O YouTuber Umberto Mannarino lança o livro literário Das Cinzas de Onira

0
Capa do Livro - Das Cinzas de Onira/Esdras Gomes

Criador de canal educativo no YouTube com 800 mil inscritos, Umberto lança primeiro livro fictício da carreira pela Editora Planeta

O brasiliense e YouTuber de educação Umberto Mannarino, de 23 anos, lança pela Editora Planeta o livro literário “Das Cinzas de Onira”. Trata-se da história de uma menina que perdeu os pais em um incêndio e se vê obrigada a reconstruir a vida na casa dos tios, onde encontra um portal secreto para Onira, um mundo repleto de mistérios. “É uma história inusitada e irreverente, cheia de ação, personagens excêntricos e situações improváveis. Os leitores podem esperar uma boa dose de aventura nonsense e bom humor”.

O autor ainda reflete sobre a complexidade da história: “Também existe uma segunda forma de entender o livro, que exige uma interpretação mais dedicada das entrelinhas. Os leitores vão passar um bom tempo decifrando os enigmas de Onira, e como eles se relacionam com o passado da protagonista. Alguns vão focar mais nas aventuras, enquanto outros não vão descansar até encontrar as relações mais profundas da história. O próprio nome Onira, por exemplo, é mais do que parece ser. E isso torna o livro atrativo para vários públicos, pois tanto a leitura casual quanto a dedicada, em todas as suas combinações, são válidas para se orgulhar de ter Das Cinzas de Onira na prateleira”.

Quem o conhecesse há pouco mais de 4 anos jamais imaginaria tal feito, pois Umberto era totalmente voltado à área de Exatas, até que um período morando no Japão mudou toda sua vida. “Até o momento em que fui estudar Química em Tóquio, aos 18 anos, eu era exclusivamente de Exatas. Nunca havia cogitado a possibilidade de criar um mundo fictício, muito menos gostar tanto do processo. No entanto, no Japão eu tive uma série de experiências novas e engrandecedoras, encontro com outras culturas, e comecei a me abrir ao mundo da Arte. Experimentei trabalhar com Fotografia por um tempo, mas foi na escrita que me encontrei de verdade. Para mim, a fantasia é um escape, um desafio às regras do mundo real. É um portal ao alcance das mãos para uma realidade onde tudo é possível. O único limite é a própria imaginação”.

LEIA TAMBÉM:  O Último Desejo, obra que conta a saga do bruxo de The Witcher, chega a Auti Books

O livro começou a ser escrito em meados de 2017, e no início de 2018 já estava pronto. “Mal sabia eu que ainda levaria 2 anos para conseguir publicar, mas sinto que tudo está acontecendo a seu tempo”. O processo criativo de Mannarino foi bem inusitado: durante muito tempo, ele anotava pensamentos aleatórios, e percebeu que eles podiam ter alguma conexão. “Eu costumo sempre tomar nota das ideias que me vêm à mente. E são muitas. A maioria vem em forma de “E se…”, como por exemplo: “E se o sol estivesse preso no horizonte?“, ou então “E se blocos de terra flutuassem no ar como ilhas no céu?“. Depois de anotar tantas ideias isoladas, você começa a ver que as possíveis respostas dessas perguntas podem se entrelaçar. Os elementos isolados vão se juntando em um conceito maior. No caso, essas duas perguntas (e várias outras) se juntaram no mundo de Onira, onde o sol está preso no horizonte por um casulo, e fragmentos de terra estão suspensos no ar por um oceano de teias de aranha”.

LEIA TAMBÉM:  O Último Desejo, obra que conta a saga do bruxo de The Witcher, chega a Auti Books

Umberto afirma que a escrita do livro foi um processo independente do canal educacional do YouTube que possuí voltado a educação, com 800 mil seguidores, mas reforça que uma coisa acabou influenciando a outra. “Tenho certeza de que minha audiência do canal vai gostar da história. Onira se tornou tão parte de mim quanto o conteúdo de Matemática e ENEM, e compartilhar isso é dividir com todos um novo lado da minha vida. Publiquei alguns trechos da história no meu Instagram, e os feedbacks que recebi dos seguidores me deixaram bastante animado com o que está por vir”.

Foto Umberto Mannarino

O processo foi tão prazeroso que já há uma segunda história a caminho. Umberto compartilhou uma breve sinopse do livro com o nome provisório de “O Carvalho de Vidro”: “É uma história mais sombria que Onira, então não sei quando (ou se) publicaria. Consiste em um pai violinista e seu filho luthier (fabricante de violinos), que vão morar sob o patrocínio de uma mulher extremamente rica e atraente. Ambos se apaixonam por ela, e o pai investe todas as energias para compor sua melhor sinfonia e impressioná-la a qualquer custo. Para competir à altura, o filho se compromete a superar as habilidades do pai e fabricar o melhor violino do mundo, usando a madeira de um misterioso carvalho, cujo material produz o som mais perfeito (e nefasto) da existência”

LEIA TAMBÉM:  O Último Desejo, obra que conta a saga do bruxo de The Witcher, chega a Auti Books

A pré-venda de “Das Cinzas de Onira” acontece em janeiro, e a data de lançamento oficial será divulgada em breve pela Editora Planeta. Todos os livros comprados na pré-venda terão desconto e serão autografados. “É a minha forma de agradecer o carinho de todos que têm me apoiado nesta jornada maravilhosa que mal começou. Que o mundo de Onira encante a todos da mesma forma que me encantou”, finaliza.

Dados do Livro

Livro: Das Cinzas de Onira – Autor: Umberto Mannarino

Editora: Planeta – Ano: 2019

256 páginas – Ficção Brasileira

ISBN: 978-85-422-1868-8

Sinopse:

Olívia perdeu a memória em um incêndio que encobriu seu passado em um turbilhão de perguntas sem resposta. A imagem de seus pais, lembranças antigas… tudo foi apagado de sua mente. Agora, recuperando-se na casa dos tios, ela descobre uma passagem secreta para Onira, um mundo em que tudo parece ter misteriosa relação com sua vida antes do acidente.

Com a ajuda de um pelotão de criaturinhas uniformizadas, um peixe de monóculo e um enorme boneco de pano, Olívia decide explorar essa realidade para desvendar seus enigmas e encontrar o caminho de volta. Mas a jornada é perigosa: fantasmas, aranhas, aves de fogo… ela enfrentará desafios inimagináveis para decifrar esse novo mundo, na esperança de assim recuperar as memórias e compreender a verdade sobre o dia do incêndio.

E uma voz em sua mente não se cala: “Onira é real? Ou só fruto da imaginação?”

Qual a relação desse mundo com o passado de Olívia?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.