Relacionamento requer investimentos

Um namorado que oferece muito mais do que presentes

Não é só sobre presentes, mimos e viagens. Muitas sugar babies têm encontrado no relacionamento sugar um daddy disposto a impulsionar a carreira, facilitar os contatos profissionais ou até mesmo a assumir o papel de um investidor no negócio dos sonhos. Neste tipo de relação, o homem, maduro e bem-sucedido, é o provedor, oferecendo à sua baby o apoio financeiro e emocional que tanto desejam. Mas, o compromisso com expectativas alinhadas desde o início pode ultrapassar os limites da relação afetiva e se transformar até em uma parceria comercial.

Otávio P., empresário de 57 anos, explica o comportamento de alguns daddies: “não conseguiria manter uma relação por muito tempo com alguém que só estivesse interessada em benefícios em curto prazo, sem ambições de carreira. Sou movido por desafios profissionais e quero uma pessoa que também os tenha, alguém para quem a minha experiência possa ser útil. Minha baby, uma jovem personal, está abrindo uma academia e, além de investidor, sou um grande incentivador do negócio. Tenho prazer em orientar e ver um desejo dela se concretizar”.

LEIA TAMBÉM:  O que buscam os usuários em aplicativos de relacionamento?

Não é só um caso. Recente pesquisa realizada com 1.200 daddies da plataforma de relacionamento sugar MeuPatrocínio traz indicativos a respeito da função que eles têm desempenhado na vida de suas babies: 75% assumem-se como mentores de carreira, 60% colaboraram para uma nova oportunidade de trabalho e 46% admitem investimento em algum tipo de negócio. Para eles, é preciso muito mais do que um “rostinho” bonito, é necessário conteúdo e ambição. “Mulheres motivadas me atraem! Quando vejo algum talento, oriento e dou a maior força, inclusive em termos materiais. Minha ex-baby tinha uma aptidão incrível para fotografia. Paguei por cursos especializados, comprei equipamentos e hoje ela faz muitos freelas para editoriais de moda. Continuamos amigos e sigo dando o apoio que ela precisa com muita satisfação”, conta José Eduardo, 60, diretor comercial de uma multinacional.

LEIA TAMBÉM:  Relacionamento casual pode se tornar um vício?

Para elas, em termos profissionais, o apoio de alguém mais experiente é importante. “Meu daddy, um homem de sucesso no mercado financeiro, foi quem me ajudou a tirar do papel o sonho de um comércio eletrônico de produtos de beleza. Ao começar a relação, não estava atrás de um investidor, mas acabou acontecendo, naturalmente. Ele acreditou na minha ideia e viabilizou. Não teria conseguido tão rapidamente sem ele. Estamos juntos há quase dois anos e continuo ouvindo os seus conselhos”, relata Mariany, administradora de 28 anos.

LEIA TAMBÉM:  Homem beta está em alta: ele é romântico e educado

Muito além dos mimos intrinsecamente presentes na relação sugar, ela também pode resultar em boas parcerias comerciais, investimentos e impulsos na carreira. Combinação perfeita. Por que não?

Gostou dessas informações? Comente e diga o que achou! Acompanhe o nosso site para continuar vendo artigos como este