Você sabia que ‘Cordel Encantado’ será reprisada no vale a pena ver de novo?

Cordel Encantado será reprisada em 2019, a novela, exibida na TV Globo em 2011, substituirá Belíssima no Vale A Pena Ver de Novo.

Cordel Encantado foi um grande acerto da dupla Duca Rachid e Thelma Guedes. Misturando a monarquia europeia com o sertão nordestino, entre reis, princesas e cangaceiros, a história era um primor no que diz respeito a fotografia, direção e elenco bem entrosado.A trama aborda o triângulo amoroso entre Açucena (Bianca Bin) Jesuíno (Cauã Reymond) e Timóteo, o vilão interpretado por Bruno Gagliasso, que tenta a todo instante separar casal de protagonista.

Sinopse

A história é uma fábula sobre dois universos distintos: o encantamento da realeza europeia e as lendas heróicas do sertão brasileiro. A união desses mundos é representada pelo romance de Açucena, uma cabocla brejeira criada por lavradores no nordeste do Brasil, sem saber que é a princesa de um reino europeu. E Jesuíno, um jovem sertanejo que desconhece ser filho legítimo do cangaceiro mais famoso da região.

A história começa quando os reis aventureiros de Seráfia do Norte, Augusto e Cristina, e a bebê Aurora, viajam ao Brasil em busca de um tesouro escondido pelo fundador de seu reino, Dom Serafim. Na viagem, Cristina e sua filha são vítimas de uma emboscada arquitetada pela Duquesa Úrsula de Bragança, que cobiça o lugar da rainha e de sua filha. Antes de morrer, Cristina salva Aurora e a entrega para ser criada por um casal de lavradores, que a batiza com o nome de Açucena. Desolado, o rei volta para Seráfia acreditando que sua mulher e sua filha morreram.

Em outro contexto, mas na mesma região, o cangaceiro Herculano, preocupado com a segurança de seu filho, deixa o pequeno Jesuíno e sua mulher Benvinda em uma fazenda. Após se certificar que os dois ficarão protegidos pelo anonimato de suas origens, o líder do cangaço parte e promete voltar apenas quando seu filho for um homem adulto, pronto para a vida no cangaço, com seu bando.

Porém, vinte anos depois, o rei Augusto descobre que sua filha pode estar viva no Brasil e Herculano decide que já está na hora de ter um sucessor para comandar seus canganceiros. A pequena Brogodó não será mais a mesma após a vinda da família real. E o amor entre Açucena e Jesuíno poderá sofrer as consequências deste passado até então desconhecido pelos dois. No caminho do casal, haverá vários vilões, além da duquesa Úrsula. Timóteo Cabral, filho de um rico coronel da região, é inimigo declarado de Jesuíno e deseja conquistar a todo custo o coração de Açucena.

O que chama atenção e o fato da Globo ter escolhido para o “Vale a Pena Ver de Novo” uma trama já disponível, na íntegra, no Globoplay. Nos últimos anos, apenas “Cheias de Charme” (2012), dos folhetins hospedados na plataforma, ganhou reapresentação.

Se gostou deste artigo, compartilhe com seus amigos e curta “Atitude E Visão” nas redes sociais.

Continue acessando!!

Comenta aí…

COMPARTILHE

Tem uma notícia? Quer divulgar seu trabalho ou a sua história? Envie Para Nosso E-MAIL

SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

Leia Também:

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

DESTAQUES:

Você não pode copiar o conteúdo desta página