The Assassination of Gianni Versace a serie viciante e perturbadora da Fox que está na Netflix

15 de julho de 1997. O sol se eleva sobre Miami, mais uma vez dando seu banho de ouro. Vestido em uma roupa de cama rosa, Gianni Versace sai para a varanda de sua mansão suntuosa para capturar um pouco do feitiço da brisa do mar daquela manhã.Não muito longe, na praia, o assassino observa o horizonte sentado na areia, esperando por uma oportunidade.

O estilista italiano Gianni Versace – criador da grife que leva seu sobrenome – foi assassinado em 1997 pelo serial killer Andrew Cunanan e o caso chocou o mundo na época. Agora, pouco mais de 20 anos depois, essa história será recontada através da série “American Crime Story”, que tem Penélope Cruz, Edgar Ramírez, Darren Criss e Ricky Martin no elenco, e está disponível na Netflix.

Cunanan, na época com 27 anos, abordou Versace em frente à casa do estilista, em Miami (EUA), e o atingiu com dois tiros na cabeça. Autor de outras quatro mortes, o criminoso já era um serial killer procurado pelo FBI. Ele conseguiu fugir e se matou oito dias depois do assassinato.

O desempenho chocante de Darren Criss como Andrew Cunanan, o homicídio em questão, é, sem dúvida, um dos principais atributos da proposta. Seu trabalho construindo o caráter daquele jovem ambicioso que queria sentir alguém especial, tão encantador quanto um mitomaníaco, manipulador e violento, não passou despercebido: ele já levou para casa o Globo de Ouro e o prêmio da crítica.

Na verdade, a história se concentra mais na história de Cunanan do que na de Versace. O enredo começa a partir de um primeiro capítulo impregnado de música clássica e coroado com a morte do desenhista da apoteose morrendo nos degraus de sua mansão no colo de seu namorado, para voltar no tempo a cada nova transmissão. Informando desta forma nos passos anteriores de Cunanan e seu curso sangrento. Um dispositivo interessante que tenta desvendar o fio em busca do nó inicial da meada. Uma incursão sem respostas convincentes, mas que na turnê permite transmitir, embora com uma linha grossa, algo da atmosfera homofóbica dos anos 90.

Embora alguns considerem o teimoso gloating deste tipo de proposta tóxica, o projeto vai para mais. Ryan Murphy, criador de Glee e também quem ganhou fama como o produtor de Nip / Tuck, é o nome forte por trás da série, que já tem em vigor uma terceira e quarta temporada desta antologia focada em crimes reais.

O Assassinato de Gianni Versace é indiscutivelmente um dos projetos mais poderosos, emocionantes e maravilhosos que Murphy e sua equipe já produziram.

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais.

Continue acessando!!

Comenta aí…

COMPARTILHE

Tem uma notícia? Quer divulgar seu trabalho ou a sua história? Envie Para Nosso E-MAIL

Você Também Pode Gostar:

LEIA TAMBÉM:  Casa Targaryen é a que mais interessa ao público de Game of Thrones

COMENTAR:

Notícias Relacionadas

LEIA TAMBÉM:  "O Date Perfeito": assista ao trailer do novo filme de Noah Centineo para a Netflix

Deixe sua opinião abaixo! Super Beijo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.