Fabrício Marques: de Goiânia para o mundo! 

O mega empresário goiano já foi camelô e engraxate e hoje apresenta um programa de empreendedorismo em rede nacional na RedeTV! 

De camelô à mega empreendedor goiano e, agora apresentador – uma trajetória de sucesso.

Fabrício Marques: empreendedor nato, começou a vida como camelô e hoje é CEO da  Incorpore, empresa que gerencia resorts, consultor financeiro de personalidades de sucesso nacional, e um dos maiores gestores de empreendimentos do Brasil.

Especialista em reestruturação de empresas falidas, as transforma em companhias de grande êxito financeiro.

Bastante famoso nas ruas de Goiânia onde iniciou seu trajeto, começou a trabalhar muito novo, com apenas 09 anos de idade.

Fez “bicos” de engraxate no zoológico e na rodoviária, vendeu ovos na feira e entregou marmitas.                       

Com 16 anos, conseguiu um emprego na área comercial e rapidamente alcançou a impressionante marca de 50 para 500 clientes.

Ao saber que seria pai, e sentindo uma maior responsabilidade, começou também a comprar carros batidos para consertar e vender. O negócio acabou não dando certo e Fabrício perdeu as economias que conseguira juntar até então.

Foi quando aos 18 anos, maior de idade e com uma família para sustentar, resolveu ser camelô, e a partir daí iniciou-se sua meteórica carreira de sucesso.

Revendendo calçados femininos na feira, acabou indo trabalhar também no local onde eram produzidos, aprendendo a fabricá-los.

Aos 20 anos, visionário, teve a brilhante ideia de locar um espaço para montar sua própria galeria na região da rua 44, hoje, uma famosa rua de Goiânia.  Alugou um galpão e foi atrás dos maiores lojistas vender o conceito de terem um ponto no local, que já contava com feira, rodoviária, hotéis, ou seja, uma região que cresceria muito e rápido. Conseguiu negociar todo o local, deixando apenas um pequeno espaço para ele vender seus calçados. Assim, conseguiu juntar dinheiro e comprar a fábrica que trabalhava, chegando a ter mais de 100 funcionários.

Idealizou um camelódromo, conseguiu um parceiro investidor, construiu 400 bancas, fez um plantão comercial e vendeu tudo em 02 dias.

Foi um “estouro” de vendas! , diz Fabrício orgulhoso.

Hoje, aquela pequena galeria tornou–se um grandioso comércio erguido com grandes parcerias e unido aos maiores empresários e personalidades do país.

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais.

Continue acessando!!

Comenta aí…

COMPARTILHE

Tem uma notícia? Quer divulgar seu trabalho ou a sua história? Envie Para Nosso E-MAIL

COMENTAR:

Veja Também:

Scroll Up
error: Anti Cópia
%d blogueiros gostam disto: