Resumo Especial: “Marcas Da Paixão” novela de 2000 da Tv Record


Marcas da Paixão
foi uma novela exibida pela Record entre 8 de maio e 18 de novembro de 2000, com 165 capítulos.

Vanessa Lóes e Carla Regina deram vida às personagens principais Cíntia e Guida, duas irmãs que são filhas de um rico fazendeiro e após a morte dele, terão que morar um ano juntas na fazenda deixada por ele para receber suas partes na herança. Carlos Casagrande viveu Diogo Villaverde, integrante do triângulo amoroso entre as protagonistas.

Sinopse

O encontro de duas irmãs, Cíntia e Guida, criadas por mães diferentes em ambientes opostos, é o ponto de partida. Com a morte do pai, um rico fazendeiro, as duas se conhecem e formam um elo, não só para administrar a herança, mas também contra um inimigo oculto. Acabam descobrindo nos laços de sangue a força de superar o passado e sair em busca do futuro. Mas dá-se o inesperado: ambas se apaixonam pelo mesmo homem. Poderá esse amor repentino acabar com a união das duas? Ou os laços de família serão mais fortes que as tramas da paixão?

Marcas da Paixão

Tudo tem início quando o pecuarista Jorge Maia viaja com Ivan, engenheiro agrônomo, para o interior da Bahia. A intenção é de implantar em uma de suas fazendas, modernas técnicas de irrigação. À noite, para relaxar, Ivan convence Jorge a acompanhá-lo num cassino. Lá, Jorge, que já é rico, quebra a banca, ganhando uma fortuna. Informados de que uma perigosa quadrilha planeja roubá-los, os dois conseguem fugir pelos fundos do cassino. O dinheiro acaba sendo depositado na conta bancária de Diogo, um jovem veterinário criado por Jorge como filho, na fazenda Fantasia, com o auxílio de Dete, governanta da família e caso amoroso do patrão.

Ao tentarem fugir de avião, Jorge e Ivan se deparam com os bandidos, que os perseguem na pista. Jorge consegue entrar no avião e Ivan grita para que o amigo dê a partida, pois irá encontrá-lo. O avião decola deixando Ivan, para desespero do amigo. O avião explode no ar e Ivan é torturado para revelar o paradeiro do dinheiro ganho no cassino. Todo machucado, ele é abandonado à beira de um riacho.

Bastante machucado, Ivan é recolhido por um mateiro nordestino, Adrião e sua filha Lazinha (Natália Nobeschi), uma adolescente surda. O rapaz é levado para o rancho onde pai e filha moram. Neste ínterim, o pai de Ivan, o advogado Djalma, dá início à procura pelo filho, que acredita ainda estar vivo. De outro ponto, o juiz apressa-se em cumprir a determinação de Jorge, que deixa todo o seu espólio para as duas filhas, nascidas de rápidas aventuras com mães diferentes e criadas longe do pai.

Marcas da Paixão

A notícia da morte do pai chega às filhas. A mais velha, Cíntia, mulher sofisticada, é arquiteta residente em São Paulo. Já Guida é totalmente diferente da irmã. É moça simples, professora rural e vive com a mãe, Wilma, o padrasto e os irmãos no interior da Bahia, numa cidade chamada Barro Alto. Guida acaba indo para a fazenda do pai, onde passa a tocar os negócios com a irmã, Cíntia. À medida que o tempo passa, as jovens passam a se conhecer melhor, somando diferenças e superando dificuldades. Ambas acabam dividindo a atenção de Diogo, mas são hostilizadas por Dete, inconformada com a decisão de Jorge em deixar toda a sua fortuna para as filhas.

Paralelamente à história das duas irmãs, se desenrolará a vida dos parentes e amigos de Guida no sertão baiano, bem como a recuperação de Ivan, tido como desaparecido, após o acidente aéreo envolvendo Jorge.

Marcas da Paixão

Conheça alguns personagens:

Dr. Djalma (Cláudio Cavalcanti) – Juiz íntegro, muito conceituado e estimado na classe jurídica, amigo de infância de Jorge. É o primeiro a saber de toda a trama armada contra o amigo. Faz o novo testamento de Jorge, tomando todas as precauções cabíveis diante de sete testemunhas.

Dete (Irene Ravache) – Mulher calculista e ambiciosa, esconde-se sob a pele de amante delicada, apaixonada por Jorge, por quem não mede esforços, levado-o a pensar ser amado desinteressadamente. Na verdade, sua única afeição verdadeira será por Diogo a quem ajuda a criar. Fria e calculista, centrada na ambição e no poder, terá sempre um plano inteligente no bolso do colete.

Diogo Alves Villaverde (Carlos Casagrande) – Belo moço formado em veterinária com especialização no exterior. Considerado o único parente vivo de Jorge. Ao morrer seus pais, o rapaz se tornara proprietário de outra grande fazenda, a Figueira Brava. Com a morte trágica do padrinho, Diogo se vê diante das duas herdeiras: Cíntia e Guida e sua vida pacata toma rumos inesperados.

Cíntia (Vanessa Lóes) – Bela jovem, arquiteta talentosa, filha de Olga Mello Pontes, com quem Jorge tivera um breve romance. Considerando a gravidez um acidente de percurso nunca permitira que ele se aproximasse da menina após seu nascimento. A menina crescera rejeitada por Olga, o que provocara um traço de mágoa e revolta em sua personalidade. A notícia da morte de Jorge Maia, e consequentemente, a herança que lhe deixara, chegam em meio a uma grave crise profissional.

Olga Brum Mello Pontes (Mara Carvalho) – Olga conhecera Jorge Maia numa praia e viveram um tórrido romance que a deixara grávida de Cíntia. Já de casamento marcado com um rico construtor, Olga ignora os apelos de Jorge para darem um lar para Cíntia e o afasta da criança, a quem ela rejeita, por considerá-la um estorvo. É muito bonita, chique e descolada. É um personagem engraçado, com suas aventuras e idéia fixa de cultuar o corpo.

Marrita (Nathália Timberg) – Personagem decidida que finge obedecer, mas faz o que bem entende. Suas tiradas reprovando Olga serão irônicas. Preocupa-se mais com a filha que com a neta, por julgar Olga uma desmiolada. Suas fugas deixarão todos em polvorosa e ela será o elo de ligação entre Cíntia e a casa da mãe, informando-a sobre tudo o que ocorre na construtora.

Wilma (Jussara Freire) – Tipo rústico, porém muito atraente na sua simplicidade. No passado, sofrera muito ao ser abandonada por Jorge, o que a levara a fugir com a filha Guida, desaparecendo da vida dele. Wilma conhecera Zé Biriba, um vendedor ambulante nordestino, que as acolhe numa das perseguições. Simpático e de bom coração, ele propõe que se refugiem em suas terras e acaba pedindo-a em casamento, que ela aceita por gratidão. Wilma tem mais dois filhos: Dimas e Abel.

Marinalva (Lady Francisco) – Nordestina matuta, sempre implicando com a Lazinha e com Adrião, e muito bisbilhoteira e ambiciosa. No fundo, gosta do Adrião e culpa Lazinha acreditando que o Adrião não retribui seu sentimento por causa da neta.

Zefinha (Tânia Alves) – Mulher sofrida mas com uma beleza rústica. Forte e decidida. Típica mulher nordestina que cria os filhos sozinha, após o marido vir para São Paulo e não voltar mais. Madrinha de Guida, a quem sempre está pronta a proteger. Cabocla tímida no trato social, mas muito corajosa nos momentos de perigo. Mãe de Juba. Através dela será mostrada a força da mulher nordestina.

Silvio Ramos (Oscar Magrini) – Engenheiro calculista, ambicioso e frio que passa como um trator sobre quem se atravessar no seu caminho. Não tem ética moral nem profissional e sua ambição o leva a cometer desatinos por dinheiro e poder. Terá um envolvimento com Olga para conseguir a vice-presidência da Construtora.

Adrião (Antônio Petrin) – Homem matuto, desconfiado, mas que ama muito a neta deficiente. Considera o que acontecera a Lazinha um milagre e sonha com a volta da filha, mãe de Lazinha para junto deles.

Creuza (Leila Lopez) – É uma pessoa muito boa de coração, que adora ajudar quem precisa. Por ter um marido que trabalha muito sente-se muito só, e acaba sentindo-se atraída por jovens rapazes. Ao longo da trama irá revelar-se uma mulher de sangue-quente.

Algumas participações especiais:

Jorge Maia (Walmor Chagas) – Homem forte, poderoso, rico e solitário. Formou um império de terras, gado e agroindústria, que o tornaram um empresário respeitado no setor, mas jamais formou uma família. Apesar de solteiro, teve duas filhas com mulheres diferentes e criadas em mundos opostos: Guida com Wilma e Cíntia com Olga, que a ganância e a traição levaram para longe dele.

Dono do Cassino (Antônio Abujamra) – Seu cassino, no sertão nordestino, é clandestino. As roletas e mesas de jogo deste homem definirão a sorte e o azar de Jorge Maia.

Rodrigo (Roberto Pirillo) – Detetive contratado por Jorge Maia para investigar a vida das duas filhas, Guida e Cintia. Também vai desvendar os mistérios da fazenda Fantasia, que aparecerão ao longo da trama.

Marcas da Paixão

Curiosidades

Foi vendida para vários países e apresentou ótima audiência em Portugal.

Foi reapresentada às 13 horas, numa versão compacta de 60 capítulos, de 6 de agosto a 29 de outubro de 2004, quando apresentou pífios resultados de audiência. Curiosamente, a faixa era de exibição facultativa às afiliadas da Rede Record, sendo este horário liberado para a exibição de programação regional.

Marcas da Paixão

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais.

Continue acessando!!

Comenta aí…

COMPARTILHE

Tem uma notícia? Quer compartilhar seu trabalho ou a sua história? Envie Para Nosso E-MAIL.

COMENTAR: