sábado , 2 março 2024
Ínicio Vida e Estilo Beleza Dermaplaning: Clareia a Pele? Dói? Faz mal? Engrossa os pelos?
Beleza

Dermaplaning: Clareia a Pele? Dói? Faz mal? Engrossa os pelos?

22

A busca por uma pele radiante e saudável leva muitas pessoas a explorar uma variedade de tratamentos estéticos disponíveis no mercado. O dermaplaning é um desses procedimentos que vem ganhando destaque recentemente. Muitas pessoas têm dúvidas sobre o que ele faz e como afeta a pele.

Neste artigo, abordaremos uma das perguntas mais frequentes sobre o dermaplaning. Vamos explorar em detalhes os aspectos relacionados a isso e muito mais.

Dermaplaning: O Que É?

Antes de mergulharmos nas questão populares, é importante entender o que é o dermaplaning.

Trata-se de um procedimento estético no qual um profissional treinado utiliza uma lâmina cirúrgica para raspar suavemente a camada superior da pele, removendo células mortas, pelos finos indesejados e proporcionando uma textura mais suave à pele.

O Dermaplaning Clareia a Pele?

Uma das crenças populares sobre o dermaplaning é que ele pode clarear a pele, tornando-a mais luminosa e uniforme. Embora o dermaplaning não seja especificamente projetado para clarear manchas escuras na pele, ele pode ter um efeito indireto de iluminar o tom da pele. Aqui está como isso funciona:

  • Remoção de Células Mortas: O dermaplaning esfolia a camada superficial da pele, removendo as células mortas e opacas que podem fazer a pele parecer sem brilho.
  • Estímulo à Regeneração Celular: A remoção das células mortas estimula a renovação celular, o que pode revelar uma pele mais fresca e radiante.
  • Melhora na Penetração de Produtos de Clareamento: Após o dermaplaning, os produtos de clareamento da pele, como aqueles que contêm ácido ascórbico ou ácido kójico, podem ser mais eficazes, uma vez que podem penetrar mais profundamente na pele sem a barreira de células mortas.

Portanto, embora o dermaplaning não seja um tratamento direto para o clareamento da pele, ele pode contribuir para um tom de pele mais luminoso e uniforme, tornando-a uma opção atraente para aqueles que buscam uma aparência rejuvenescida e radiante.

O Dermaplaning Dói?

Outra preocupação comum em relação ao dermaplaning é se o procedimento é doloroso. A boa notícia é que o dermaplaning é geralmente um procedimento indolor.

A lâmina cirúrgica utilizada é afiada e desliza suavemente sobre a superfície da pele, removendo as células mortas e os pelos finos. Muitos pacientes relatam uma sensação de leve raspagem, mas raramente descrevem o dermaplaning como doloroso.

No entanto, a sensibilidade à dor varia de pessoa para pessoa, e é importante comunicar qualquer desconforto ao profissional para garantir uma experiência confortável.

Faz Mal para a Pele?

O dermaplaning é considerado um procedimento seguro quando realizado por um profissional treinado e experiente, sobretudo formado por um curso de dermarplanning confiável.

No entanto, como qualquer procedimento estético, há algumas considerações a serem levadas em conta:

  • Infecção: Se o dermaplaning não for realizado em condições de higiene adequadas, existe um pequeno risco de infecção. Certifique-se de escolher um profissional confiável e licenciado para realizar o procedimento.
  • Irritação Temporária: Após o dermaplaning, é comum que a pele fique vermelha e sensível por um curto período de tempo. Isso geralmente desaparece rapidamente, mas é importante seguir as orientações de cuidados pós-tratamento fornecidas pelo profissional.
  • Evitar em Casos de Acne Ativa: Evite o dermaplaning se você tiver acne ativa ou feridas abertas na pele, pois o procedimento pode piorar a condição.
  • Melasma e Pigmentação: Para pessoas com melasma ou problemas de pigmentação na pele, é importante discutir os riscos e benefícios do dermaplaning com um profissional, pois o procedimento pode afetar a pigmentação da pele de maneira indesejada em alguns casos.

Em resumo, o dermaplaning é um procedimento estético seguro e eficaz para muitas pessoas, mas deve ser realizado com cautela e por um profissional qualificado para garantir resultados satisfatórios e minimizar os riscos.

É essencial discutir suas preocupações e expectativas com o profissional antes de realizar o dermaplaning para garantir uma experiência positiva.

Dermaplaning: Engrossa os Pelos?

Outra preocupação que muitas pessoas têm em relação ao dermaplaning é se o procedimento pode causar o engrossamento dos pelos faciais.

Essa preocupação é compreensível, uma vez que o dermaplaning envolve a remoção dos pelos finos da face. No entanto, a ideia de que o dermaplaning leva ao crescimento de pelos mais grossos é um mito. Vamos esclarecer essa questão.

O Que Causa o Crescimento de Pelos Mais Grossos?

Para entender por que o dermaplaning não leva ao engrossamento dos pelos faciais, é importante conhecer o que causa o crescimento de pelos mais grossos.

O crescimento de pelos mais grossos, ou hipertricose, geralmente é resultado de fatores hormonais e genéticos. É uma condição em que os folículos pilosos produzem pelos mais espessos e escuros do que o normal.

O dermaplaning não tem a capacidade de alterar as características dos folículos pilosos ou influenciar a produção de pelos. Ele apenas remove os pelos finos da camada superficial da pele, proporcionando uma superfície mais lisa.

Por Que os Pelos Podem Parecer Mais Grossos Após o Dermaplaning?

É importante notar que, após o dermaplaning, os pelos faciais podem parecer mais visíveis e ásperos por um curto período de tempo.

Isso ocorre porque a extremidade dos pelos, que é naturalmente fina e pontiaguda, foi cortada durante o procedimento, deixando as extremidades cortadas visíveis na superfície da pele.

No entanto, esses pelos não estão mais grossos do que antes. Eles simplesmente parecem diferentes devido ao corte. Com o tempo, à medida que os pelos crescem novamente e suas extremidades afiadas desaparecem, eles voltarão à sua aparência original, fina e suave.

Em resumo, o dermaplaning não causa o engrossamento dos pelos faciais. O crescimento de pelos mais grossos é uma condição determinada por fatores hormonais e genéticos e não pode ser alterado por um procedimento de dermaplaning, que apenas remove os pelos finos da superfície da pele.

Conclusão

O dermaplaning é um procedimento cada vez mais popular entre homens e mulheres. Realizar o procedimento é seguro desde que seja guiado por profissionais qualificados.

É importante não deixar mitos e preocupações infundadas dissuadir você de experimentar o dermaplaning se estiver interessado em seus benefícios de esfoliação e melhoria na textura da pele. Como sempre, consulte um profissional qualificado para discutir suas preocupações e expectativas antes de realizar o procedimento.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Fotos de Giovanna Antonelli com a nova cor, destacando o brilho e a luminosidade dos cabelos.

Giovanna Antonelli revela o segredo para cabelos brilhantes e luminosos com a nova Koleston Brilho Infinito

A atriz Giovanna Antonelli, embaixadora da marca Koleston, apresenta a nova coleção...

Unhas em gel são resistentes, mas não inquebráveis

Recentemente, observou-se um notável crescimento na preferência por unhas de gel, uma...

Saiba como escolher a técnica ideal para unhas longas e resistentes

Nos últimos anos, as unhas longas têm se destacado como uma tendência...

Detox pós-festa: saiba como realizar a skincare correta após curtir os bloquinhos

Com a temporada de shows, festivais e bloquinhos de Carnaval chegando, é...