sábado , 2 março 2024
Ínicio Turismo A necessidade do seguro viagem: garantia de tranquilidade e segurança para os viajantes
Turismo

A necessidade do seguro viagem: garantia de tranquilidade e segurança para os viajantes

37

A retomada do cenário de viagem está gradualmente acontecendo à medida que o mundo avança na recuperação da pandemia. Com o avanço da vacinação e a diminuição das restrições de viagem, os turistas estão aos poucos retomando seus planos de viagem e explorando novos destinos. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil, em abril de 2023, o número de passageiros transportados pelas companhias aéreas brasileiras apresentou um aumento de 38% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Esse dado reflete uma retomada significativa das viagens aéreas no país, à medida que mais pessoas se sentem confortáveis em voar novamente. A recuperação gradual do setor de aviação sugere uma retomada promissora do cenário de viagem, com os viajantes demonstrando uma maior disposição para explorar destinos e aproveitar as oportunidades de viagem.

A pandemia transformou a indústria das viagens, alterando os hábitos dos viajantes e aumentando a percepção da necessidade de segurança. Nesse contexto, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado Ipsos, 65% dos viajantes consideram o seguro viagem como uma parte essencial de seus planos de viagem pós-pandemia. Além de proporcionar tranquilidade aos viajantes, garante proteção e cuidado em casos de emergência, tanto para reposição de bens quanto para assistência médica.

A necessidade de seguro viagem se tornou ainda mais evidente devido à preocupação com a saúde e a possibilidade de despesas médicas elevadas em casos de doença durante a viagem. De acordo com o Customer Lab, laboratório de dados do Grupo Allianz Partners, os custos médicos são a principal preocupação dos viajantes, com 76% dos viajantes globais – incluindo o Brasil – considerando a cobertura médica como o aspecto mais importante de um seguro viagem. Um plano de seguro viagem oferece cobertura médica e odontológica em casos de urgência, acidentes, lesões ou doenças durante a viagem. Além disso, pode compensar os custos médicos elevados associados a ficar doente enquanto se viaja para fora do país. O seguro de cancelamento e interrupção de viagem também pode cobrir a perda financeira resultante de custos de viagem pré-pagos e não reembolsáveis, caso seja necessário cancelar os planos por uma razão que já esteja coberta na apólice.

Além disso, os viajantes também estão buscando proteção contra imprevistos relacionados à perda ou danos de bagagem. O extravio definitivo de bagagem é uma preocupação comum entre os viajantes, e a cobertura de seguro viagem pode garantir uma compensação adequada para a reposição de itens pessoais essenciais.

O seguro viagem no Brasil está em ascensão, com previsão de ultrapassar a marca de R$ 1 bilhão em prêmios emitidos neste ano, de acordo com o índice de mercado Global Industry Analysts. Isso reflete o compromisso do mercado em oferecer opções cada vez mais abrangentes aos consumidores, com coberturas adequadas às necessidades atuais dos viajantes e benefícios diferenciados.

Em 2023, de acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep), no primeiro trimestre, a demanda por seguro viagem cresceu 19% e atingiu R$209 milhões. Observa-se o surgimento de novos modelos de viagens, como o aumento pela preferência para as viagens domésticas – as microviagens – adotadas com o intuito de explorar novos lugares durante um feriado prolongado ou até experimentar passeio a cavalo, pescar e aproveitar a cachoeira, tornando o descanso mais acessível quando o orçamento estiver limitado e as “staycations“, que são períodos de férias em que ao invés de percorrer longas distâncias, o viajante usufrui de atrações disponíveis em sua cidade, como exposições, teatros, parques, museus e etc. A ideia é desfrutar de um tempo de qualidade sem a necessidade de se deslocar para longe. Essas opções são consideradas mais seguras, econômicas e sustentáveis do que as viagens de longa distância. Mesmo com o sucesso da vacinação, medidas como interações sem contato e a escolha de destinos com presença de natureza e espaços abertos continuarão sendo importantes em viagens a curto e médio prazo.

Devido à crescente de insegurança após o período pandêmico, pesquisas revelam que 58% das famílias mais jovens preferem fazer reservas de viagem flexíveis e tranquilas. A intenção de comprar um seguro viagem para viagens internacionais mais do que dobrou de 2019 para 2022, de acordo com dados do Customer Lab da Allianz Partners.

Outra tendência importante é o crescimento do trabalho remoto combinado com viagens de lazer, conhecido como “workation”. Cada vez mais pessoas de todas as idades e grupos demográficos estão combinando negócios e lazer, optando por destinos com boas instalações para trabalho remoto. Por exemplo, 28% dos viajantes entre 18 e 25 anos esperam trabalhar com mais frequência em outros estados do Brasil, países ou até em uma segunda residência.

No seguro viagem, a cobertura de despesas médicas é obrigatória e garante que o segurado tenha todo o apoio necessário em caso de problemas de saúde, acidentes ou lesões durante a viagem, seja a lazer ou a trabalho. Além disso, coberturas como traslado médico, extravio definitivo de bagagens e despesas farmacêuticas são importantes para garantir a tranquilidade do viajante em situações imprevistas. Com isso, é muito importante que o viajante verifique os limites de cobertura do seguro contratado, incluindo para os países do Tratado de Schengen na União Europeia, e benefícios adicionais que podem agregar valor à apólice.

À medida que o mundo se recupera gradualmente dos impactos da pandemia, o setor de seguro viagem e turismo enfrenta um cenário de transformação e adaptação. A conscientização sobre a importância da proteção durante as viagens se fortaleceu, não somente para as viagens internacionais, mas também para destinos dentro do Brasil, impulsionando a demanda por seguros de viagem abrangentes e flexíveis. Além disso, as empresas do setor estão se adaptando às novas necessidades dos viajantes, oferecendo coberturas específicas para situações de saúde e adotando medidas de segurança e higiene aprimoradas. A tecnologia também desempenhará um papel crucial, proporcionando soluções digitais inovadoras para aprimorar a experiência do cliente e agilizar processos. Embora os desafios persistam, o futuro do setor de seguro viagem e turismo se mostra promissor, com um foco renovado na segurança, bem-estar e tranquilidade dos viajantes em um mundo pós-pandemia.

Viagem de ônibus nas férias: confira dicas de destinos para todos os perfis (e bolsos)

Por fim, independentemente do destino escolhido, é interessante que o viajante leve em consideração alguns pontos importantes que são orientados pelas autoridades de saúde: certificar-se das condições de saúde atuais, garantir que as vacinas estejam em dia (inclusive as obrigatórias para determinados países, como a vacina contra febre amarela), adotar cuidados prévios e ao longo da viagem para evitar adoecer e consultar as medidas de segurança em vigor no momento são cuidados essenciais. Além disso, manter o distanciamento social por 15 dias antes da viagem pode garantir uma experiência mais tranquila e segura.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Confira 6 destinos que não exigem passaporte para brasileiros

O passaporte brasileiro está entre os 20 mais poderosos do mundo, segundo...

5 razões para visitar Campos do Jordão em março

A cidade de Campos do Jordão fica no Vale do Paraíba, em...

Lua de mel na Ilha da Madeira: conheça cinco experiências para vivenciar a dois

Maio é considerado o mês das noivas no Brasil e, por isso,...

O Bom de Viajar abre a temporada 2024 com descontos de até 40% e café da manhã incluso em hotéis e resorts

Vamos começar o ano de 2024 conhecendo lugares incríveis? O Bom de...