Leo Fressato transforma novo normal em poesia no single “Pandemia”

0
Gostou? Compartilhe

Single do compositor varia entre a melancolia e o bom humor

O cantor e compositor Leo Fressato canta as variações de sentimentos e sensações causados pelo distanciamento social no single “Pandemia”. A faixa tem uma visão poética que caminha entre a melancolia e o bom humor e está disponível nas principais plataformas de streaming de música.

Com mais de 15 anos de carreira, o cantor e compositor brasiliense de nascença e curitibano de coração é um artista prolífico, marcado por canções que tratam de amor ou de sua ausência. Transformando sentimentos íntimos em performance, Leo ganhou notoriedade nacional com o hit “Oração”, d’A Banda Mais Bonita da Cidade, e com a faixa “Coisa Linda”, uma parceria com Tiago Iorc.

Em 2013, lançou “Canções para o Inverno Passar Depressa”, com produção musical de Jérôme Gras, um álbum que trazia melodiosidade, romantismo e rancor. Esse espírito está presente no seu último disco “Louco e Divertido”, produzido por Jérôme e Ian Fonseca, que se utiliza de leveza para celebrar o amor, uma inaptidão ao mundo moderno e os términos e no intimista EP “Canções Pra Você Me Perder de Vista”.

Ouça “Pandemia”:

Agora, Fressato usa a solidão propiciada pela pandemia do COVID-19 para inspirar seu novo single. “A canção foi escrita na primeira semana de quarentena, em março. Eu estava pensando que seria indiferente estar ou não de quarentena. Porque não ia beijar ninguém mesmo. Aí comecei a rir sozinho quando pensei que a vingança silenciosa de quem foi ignorado pelo crush era de que a pessoa também não ia beijar ninguém. Me veio a brincadeira e achei que poderia ser bom descontrair, já que o momento em si já é tão triste e pesado, diante de tantas mortes”, revela Leo.

“Pandemia” tem produção de Mateus Romero e está disponível em todas as plataformas de streaming de música digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.