Personagens Inesquecíveis: (Mía Colucci)- Rebelde

A gente morria de rir com a personagem interpretada pela Anahí e, até quem não gostava dela, amava a odiar.

Vamos relembrar essa personagem tão sensível, mas ao mesmo tempo tão forte.

Anahi/Mia Colucci/Rebelde

Mia Colucci Cárceres (Anahí)

Tem 16 anos (17 na 2ª e na 3ª temporada), é uma autêntica patricinha. Além de muito linda e simpática, Mia chama atenção por todos os lugares e a maioria dos garotos ficam loucos por ela. Detesta o mau gosto e seu principal hobby é transformar meninas “cafonas” e “fora de moda” em verdadeiras estrelas. É filha única de Franco Colucci (Juan Ferrara), um importante e multimilionário empresário no ramo da moda. Franco sempre cumpriu os caprichos da filha, por isso ela acabou se tornando uma adolescente frívola, extremamente vaidosa e egoísta. Desde a infância, Mia estuda no Elite Way School, um colégio interno de muito prestígio e um dos mais caros do país. Lá ela conviveu desde menina com Vick (Angelique Boyer) e Celina (Estefania Villarreal), as três se tornaram melhores amigas e formaram o “Mia’s club”, o grupo mais popular do colégio. Ela também é uma grande amiga de Diego Bustamante (Christopher Uckermann), e todos acham que eles seriam o casal perfeito, mas os dois apenas se veem como amigos.

Apesar de sua vida parecer um conto de fadas, Mia sofreu muito com a ausência de sua mãe, que aparentemente morreu quando ela era bebê. Seu pai, tentando poupar seu sofrimento, escondeu dela tudo o que tinha a ver com a mãe, inclusive, Mia sequer sabe como era seu rosto, já que Franco nunca permitiu que ela visse fotos da mãe. Além de acreditar que sua mãe está morta, Mia também nunca teve a atenção necessária do pai, que vive em viagens de negócio e quase não tem tempo para conviver com a filha, por essa razão a internou no Elite Way.

Sua vida muda completamente ao conhecer Miguel Arango (Alfonso Herrera), um aluno bolsista que entrou recentemente em sua turma. Apesar de os dois se apaixonarem a primeira vista, se tratam com ódio, indiferença e agressão. Tudo isso por terem personalidades diferentes e porque tentam mascarar o que sentem um pelo outro. Com o tempo, Mia amadurece e se torna uma mulher forte, mas antes teve que enxergar a realidade ao seu redor e abandonar o castelo de cristal em que sempre viveu.

Anahi/Mia Colucci/Rebelde

Mais da Personagem:

Mia Colucci não decepciona a elite branca conservadora. Ela é a garota mais popular e rica do colégio, com seus olhos claros, cabelo loiro e liso, um corpo escultural, não muito inteligente, sempre na moda, fútil, frágil e bondosa. Seu bordão “É tão difícil ser eu” é motivo de graça e a representa como uma menina mimada e imatura, capaz de entrar em crise existencial por um cabelo desarrumado e, apesar de possuir uma música de mulher empoderada “Así soy yo”, a canção que mais ganhou fama por ser sua música tema foi “Enseñame”:

A letra de sua música demonstra uma menina frágil e desprotegida, que conta com um homem para ensiná-la a amar de verdade, pois ela o seguirá aonde for. Uma descrição um tanto machista e conservadora para a protagonista de uma novela que prega rebeldia.

A personagem é conhecida por ser sensível e estar sempre chorando, quer seja por seus problemas familiares ou de relacionamento, e por inocentemente idealizar o amor. Como já era esperado, se mantém virgem durante toda a novela, e ao final é pedida em casamento por seu “verdadeiro amor”, Miguel Arango, que diversas vezes apresenta comportamento abusivo, agressivo, ciumento e chega a trair a menina. Sendo perdoado por todos os seus crimes anteriores, quando sofre um acidente, entra em coma e perde a memória, recuperando-a em meio a uma apresentação e beijando Mia, para resolver com um final utópico a história do casal.

É interessante notar, também, que Mia assume o protagonismo, ao contrário de sua amiga Victória Paz, uma mulher forte, independente e que amadureceu muito durante a novela, ao passar por severos problemas familiares. Victória (Vicky) pode ser considerada mais adequada à definição de rebeldia, mas é deixada em segundo plano e é muitas vezes julgada por suas amigas, por ser uma menina “fácil”, “moderna” e tomar atitudes que demonstram um caráter duvidoso.

Final de Mia Colucci

Mia descobre que sua mãe está viva e que seu pai mentiu e decide deixar de vez o castelo de cristal em que sempre viveu.

Miguel pede Mia em casamento, e vivem felizes para sempre…

Anahí (Como Mia Colucci em Rebelde)

Mia Colucci! A gata é protagonista das 3 temporadas de Rebelde que foi um sucesso por todo o mundo, exibida e reexibida em mais de 23 países, com dublagem e legendas divulgadas pela Televisa

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais.

Continue acessando!!

Comenta aí…

COMPARTILHE

Tem uma notícia? Quer divulgar seu trabalho ou a sua história? Envie Para Nosso E-MAIL

Você Também Pode Gostar:

LEIA TAMBÉM:  Relembre a história de Helena de Laços de Família, 2000

COMENTAR:

Notícias Relacionadas

LEIA TAMBÉM:  Relembre a história de Helena de Laços de Família, 2000

Deixe sua opinião abaixo! Super Beijo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.