terça-feira , 5 março 2024
Ínicio Vida e Estilo Não era saudável, era cilada: descubra três erros que estragam a dieta
Vida e Estilo

Não era saudável, era cilada: descubra três erros que estragam a dieta

531

Já ouviu falar que para emagrecer basta cortar o jantar? Ou que trocar comidas sólidas por sopa é o suficiente para uma dieta saudável? Algumas informações que circulam pela internet parecem até saudáveis, mas são verdadeiras ciladas para quem quer ou precisa perder peso e diminuir medidas. O médico Edson Ramuth, CEO do Emagrecentro, desmistificou três fake news sobre emagrecimento com saúde.

Trocar sólidos por líquidos: Até parece uma boa ideia trocar a comida sólida por líquidos, mas a verdade é que o que conta são as calorias, carboidratos e os nutrientes envolvidos na refeição. As sopas, cremes e shakes são uma delícia e podem ser uma opção saudável, contudo, não é o estado dos alimentos que vai garantir que o indivíduo perca peso ou não. Um copo de vitamina pode apresentar muito mais carboidratos em sua composição do que um prato de filé com verduras, uma refeição mais interessante nutricionalmente, por exemplo.

Pular refeições e passar fome: Parece até dica de emagrecimento da vovó ‘fechar a boca’. No entanto, a ciência envolvida nas técnicas de emagrecimento evoluíram e hoje mostram que passar fome pode até ter o efeito reverso e prejudicar a perda de peso. “Hoje, a medicina entende que pode ser mais interessante ter um cardápio variado e com refeições nutritivas ao longo do dia, como no método 4 fases. Do contrário, a chance do paciente abandonar o tratamento é muito maior”, afirma Edson Ramuth. O método mencionado acima pelo profissional é baseado em estudos científicos e que consiste num plano dividido nas etapas de desintoxicação, emagrecimento, reeducação alimentar e manutenção de peso. Veja aqui onde você pode encontrar um bom  nutricionista em Macaé.

Saudável não significa baixa caloria:  Contar calorias é um erro. No entanto, é preciso saber usá-las de maneira inteligente. Muitas pessoas confundem alimentos saudáveis com opções menos calóricas e não é verdade. Por exemplo, nozes e castanhas devem fazer parte da dieta, mas é preciso ficar de olho na quantidade. As oleaginosas podem ser consideradas hiperpalatáveis, ou seja, é super fácil acabar com um pacote de amendoim sem perceber. Apesar de super nutritivos, em grande quantidade podem atrasar os resultados.

Dica Final: Decidir que vai incluir hábitos saudáveis na rotina é uma decisão que traz muitos benefícios. O que não é nada saudável é começar com dietas e exercícios sem auxílio profissional. “O entusiasmo é muito importante, mas se perde quando os resultados não são como o esperado. É uma mudança de vida e, por isso mesmo, no Emagrecentro realizamos um acompanhamento semanal que leva, no mínimo, cinco semanas, porque sabemos que não é do dia para a noite que se conquista um bom resultado”, finaliza.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Decoração das casas dos famosos: Um espelho de estilo e personalidade

As casas dos famosos sempre atraem a curiosidade do público. Além de...

Brocólis na maquiagem: Tendência viral #Broccolifreckles traz riscos à pele

Influenciadoras como Carolina Dieckmann e Malu Borges aderiram à técnica inusitada de...

Vegetarianismo: conheça o regime alimentar da atriz Maria Bomani

A atriz Maria Bomani compartilhou recentemente em suas redes sociais um vídeo que...

Ação antioxidante do tomate: saiba como ela pode ser benéfica para a pele

Cada país tem suas particularidades e a alimentação é sempre uma parte...