terça-feira , 18 junho 2024
Ínicio Turismo Como ir de Paris até os Jardins de Monet?
Turismo

Como ir de Paris até os Jardins de Monet?

113

Seja você um amante da arte impressionista, um entusiasta da natureza ou simplesmente um viajante em busca de beleza e inspiração, os Jardins de Monet em Giverny, França, prometem uma experiência inesquecível. Localizados a uma curta distância de Paris, esses jardins foram imortalizados nas obras do renomado pintor Claude Monet. 

Neste guia, exploraremos as várias opções de transporte, desde os meios tradicionais até os mais contemporâneos, para chegar a este refúgio de beleza natural e artística a partir da capital francesa. Continue lendo!

Qual a melhor época para visitar os jardins de Monet?

Não há uma única época ideal para visitar os Jardins de Monet em Giverny, já que a cidade exala seu charme singular durante todas as estações do ano. No entanto, para uma experiência completa e imersiva, o mês de maio, no auge da primavera, é altamente recomendado.

Detalhes Importantes:

  • Os Jardins de Monet estão abertos para visitação de abril a outubro;
  • A primavera atinge seu pico no mês de maio, quando as flores estão em plena floração;
  • O horário de acesso é das 9h30 às 18h30, com a última entrada permitida até as 17h30.

Portanto, a primavera, especialmente o mês de maio, oferece a oportunidade ideal para explorar os deslumbrantes Jardins de Monet em Giverny e apreciar toda a sua beleza floral e paisagística. Uma alternativa encantadora seria visitá-los durante o outono, quando as folhas das árvores se tingem de cores vibrantes antes de caírem.

Para desfrutar de uma experiência mais tranquila, recomendo planejar sua visita para o período da manhã, logo após a abertura, e evitar os finais de semana, quando o local tende a ficar mais movimentado. Além disso, adquirir seu ingresso com antecedência pode ajudar a evitar filas na entrada, permitindo que você aproveite ao máximo seu tempo.

Qual é a história dos Jardins de Monet e como chegar?

Impelido por sua profunda paixão pela natureza, Monet tomou residência na pitoresca propriedade de Giverny, na região da Normandia, em 1883. Lá, ele mergulhou de cabeça no mundo da jardinagem e das plantas, uma jornada que transformaria não apenas os terrenos ao redor de sua casa, mas também seu próprio legado artístico. 

Ao longo das décadas, com a ajuda de uma dedicada equipe de jardineiros, Monet deu vida a dois Jardins verdadeiramente únicos, cada um concebido como uma série de “cenários” meticulosamente elaborados por sua mente visionária. Confira a história completa por trás aqui.

Entre suas criações, destacavam-se as fascinantes colaborações com o renomado horticultor Joseph Bory Latour-Marliac, que resultaram em variedades únicas de ninféias, eventualmente imortalizadas na série de pinturas magistrais conhecida como “Les Nymphéas”.

Como ir de Paris aos Jardins de Monet

Situados a cerca de 70 km de Paris, os Jardins de Monet em Giverny são facilmente acessíveis por carro, trem ou ônibus. Para os viajantes que optam pelo trem, a rota parte da estação Gare Saint Lazare em Paris, com destino à estação de Vernon, uma viagem que leva aproximadamente 45 minutos. 

Chegando em Vernon, um breve percurso de ônibus o levará diretamente a Giverny, com várias viagens disponíveis ao longo do dia. Alternativamente, os mais aventureiros podem explorar o trajeto de bicicleta ou a pé, desfrutando de uma jornada cênica de apenas 5 km entre Vernon e a Fundação Claude Monet.

Para aqueles que preferem a liberdade de conduzir, a viagem de Paris a Giverny é uma rota tranquila de aproximadamente 1 hora e 15 minutos pela A14 e A13, com estacionamento disponível mediante taxa no local.

A Fundação Claude Monet abre suas portas de abril a novembro, sendo o mês de maio o ápice da visita, quando os Jardins exibem todo o seu esplendor floral. Compartilhe este guia com seus amigos e familiares e convide-os a se juntarem a você nesta emocionante aventura.

Compartilhar: