Como o álbum “ARTPOP” de Lady Gaga evoluiu de 2013 para 2020

0

Lançado em 2013, o álbum de Lady Gaga teve uma estreia considerada abaixo da média: vendeu cerca de 260 mil cópias, muito menos que o disco anterior da cantora. O disco dividiu a opinião de muitos fãs e da critica, enquanto muitos alegavam que Lady Gaga estaria se reinventando outros

Applause, Do What U Want e G.U.Y. foram os singles da Era ARTPOP, que também contou com os singles promocionais Venus DopeApplause, o primeiro a ser lançado, foi destaque nas paradas de vinte países, alcançou o quarto lugar na Billboard 200 e foi um sucesso crítico.

What U Want, no entanto, não conseguiu manter o ritmo, chegando ao 13º lugar da parada estadunidense, e G.U.Y. ficou na posição 76 da Billboard. A diferença de colocação entre os singles era gritante, e o desempenho das músicas não pôde ser ajudado pelos seus respectivos clipes. Applause, o primeiro single, obteve um bom desempenho e foi abraçado pela crítica. No entanto, os lançamentos seguintes foram uma sucessão de escolhas inconvenientes.

O álbum físico de “ARTPOP”, foi relançado ano passado na versão física, e como já era de se esperar, houve o corte na faixa “Do What U Want”, com R. Kelly, após os inúmeros casos de escândalos sexuais contra o rapper.

O norte-americano foi preso após ser acusado de tráfico sexual em Chicago. Não é a primeira vez que o rapper está envolvido em crimes desse nível: pedofilia, abuso sexual e doenças sexualmente transmissíveis também já envolveram o nome de R. Kelly.

Tudo fecha o círculo, e ARTPOP , embora possa não ter sido o maior sucesso comercial de Gaga, mais do que serviu ao seu propósito, empurrando-a para explorar sua própria arte – em vez de tentar fazer com que a influência de outras pessoas fosse sua principal declaração criativa – e dando nós, a estrela multi-hifenizada que ela é hoje. E isso, apesar da letra “Você é apenas um porco dentro de um corpo humano”, é o melhor e mais importante legado do álbum.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.