Thalia revela que teve sua primeira música no início da carreira proibida “Eles vetaram uma música para mim”

Publicidade

Thalía é uma das cantoras mexicanas mais importantes da América Latina. Seu talento, perseverança e personalidade divertida a ajudaram a se consolidar na indústria musical, mas nem tudo flocos de mel em, pois nos anos 90 sua música de estreia como solista foi muito criticada e graças ao apoio da mãe ela retomou seu caminho.

No segundo capítulo da série veiculada pelo Facebook Watch, do Latin Music Queen s, Thalía relembrou como foi difícil para ela ouvir os ataques à sua primeira canção solo, mas também destacou a ajuda que sempre teve de sua mãe Yolanda Miranda, que lhe encorajou a perseguir seus sonhos e alcançar o sucesso, seja no México ou em outro país.

Em meio a lágrimas, risos e saudades, a famosa mexicana se abriu às cantoras Farina e Sofía Reyes sobre seu processo de consolidação de sua carreira em uma indústria musical, dominada principalmente por homens nos anos 90.

Eles vetaram uma música para mim, minha primeira música como solista que era ‘sadomasoquista’ e ‘super dark’, não tocaram no rádio”, disse ela sobre o lançamento da música. É um “Es un pacto entre los dos“, que fez muito sucesso apesar das críticas que recebeu dentro do meio.

Segundo Thalía, esta música foi proibida por abordar um assunto tabu na sociedade, já que as ações que promove só são aplaudidas pelos homens, enquanto em relação às mulheres geram reações contra elas.

“Era para expressar minha relação sexual com meu parceiro naquela época … Se um homem faz, é divertido e essa é a cultura … mas se uma mulher faz, é ‘ela é vulgar’, ‘ela é fácil‘, explicou no projeto estrelado para a plataforma Facebook Watch ao lado de Sofia Reyes e Farina.

A cantora mexicana destacou que embora seu álbum de estreia tenha sido muito criticado, sua mãe Yolanda Miranda conseguiu sempre pressioná-la na busca de seus sonhos.

“Ela foi a única que trabalhou como mulher contra a corrente do machismo, contra promotores e produtores. Para mim, lembrar daqueles tempos é muito difícil … Ainda não tenho ouvidos para sentar e ouvir os dois primeiros álbuns na íntegra. Não dá, é muito forte … sei lá, é muito triste … ela se esforçou muito ”, lembra entre lágrimas.

Foi por iniciativa de Miranda que Thalía decidiu buscar novas oportunidades no exterior, onde pudesse cantar e explorar todo o seu talento sem a necessidade de esconder alguns detalhes de sua personalidade.

Thalía fez essa revelação no capítulo recém-lançado da série Latin Music Queen, transmitido todas às quintas-feiras pelo Facebook Watch e onde, junto com Farina e Sofía Reyes, falam sobre suas vidas, suas carreiras artísticas e como foi a criação de sua primeira colaboração juntas.

Embora Thalía tenha definido este projeto como um exemplo de “irmandade”, também é verdade que tem seu lado monetário.

A série de seis episódios, que será carregada todas as quintas à noite no Facebook Watch e na página da estrela mexicana no Facebook, será encerrada no dia 29 de outubro, quando eles lançaram sua música juntos.

Siga o Atitude E Visão nas redes sociais:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Relacionados

Útimas Noticias

Império: Leonardo vê sua vida mudar da noite pro dia ao virar mendigo

Leonardo (Klebber Toledo) verá sua vida mudar completamente, ele acabará virando morador de rua após sofrer uma forte crise de depressão e ser abandonado...

Ti-Ti-Ti: Sanguinária, Luísa tenta tirar a vida de duas personagens na trama

Luísa (Guilhermina Guinle) mostrará de uma vez por todas que realmente não tem piedade alguma, a sócia de Edgar (Caio Castro) é capaz de tudo...

Jean Marie cuida de Odete após ela sofrer derrame cerebral em Amores Verdadeiros

Nos próximos capítulos de Amores Verdadeiros (SBT), Odete (Lilia Aragón) vai sofrer um derrame cerebral após discutir com Kendra (Marjorie de Sousa). A inimiga...