Final de A Escrava Isaura está repleto de emoções, mistérios e um novo assassino

0
Gostou? Compartilhe

Nesta terça-feira 18/02 será exibido o último capítulo da reprise de A Escrava Isaura na Record. A emissora prometeu que a trama de Tiago Santiago, terá um desfecho nunca visto ou seja, mesmo sendo uma reprise, não sabemos quem realmente matou Leôncio (Leopoldo Pacheco), pois o capítulo final será inédito! Confira o resumo deste capítulo, que vai ao ar nesta terça-feira, 18 de agosto.

Julgamento de Álvaro pelo A morte de Leôncio

Todos os suspeitos estão sentados no complexo esperando o início do julgamento. Rosa sussurrará para André que Isaura irá sofrer muito. André falará que mesmo depois de receber a sua liberdade nas mãos de Isaura, ainda lhe deseja o mal?

Seu Chico perguntará a Serafina se ela já sabe alguma coisa sobre suas jóias. A mulher responderá que não, é que ela retornará à cidade para saber da investigação. Flor de Liz e Margarida também estará presente no julgamento. As duas arrumará emprego em uma casa de alta costura.

O juiz chamará Álvaro para prestar depoimento. O interrogatório começará com intervenções do promotor que também está no julgamento de Helena. O juiz registrará na ata que o réu declarou ter matado Leôncio (Álvaro gritará que era porque sua namorada foi envenenada e ele queria que ela fosse salva …) O juiz ignora suas últimas palavras e perguntará se ele estava no local do crime. Álvaro responderá que estava perto do local. O juiz tenta fazer constar que Álvaro esteve no local do crime. Geraldo interfere e apontará que o interno estava próximo e não no local.

Depois é a vez de Isaura. Muito angustiada, ela confirmará seu depoimento contando como acordou e encontrou o corpo do senhor Leôncio ao seu lado e que num impulso quis tirar-lhe o punhal no momento em que o falecido Sargento Aloísio entrou no local. De repente, Isaura volta-se para o Sr. Belchior e suplicará que fale a verdade porque se Álvaro morrer, ela também morrerá. Belchior olhará para ela com olhos cheios de água. O promotor acusará a ex-escrava de tentar influenciar a testemunha. O juiz ameaçará descobri-la se ela não para de gritar a inocência do namorado e se limitará a responder às suas perguntas.

O próximo dá depoimento e André. Em seguida, Tomasia continuará, ela contará que realizou investigações por conta própria e chegará à conclusão de que a única pessoa que poderia responder sobre esse crime será o senhor Belchior, já que foi visto fugindo do local do crime. “O senhor Belchior cometeu o assassinato ou viu quem o fez”, concluirá a condessa. Na Casa de Saúde Mental, Branca usará camisa de força para não machucar ninguém. Estela contará que enviou um agente para investigar o desaparecimento de seu pai, que finalmente foi encontrado na Amazônia, casado com uma índia e com cinco filhos mestiços. Branca só falará sobre seu casamento com Álvaro e como está feliz com ele.

O Sr. Belchior começará seu depoimento dizendo que vai falar porque é um homem bom e porque não aguenta mais ver sua flor mais linda chorar até secar. Em seguida, declara que ao chegar na porta viu Isaura desmaiada e o senhor Leôncio querendo fazer mal com ela. Então viu o assassino, que já estava com o punhal na mão. (O assassino que estará no julgamento se contorce na cadeira.).

Quem matou Leôncio?

No momento da revelação será mostrado o verdadeiro assassino que esfaqueia Leôncio, quando estava prestes a estuprar Isaura, Belchior revelará que tinha muito medo de falar e também porque Rosa o pressionava a não falar nada porque ela gostava de ver Isaura sofrer. O assassino se negará diante de todos a denúncia.

O juiz perguntará a Belchior quem havia matado o senhor Martinho e o senhor Raimundo. A resposta do será o mesmo assassino de Leôncio. O juiz ordenará que leve o culpado pelo furto das jóias das joias de Serafina e pelos crimes dos senhores Leôncio, Martinho e Raimundo. O assassino fará uma última ameaça a Belchior dizendo que acabará com a vida dele e que ele irá pagar por isso.

O juiz pedirá ao Sr. Geraldo que conclui sua defesa. Geraldo fera um ótimo encerramento dizendo que o Sr. Álvaro confessou falsamente apenas por amor à namorada, Dona Isaura dos Anjos, que estava para morrer envenenada. Álvaro será tomado pelas lágrimas quando Geraldo colocará a vida de seu amigo inocente nas mãos do júri. O júri deliberará e o resultado será: absolvição de Álvaro. Uma explosão de excitação e felicidade encherá a sala fria. Todos se abraçará e Isaura dará um longo beijo em Álvaro após agradecer a Belchior.

O casamento de Isaura e Álvaro

Isaura entrará na igreja pelo braço de Miguel. Os rostos sorridentes e felizes de todos os presentes descreverá o momento mais feliz para Álvaro e Isaura. Ambos prometerará amor e fidelidade um ao outro. Os convidados explodirará em aplausos enquanto a noiva e o noivo se beijará. A cena a seguir mostrará a festa. Rosa desfilará ao lado de André com ares de senhora. Bernardo fará Muleca explodir de felicidade ao encontrar a mãe. Ambos abraçará em choro.

Álvaro e Isaura fará um discurso comovente que todos os convidados aplaudirá. A seguir, cenas de alegria, valsas e rostos sorridentes que participará do amor de Álvaro e Isaura. O toque de humor será dado por Belchior que achará uma mulher tão feia quanto ele chamada Camelia que de bom grado aceitará um beijo dele.

No dia seguinte o Coronel e Dona Gioconda, Henrique, Aurora, Diego e Helena, Malvina e Geraldo se despedirá de Dona Rosa, que estará com um lindo vestido e penteado de senhora. Deixada sozinha como administradora da fazenda, Rosa irá até a sala e se vira rindo e chamando-se de “Dona Rosa”. E André a encontrará falando sozinha. Rosa falará que ele deveria acabar com aquela vida de quilombero para morar com ela na fazenda e ser pai de seus filhos. André gritará com ela que nunca mais sairia do Quilombo de Magué. Ele é um guerreiro e sempre lutará pela libertação dos escravos. Quando ele consegue sair, Rosa o empurrará para dentro, pedindo-lhe que não vá embora. André gritará, que ela nunca o fará feliz.

Rosa desmaiará ao dizer que agora que ela era dona de uma fazenda, ela ficará sozinha, sem amor, sem ele … André elevará ainda mais o tom da sua voz e disserá que ela cometerá muitos atos maldosos e intrigas. Rosa começará a implorar … mas André sairá deixando Rosa destruída, gritando seu nome com todas as suas forças. A próxima cena mostrará Rosa indo para uma esplanada com vista para a lagoa. De pé na borda, ela olhará para as águas com intenções suicidas …

Algum tempo depois … No quarto de C. Sebastião, todos observará o filho que Geraldo carrega. É o bebê de Branca. O Coronel falará que ele tem a cara de Leôncio e gostaria que ele não herdasse a mesma personalidade. Geraldo falará que a educação é o que molda o caráter e que ele será educado para respeitar os outros. O menino se chamará Leopoldo. Estela contará que Branca está ficando cada dia mais louca. Quando Geraldo vê Malvina, ele dissera “enfim minha mulher”. Tomásia e Miguel estará muito felizes com a criança que adotaram. No quilombo, André e os demais quilombolas irá comemorar a liberdade da escravatura. Uma narração contara que o quilombo sobreviveu por muito tempo até a abolição da escravidão.

Álvaro perguntará a Isaura se ela estava feliz. Isaura responderá que sim e as dois se beijará por uns longos minutos. Álvaro e Isaura viverá juntos por mais de sessenta anos … Tiveram filhos, netos e bisnetos. Eles nunca pararam de lutar pelo fim da escravidão e nunca pararam de se amar. FIM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.