Tie Dye precisa ser usado com bom senso! Consultor de estilo, João Freire alerta

Publicidade

Tendência pode se tornar inadequada se usada em ambientes que exigem mais formalidade. “ É uma tendência bem descontraída, deve ser usado em momentos de lazer e situações casuais”, completa expert em moda. 

Já garantiu a sua camiseta ou moletom com a estampa do momento? O Tie Dye veio para ficar durante a quarentena, porém, o consultor de estilo João Freire alerta para os abusos na tendência: “Limite e bom senso são sempre bem-vindos! Infelizmente não são tão frequentes como deveriam ser. O isolamento social intensificou a tendência, mas não o limite.”

João Freire se tornou um dos nomes queridinhos da moda e consultoria de imagem no Brasil. O paulista, que estudou em Nova York, com passagem como personal shopper da rede de lojas Saks Fifth Avenue, vem ganhando notoriedade em tudo que faz envolvendo luxo e bom gosto. Para ele, que já foi eleito como um dos 25 homens mais bem-vestidos pela “Revista GQ”, é preciso, antes de mais nada, entender a origem do que se está usando.

O Tie Dye nada mais é do que uma tendência que surgiu nos Estados Unidos com o movimento hippie. Desde então segue forte em vários elementos, não apenas no vestuário. E, sem dúvida, o isolamento social aumenta essa tendência. Tie Dye, em tradução livre, significa ‘amarrar e tingir’, ou seja, é uma técnica simples e antiga de tingimento de roupa. O isolamento fez isso ressurgir porque as pessoas estavam com mais tempo em casa, testando receitas, habilidades novas e limpando o armário”, destaca o expert em moda.

Desfile da Dior com Tie Dye

João dá dicas de como usar melhor a estampa: “Prefiro o Tie Dye mais neutro com duas cores, azul e branco, por exemplo. A Maria Grazia fez um trabalho lindo na Dior usando a tendência, de forma leve e elegante. É legal também utilizar em peças que estavam paradas em seu closet, para poder reciclar o look.”

Onde não fica bem o Tie Dye?

O consultor de estilo alerta que para tudo relacionado a moda é preciso ‘bom senso e limite’. Ele faz alertas para o uso da estampa: “Em ambientes formais não cai bem. É uma tendência bem descontraída, deve ser usada em momentos de lazer e situações casuais. Além disso, quando o look é inteiro tie dye pode ser ‘perigoso’. Nem todo mundo fica bem, assim como nem todo moletom combina. O bom senso deve existir na hora de se vestir. Até rimou (risos)”.

João dá dicas para quem não quer errar: “Uma opção para não falhar é optar pelos tons neutros ou duas cores. Além de discretos, eles cansam menos. Optar por uma peça ‘ponto de luz’ também é uma boa. Misturar com jeans, por exemplo, fica incrível.”

E em acessórios, fica bom?

João Freire aprova o uso do tie dye em acessórios e relembra que tudo depende do contexto, mas quando bem executado fica lindo.

Combina em bolsas, chinelos, tênis, até em objetos de decoração”, destaca o profissional, que completa: “Uma boa dica para evitar erros é o autoconhecimento. Conhecer o seu próprio estilo e até seu físico é fundamental para uma boa imagem e postura. Tie Dye a tendência que mais vemos no Instagram, mas isso não significa que combine com todo mundo ou em todo momento.”

Siga o Atitude E Visão nas redes sociais:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Relacionados

Útimas Noticias

Resumo Topíssima: Capitulos de 14/06 a 09/07/2021

Topíssima é uma novela brasileira exibida pela RecordTV  e escrita por Cristianne Fridman. "Topíssima" foi exibida pela primeira vez em 21 de maio a 9...

Resumo novela Império: capítulos de 12/06 a 26/06/2021

"Império", protagonizada por Alexandre Nero, Marina Ruy Barbosa e Lilia Cabral. Trata-se da segunda novela de Aguinaldo Silva a voltar ao ar por causa...

Lúcia planeja acusar Maricruz de roubo em Coração Indomável

Nos próximos capítulos de Coração Indomável (SBT), Lúcia (Elizabeth Álvarez) vai fazer de tudo para destruir a vida de Maricruz (Ana Brenda Contreras). Para...