Fatos sobre a novela ‘Terra Nostra’ que está de volta dia 28 no canal Viva

O canal Viva passa a exibir a partir de 28 de fevereiro a novela “Terra Nostra” (1999), de Benedito Ruy Barbosa. Mas, ao invés de apresentar a versão exibida pela Globo há 20 anos, o canal exibirá a versão internacional.

A versão original possuía 221 capítulos. Já a versão que será colocada ao ar no Viva só tem 150. Vale dizer que ela será mais comprida do que a reprise no Vale a Pena Ver de Novo, em 2004.

Terra Nostra

Começo:

No dia 20 de setembro de 1999, a Globo lançava a novela das oito Terra Nostra, de Benedito Ruy Barbosa. Com jeito de saga arrasa-quarteirão, a trama sobre a imigração italiana no Brasil começava em alta, com suntuosas cenas e ares de superprodução, para contar os encontros e desencontros dos heróis Giuliana (Ana Paula Arósio) e Matteo (Thiago Lacerda)

Enorme Sucesso

A novela foi planejada para ter três fases, mas apesar do enorme sucesso, o autor decidiu encerrá-la no início da Segunda Guerra Mundial. Uma segunda novela chegou a ser cogitada, mas Benedito Ruy Barbosa mudou de ideia e engavetou o projeto.

Protagonistas:

Ana Paula Arósio interpretou a brilhante e bonita Giuliana, a protagonista da novela. Ela se perde dos pais em uma viagem de navio para o Brasil, encontra Matteo, desencontra dele, tem o filho tirado dela, até que tudo acaba ficando bem.

Thiago Lacerda viveu um galã que e tornou inesquecível para o público em geral, em especial a mulherada. Ele deu vida ao personagem Matteo Battistella, um jovem apaixonado por Giuliana, Ana Paula Arósio.

Terra Nostra

Curiosidades:

Durante a novela “Terra Nostra” (Rede Globo, 1999), a atriz Ana Paula Arósio usou 3 potes de base por semana para parecer bem pálida.

Em novembro de 1999, dois meses após estrear no Brasil, Terra Nostra foi ao ar na emissora portuguesa SIC. Foi uma das novelas mais vendidas no exterior, tendo sido exibida em mais de 80 países, como Colômbia, Croácia, El Salvador, Espanha, França, Guatemala, Honduras, Israel, Itália, Letônia, Lituânia, Marrocos, Romênia e Sérvia

Uma curiosidade: sucesso na Itália, “Terra Nostra” incentivou a compra de “Esperança”, novela de Benedito que não repetiu o sucesso de “Terra Nostra”, pelo mesmo canal, Rette 4, do grupo do ex-primeiro ministro Berlusconi, sob o título “Terra Nostra 2”.

Em 2004 a telenovela entrou na lista da campanha “Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania”, que é formada por denúncias de telespectadores e pelo Comitê de Acompanhamento da Programação (CAP), onde estão como representantes mais de 60 entidades que assessoram a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados para criar o “Ranking da Baixaria na TV”. As queixas indicavam que Terra Nostra era exibida em horário impróprio.

A Rede Globo fez grandes investimentos na produção da novela. Nos primeiros capítulos, que mostraram os imigrantes a bordo de um navio rumo ao Brasil, foram gastos 1,2 milhões de reais. O primeiro mês de gravações consumiu 4 milhões de reais.

Várias imagens reais foram inseridas em sequências de imagens gravadas, dando maior veracidade à trama. E, nas cenas da travessia e do desembarque de imigrantes foram utilizados mais de trezentos figurantes.

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais.

Continue acessando!!

Comenta aí…

COMPARTILHE

Tem uma notícia? Quer divulgar seu trabalho ou a sua história? Envie Para Nosso E-MAIL

COMENTAR:

Veja Também:

Deixe sua opinião abaixo! Super Beijo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Scroll Up
error: Anti Cópia
%d blogueiros gostam disto: