Mixdgroove canta sobre desilusão amorosa em “Me Emocionei”

Publicidade

Quem nunca se frustrou com as próprias expectativas de um relacionamento, que atire a primeira pedra. Apesar da desilusão amorosa ser um tema bastante abordado no meio musical, o cantor, compositor e multi-instrumentista Marquinhos Amaral, líder do projeto Mixdgroove, aborda o tema com uma mensagem repleta de resiliência em “Me Emocionei”. 

O groove, que também conta com elementos de ritmos latinos e até de bossa nova, foi escrito com base em uma história real do cantor. “Eu falo na música sobre um cara que se deixou levar pela emoção, criou expectativas e se frustrou. É o clássico ‘emocionado’ que, nesse caso fui eu, mas se você ainda não passou por isso, uma hora você vai passar”, comenta.

Mas o “fora” que virou música também mostra uma outra mensagem que Mixdgroove deseja passar em suas composições sobre o amor. “Vi esses dias nas redes sociais algo que dizia que ‘é melhor ser ‘emocionado’ e demonstrar seus sentimentos do que ser frio’. Acredito nisso e a mensagem das minhas músicas sempre chegam a um ponto comum de que, independentemente de como se acaba uma relação, que todos fiquem bem. Eu sempre fui contra as pessoas rivalizarem seus relacionamentos passados”, destaca.

Com influências de grandes nomes da MPB e do Jazz, “Me Emocionei” apresenta uma outra faceta de sonoridade abordada por Mixdgroove, que vem produzindo seus lançamentos em seu home studio em São Paulo. “Quando compus este som, gravei e fiquei ouvindo em casa, para pensar nos arranjos. Minha mãe logo associou à bossa nova e, por isso, deixei o violão de nylon na canção”, diz. “Também colocamos um solo de piano do Alex Gomes e o trompete da Rosana Oliveira, grande amiga minha, que fica pela música inteira, além dos elementos de percussão de salsa, sem deixar o groove de sempre. É a mistura que a Mixdgroove faz”, diz o cantor que também ressalta produções de Djavan e Miles Davis como referências do som.

Bem como em “Do Nada”, último lançamento de Mixdgroove, este novo trabalho também conta com um videoclipe roteirizado pelo próprio cantor, atividade que vem desbravando e criando gosto. A produção, gravada em São Paulo pelo Tiago Cândido, da Du Up Films, conta com a participação de Carol Aga, amiga do artista, para interpretar um papel importante da virada do clipe. “O clipe conta a história da desilusão amorosa, do ‘fora’, mas mostra também que a pessoa deu a volta por cima e encontra uma pessoa com quem descobre coisas em comum”, conta. “No primeiro clipe, trouxe a patinação e neste coloquei a corrida. Chamei a Carol para o personagem porque ela é uma pessoa muito ativa que sempre me incentivou muito a correr. Mesmo com a timidez, ela topou e ficou muito legal a participação dela”, finaliza.

Siga o Atitude E Visão nas redes sociais:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Relacionados

Útimas Noticias

Resumo novela Império: capítulos de 20/09 a 02/10/2021

"Império", protagonizada por Alexandre Nero, Marina Ruy Barbosa e Lilia Cabral. Trata-se da segunda novela de Aguinaldo Silva a voltar ao ar por causa...