terça-feira , 18 junho 2024
Ínicio Famosos Hematoma subdural: o que aconteceu com o ator Tony Ramos
FamososNotícias

Hematoma subdural: o que aconteceu com o ator Tony Ramos

566

Na noite desta quinta-feira (16/05), os fãs do ator Tony Ramos (75 anos) foram surpreendidos pela notícia de que o ator foi submetido a uma cirurgia para tratar um hematoma subdural.  O boletim médico do Hospital Samaritano Botafogo (RJ), onde o ator está internado, informou que ele foi submetido a uma cirurgia de drenagem e que o seu estado de saúde é estável.

“Um hematoma subdural é um acúmulo de sangue entre a superfície do cérebro e a dura-máter, que é a camada externa das meninges, as membranas que envolvem e protegem o cérebro e a medula espinhal. Esta condição é frequentemente o resultado de uma lesão na cabeça e pode ser grave, pois o sangue acumulado pode aumentar a pressão intracraniana, causando danos cerebrais”, explica o Dr. Wuilker Knoner, Presidente da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.

Causas

Como explica o especialista, além dos traumas cranianos, as causas mais comuns são o uso de anticoagulantes – que podem aumentar riscos de hemorragia, a idade avançada – com envelhecimento, o cérebro tende a encolher, o que pode esticar os vasos sanguíneos e aumentar a susceptibilidade a rupturas; e até o abuso de álcool – que aumenta o risco de quedas e problemas de coagulação.

Veja também:

Missão abdome Cristiano Ronaldo: especialista explica técnica para conseguir os famosos gominhos do jogador

Ex-bbb e outros famosos abandonam harmonização facial em busca da naturalidade

Netflix aposta em novela com Juliana Paes grávida de gêmeos de pais diferentes em “Pedaço de Mim”

“Quando a causa é uma queda, muitas vezes o paciente não apresenta sintomas imediatamente. Isso é chamado de intervalo lúcido. Eles desenvolvem sintomas dias depois. Por isso, sempre que sentir sintomas neurológicos, como perda de memória, tontura ou fraqueza muscular, as pessoas precisam consultar um médico e tentar fornecer o máximo de informações possível sobre quando e como os sintomas começaram”, destaca o neurocirurgião.

Sintomas

Os sintomas mais comuns são:

  • Dor de cabeça forte e que não passa
  • Náusea e vômito
  • Fala arrastada (disartria)
  • Mudanças em sua visão
  • Tontura
  • Problemas de equilíbrio ou dificuldade para caminhar
  • Fraqueza em um lado do corpo
  • Desorientação

Tratamentos

O tratamento tem como objetivo minimizar o dano cerebral e tratar a causa subjacente do sangramento. Para o Dr. Wuilker, uma das principais preocupações é o atendimento de emergência. Quanto antes for possível estabilizar o paciente, controlando os seus sinais vitais, menores serão os danos. Para hematomas subdurais grandes ou graves, geralmente é necessária cirurgia para ajudar a drenar o sangue.

“O tempo que leva para se recuperar de um hematoma subdural varia de paciente para paciente. Somente o médico pode dizer o que esperar com base na sua situação específica. Algumas pessoas sentem-se melhor algumas semanas após o tratamento, enquanto outras podem nunca se recuperar totalmente”, finaliza Dr. Wuilker

Compartilhar: