Relembre a história de Raíssa em América 2005

Quem não se apaixonou pela Raíssa que a Mariana Ximenes viveu em América (2005) ? A Patricinha criada por Glória Perez, para chamar atenção dos pais resolve virar um funkeira e abandona as festas da alta sociedade que frequentava para arrasar nos bailes funks das favelas cariocas. Com uma personagem que fugia totalmente ao perfil no qual a atriz estava acostumada a interpretar, Mariana Ximenes provou que tinha talento suficiente para interpretar tão bem também fora da sua zona de conforto.

No começo da novela América, Raissa faz o gênero patricinha, boa aluna e boa moça. Percebe-se nela, embora os pais não notem, uma insatisfação com a própria vida, aquela insatisfação de quem sempre teve tudo à mão, nunca precisou lutar por nada. Ao entrar na faculdade, é tomada pelo sentimento de que sua vida está se tornando um tédio e de que vai acabar seguindo um caminho pré-determinado pelos outros.

Gostaria de ter coragem de jogar tudo para o alto e correr um pouco de risco por esse mundo, vivendo experiências fora do script que lhe está destinado. A partir da separação dos pais, muda de comportamento e causa grandes transtornos à vida da família.

Mariana Ximenes como Raissa em América

Raíssa começa a mudar seu comportamento após a decepção com Tony e Haydée. A jovem conhece Rose, que mora no subúrbio carioca, e vai com ela a um baile funk animado pelo DJ Marlboro e por Tati Quebra-Barraco. Embora acostumada a programas sofisticados, Raíssa adora a experiência.

A ida de Raissa ao baile se dá por acaso. Seu carro quebra em uma estrada e Feitosa, que já foi motorista de Haydée, está passando pelo local e oferece-lhe carona até Vila Isabel. Feitosa a deixa na mercearia de Gomes enquanto vai cuidar do conserto do carro. Lá, Raíssa conhece Rose e se anima a ir ao baile.

A relação com a mãe fica ainda mais complicada quando descobre que as duas estão apaixonadas pelo mesmo homem, Tony (Floriano Peixoto). Revoltada, a jovem passa a se vestir de forma desleixada, coloca piercing, faz amizades com jovens de outras classes sociais e começa a frequentar bailes funk. Além disso, vira alvo do golpista Alex (Thiago Lacerda).

Leia Também:

A funkeira se envolve com Alex e no dia do casamento. Depois de serem abençoados e trocarem alianças, o casal é surpreendido pela a chegada da Polícia Federal, que dá voz de prisão a Alex. Certa da inocência do marido, Raíssa decide não perder a festa que havia sido preparada, e leva os amigos para comemorar. Descontrolada, ela dança e canta como se nada tivesse acontecido.

No final a personagem Raíssa se torna madrinha do casamento de Glauco e Lurdinha, já amadurecida, decide viajar sozinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PUBLICIDADE

Últimas Noticias