quarta-feira , 17 abril 2024
Luna Vitrolira - (Ajoelha e Reza)
Ínicio Destaque Luna Vitrolira lança single e clipe de “Ajoelha e Reza”
DestaqueMúsica

Luna Vitrolira lança single e clipe de “Ajoelha e Reza”

724
Compartilhe

A multiartista pernambucana Luna Vitrolira lança o single “Ajoelha e Reza”, primeiro de seu álbum “Aquenda – O amor às vezes é isso”, homônimo ao seu livro de poemas. Neste trabalho, ela une poesia e música em 10 faixas autorais, a partir das experiências sonoras com base na corporeidade de sua voz, bem como na estética e rítmica dos poemas; também na diversidade artística e cultural de seu universo como jovem negra de periferia. Dessa forma, piano, sintetizadores, beats eletrônicos e percussões resultaram em uma sonoridade plural, com harmonias e polifonias não convencionais dentro da estrutura pop contemporânea, que põe em diálogo suas influências musicais como jazz, swingueira, brega-funk, rap, maracatu, coco e outros ritmos insurgentes.

O trabalho é um projeto artístico que será lançado junto com um curta-metragem dirigido por Gi Vatroi e Aida Polimeni, cuja trilha sonora é composta por 7 faixas do disco, integrando literatura, música, performance e cinema, resultado da personalidade caleidoscópica de Luna Vitrolira.

O clipe de “Ajoelha e Reza” dá uma mostra do que vem por aí. A produção musical e os arranjos são assinados por Amaro Freitas. O livro foi lançado em 2018 e o álbum – fruto de períodos de imersão, estudo e criação ao longo dos últimos 3 anos – será lançado em todas as plataformas digitais dia 26 de março, pela gravadora Deck, juntamente ao curta-metragem.

Em sua narrativa, o disco “Aquenda – O amor às vezes é isso” fala sobre o amor e questiona o modelo romântico ocidental, discutindo temas que envolvem a relação histórica da mulher com a sociedade e o sagrado ancestral. “O single ‘Ajoelha e Reza’ diz, à primeira vista, sobre prazer, mas, considerando as várias camadas da letra, também trata de autopertencimento e consciência do poder que as mulheres têm e podem exercer sobre si mesmas, como caminho para alcançar a plenitude cósmica” – conta Luna. O arranjo da música apresenta estrutura pop e foi pensado para potencializar o conceito e a atmosfera de liberdade, para representar sonoramente a força majestosa que toda mulher tem dentro de si.

Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Pabllo Vittar anuncia as primeiras datas da turnê do Batidão Tropical Vol. 2

Após bater o seu recorde no Spotify com mais de 4,7 milhões...

Deive Leonardo fará apresentação na Festa do Peão de Barretos

Considerado um dos maiores evangelistas do mundo, Deive Leonardo está na programação...

Gusttavo Lima apresenta o álbum Paraíso Particular na íntegra

A espera acabou! Dando sequência ao grande sucesso de seu mais recente...