O sedentarismo não pode vencer diante quarentena

Publicidade

Com as pessoas ficando em casa perante isolamento social, a tendência é que a realização de atividades físicas caia, entretanto isto não pode acontecer.

O Ministério do esporte, após realizar uma ampla pesquisa (Diagnóstico Nacional do Esporte), com mais de 8.000 entrevistados, concluiu que cerca de 46% da população brasileira é sedentária. Isto representa 67 milhões de pessoas, deixando um sinal de alerta para o combate ao sedentarismo no Brasil.

O isolamento social, condiciona as pessoas a ficarem mais paradas, mas isso pode ser prejudicial para a saúde, pois o sedentarismo pode levar a hipertensão arterial, diabetes, obesidade, ansiedade, aumento do colesterol, infarto do miocárdio e lesões musculoesqueléticas.

O ortopedista Daniel Carvalho explica “Uma pessoa é considerada sedentária quando não realiza ao menos 150 minutos de atividades físicas programadas em uma semana (não servem aquelas atividades do dia a dia, como limpar a casa ou levar o cachorro para passear)”.

Entre jovens na faixa etária dos 15 e 16 anos, 32,7% são sedentários e 64,4%, entre os mais velhos (54-74) não praticam nenhuma atividade física ou esportes. o estudo ainda concluiu que 7 entre cada 10 sedentários justificaram que a falta de tempo é o principal fator que impede a realização de exercícios.

Agora é a hora de aproveitar a permanência em casa e realizar exercícios como pilates, ioga, exercícios cardiovasculares como polichinelos e saltos, e aqueles de intensidade como levantar o peso de alguns livros, fazer prancha, abdominais e pular corda.

Leia Também: Rafaela Bellucci exibe shape escultural e é só elogios nas redes sociais

Daniel alerta “Não deixe que o momento de tensão faça com que você se descuide com outras doenças, pratique exercícios dentro de casa, se mantenha ativo”.

SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

Notícias Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Instagram

Você não pode copiar o conteúdo desta página