Gostou? Compartilhe

Dias atrás, uma polêmica ganhou destaque na mídia e nas redes sociais: uma petição assinada por mais de 70 mil pessoas exigindo que a Netflix removesse o filme 365 Dni de seu catálogo. Isso por que, segundo os assinantes do documento, o filme romantiza relacionamentos abusos.

A Netflix, no entanto, finalmente se posicionou sobre o assunto por meio de um porta-voz em entrevista ao jornal britânico The Guardian. Segundo ele, a plataforma não é a responsável pela produção do filme, tendo apenas adquirido os direitos de transmissão.

“Os assinantes da Netflix têm diversas opções e total liberdade do que assistir ou não. Sendo assim, nossos usuários podem definir filtros e remover os conteúdos que não são de seu agrado.”

Além de continuar disponível no catálogo do serviço de streaming mais popular do mundo, 365 Dni ganhará uma sequência em breve.

O polêmico filme erótico conta a história de Laura (Anna Maria Sieclucka), uma jovem que decide comemorar o aniversário de 29 anos viajando para a Itália. Lá, ela é sequestrada pelo mafioso Massimo (Michele Morrone) que tem como missão conquistá-la em 365 dias. Deste crime, nasce uma relação ardente e apaixonante entre os dois.

Leia Também:

O roteiro e a direção do filme são assinados por Barbara Bialowas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.