalmente a aeróbica, aumenta o número de mitocôndrias nas células, ou seja, aumenta a usina de queima de gordura. Logo, não se emagrece apenas pelas calorias gastas durante a atividade física e sim por todas as modificações metabólicas que a prática de exercício físico regular proporciona ao organismo.

E em todo esse processo, os suplementos são um complemento. Alguns deles podem contribuir com o emagrecimento de quem já está fazendo déficit calórico e atividade física. A cafeína, muito conhecida por seu efeito estimulante, também tem efeito lipolítico, promove maior mobilização de gordura corporal. Para essa função, o Go Power, da Dr. Shape, é um termogênico indicado para a queima de gordura, melhora do foco, disposição e rendimento.

Feita a primeira etapa, a lipólise, a gordura que voltou a circular precisa ser internalizada na nossa “usina de queima”, as mitocôndrias. Por isso, a suplementação com a L-carnitina, da Dr. Shape, pode ser uma grande aliada neste processo, já que ela tem o objetivo de potencializar a queima de gordura, gerar mais energia para os músculos e melhorar o desempenho físico.

Outros fatores como idade, gênero, níveis de hormônios circulante e predisposição genética também vão influenciar na composição corporal. Estudos apontam a diferenças genética na eficiência em quebrar gordura e oxidar gordura entre os indivíduos, alguns tipos de polimorfismos de genes deixam esses processos menos eficientes.

Então, com ou sem predisposição genética para ser mais gordinho, a verdade é que milagres não existem e sim hábito de vida saudável. Atividade física aliada a alimentação equilibrada e suplementação deve ser um estilo de vida. Perder ou ganhar gordura corporal é uma “briga” constante entre a velocidade que ingerimos calorias e a velocidade que conseguimos gastar. Por fim, quem tem dificuldade em controlar a vontade por doces pode contar com o Iconic Cromo, produto exclusivo da Dr. Shape. O cromo é um mineral que atua na etapa do déficit calórico como adjuvante no metabolismo dos carboidratos, além de redutor de ansiedade e controlador da vontade de ingestão de doces.

*Cintia dos Santos Moser é nutricionista na Dr. Shape.

Compartilhar:

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Conheça mitos e verdades sobre o chá, uma bebida milenar

Versátil e agradável, o chá é uma bebida milenar capaz de chamar...

Banho gelado? Moda entre famosos é benéfica e ajuda até na depressão. Entenda

Imagina se aquele banho logo ao acordar, que antecede um dia cheio...

Especialista traz dicas para preparação de pele seca na maquiagem

As baixas temperaturas são um desafio para a pele, uma vez que...

Melasma sem mistérios: É ou não possível tratar essa condição?

O melasma, uma condição dermatológica que provoca manchas escuras na pele, é...