terça-feira, março 31, 2020

Últimas Notícias

Wallas Arrais lança a música “Foi Amor

Um dos principais nomes do forró nacional, o cantor Wallas Arrais lançou a música “Foi Amor”. Com uma pegada mais romântica, a canção carrega...

Enrico Lima comemora 18 anos aos lado dos pais Chitãozinho e Márcia

Filho Caçula de Chitãozinho comemora aniversário em família Enrico completou ontem, 30,  seus tão sonhados 18 anos. A comemoração ocorreu em casa, onde passa a quarentena...

Igor Ferraz lança álbum “Nova História”, nesta quarta, 1º

Cantor realiza live ao vivo em comemoração à chegada das músicas ao público O cantor sertanejo Igor Ferraz prepara o lançamento do álbum “Nova História”....

Felipe Titto é embaixador da campanha “Amigo meu não bate em mulher”

Ação da Cless Cosméticos tem objetivo de conscientizar os brasileiros sobre número crescente de violência no país

A Cless Cosméticos acaba de lançar uma campanha de conscientização em relação ao número de violência contra as mulheres que acontece diariamente no Brasil.

Para este projeto, será revertido um percentual de vendas das linhas Charming Men e Salon Opus para a ONG Turma do Bem, que oferece tratamento odontológico gratuito às mulheres vítimas de violência através do programa Apolônias do Bem. “Nosso objetivo é atingir o máximo de pessoas possível para que algo que, por muitas vezes é visto de forma corriqueira, tome sua devida proporção e provoque mudanças na sociedade”, explica a Diretora de Marketing e Trade Kátia Coutinho.

“Quando soube da campanha, mergulhei de cabeça. Participei ativamente de toda produção e conceito, me envolvi em cada detalhe, até porque, normalmente esse tipo de campanha é feita por uma mulher para mulheres, por uma questão de lugar de fala. Porém, com a temática, nada mais justo que um homem levantar essa bandeira de quem não compactua com esse tipo de comportamento”, comenta Felipe Titto, embaixador da linha Charming Men e representante da campanha, com orgulho em ser escolhido como porta voz desta ação.

De Acordo com o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) – do Ministério da Saúde, no Brasil, uma mulher é agredida a cada quatro minutos por um homem. Com base em boletins de ocorrência disponibilizados pela Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP) o número de feminicídios foi o maior dos últimos cinco anos – Somente em São Paulo, o número aumentou para 154 no ano passado comparado aos 134 casos de 2018. Destes, 68% aconteceram em casa e 79% têm autoria conhecida. Já a ONU Mulheres apresentou um relatório que retrata que 17,8% das mulheres no planeta sofreram violências física ou sexual de seus companheiros nos últimos 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Últimas Noticias

Wallas Arrais lança a música “Foi Amor

Um dos principais nomes do forró nacional, o cantor Wallas Arrais lançou a música “Foi Amor”. Com uma pegada mais romântica, a canção carrega...

Siga a Gente

6,845FansLike
15,441FollowersFollow
5FollowersFollow
1,174FollowersFollow

Mais Conteúdo Para Você