Maria Da Paz recebe a notícia de que Amadeu morreu em, ‘A Dona Do Pedaço’

Na novela ‘A Dona Do Pedaço’ um banho de sangue assolou as famílias Ramirez e Matheus, inimigos de longa data. Após as mortes de Hélcio (Dionisio Neto), Zenaide (Maeve Jinkings), Dulce (Fernanda Montenegro), Miroel (Luiz Carlos Vasconcelos), Ticiana (Áurea Maranhão) e Vicente (Álamo Facó), as matriarcas Evelina Ramirez (Nívea Maria) e Nilda Matheus (Jussara Freire) decidem colocar um ponto final na guerra.

Mas Evelina está preocupada com um retorno do romance entre Maria da Paz (Juliana Paes), sua filha, e Amadeu (Marcos Palmeira), que escapou do tiro disparado por Dulce. Quando descobre que o rapaz está vivo, ela procura Nilda para falar sobre o assunto.

“Fez bem em me procurar. Já correu muito sangue. Não quero que meu filho volte a se encontrar com sua filha. Soube que ela não mora mais aqui na região”, diz Nilda.

Na igreja, Evelina diz que sabe que Amadeu escapou do atentado:
“Quando ficar bom periga ir atrás de Maria. Mas não é bom para minha filha, nem para ele. Têm ramos de famílias dos dois lados. O sangue vai correr de novo.”

Evelina diz a Nilda que tem um plano e que as duas terão que unir forças para colocá-lo em prática. A matriarca dos Matheus vai até o hospital para fazer o que combinou com Evelina. Ao lado de Amadeu, ela mente: “Maria está morta”.
Amadeu fica chocado e acaba caindo das muletas.

Já Evelina, trata logo de ligar para Maria da Paz para dar a falsa notícia sobre Amadeu:

“Ficou muito tempo no hospital no vai não vai. Por isso ninguém sabia de nada. Mas agora sei. Morreu. Foi enterrado por lá mesmo, em Vitória.”

Paralisada com a notícia, Maria fica muda ao telefone. Marlene (Suely Franco) se desespera ao perceber que a bolsa da amiga estourou e que o bebê pode nascer a qualquer minuto:
“Sua bolsa estourou. O bebê vai nascer. Antes do tempo. Maria, senta, deita… ai meu Deus, que que eu faço?”

Arrasada com notícia sobre o seu noivo, Maria grita:
“Pelo amor de Deus, salva minha filha. Me deixa morrer, mas salva minha filha. Não, não pode ser, primeiro o pai, agora minha menina. Ai, que dor!”

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais

SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

Leia Também:

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

DESTAQUES:

Você não pode copiar o conteúdo desta página