O baiano andre L.R. mendes (assim mesmo, em letras minúsculas) se define, antes de tudo, como compositor, mas suas atividades na música vão muito além disso. A pandemia mudou seus planos de terminar o álbum que estava sendo produzido e ele simplesmente começou outro num esquema bem quarentena; em casa, com os recursos que dispunha: uma guitarra, um violão, um microfone e um Ipad. Munido desse arsenal, gestou “Manda Notícias”, fruto de um período de intensa dedicação à canção num trabalho artesanal da criação.

Continua após as recomendações

Ele assumiu todas as funções: da composição à capa; cantando, tocando, produzindo e fazendo videoclipes. Trabalhando sozinho, nas palavras dele “como um escritor”,o que mais lhe interessa é a beleza da canção, essa forma clássica de fazer música popular: letra, melodia e harmonia. O sentimento e a entrega são mais importantes que arranjos mirabolantes e hyper editados, o que interessa é se comunicar com beleza, melodia, leveza e lucidez.

O álbum abre com “Manda Notícias”, cuja letra fala sobre o isolamento, os encontros impedidos pela pandemia e imagina o “day after”, a comemoração: “Vai ser uma festa nesse apartamento, vai ser nosso tempo, comemoração”. Há canções sobre relacionamentos amorosos, como “Dança do Sonho”, “Teu Doce” e outras, um desabafo sobre o momento político do Brasil e “Teto de Estrelas”, inspirada no personagem “Antônio Balduíno”, do romance “Jubiabá”, de Jorge Amado (escritor favorito de andre).

andre L.R. mendes | Manda Notícias 

01. Manda Notícias

02. Desabafo

03. Dança no Sonho

04. Teu Doce

05. Teto de Estrelas

06. Insubmissão aos Urubus

07. a Sorte do anjo caído

08. Mana,…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.