Cena de encerramento do último capítulo de Quando Me Apaixono

A novela Quando Me Apaixono chegou ao seu final nesta segunda 22/02 na tela do SBT, com os clichês habituais e um final mais do que previsível. Apesar de ser um romance, acho que o capítulo final fluiu muito bem.

Continua após as recomendações

Todos nós que assistimos Quando Me Apaixono, não esperávamos mais da novela, sabíamos que tipo de romance era e sabíamos para onde estava indo. O capítulo final não foi cheio de surpresas, mas foi cheio de emoções. Houve duas cenas em particular que me emocionaram, mas a partir de então ficou cinza.

A cena do antepenúltimo capítulo exibido na quarta dia 18/02 entre René Casados ​​e Jessica Coch foi muito emocionante. Ele diz a Roberta que apesar de tudo a ama e a ama como se fosse sua filha. Os diálogos foram muito bonitos e de fato, a partir daquele momento, ela sentiu compaixão por Renata, porque na verdade ela não tinha culpa de nada, foi assim que sua mãe Josy / Josefina (Rocio Banquells) a criou. Mais tarde, na 25ª festa de Roberta e Renata, Roberta diz a todos que se arrependeu de todo o estrago que causou pela falta de carinho da mãe, e no qual dá um abraço em Renata, Josefina atira para matar Renata e Roberta fica no caminho acerta atira nela e morre. A cena da morte de Roberta não foi tão comovente quanto poderia ser, mas doeu.

Jessica Coch interpreta Roberta em Quando Me Apaixono

A morte de Roberta doeu porque o personagem nunca foi feliz, ela sempre viveu odiando Renata e nunca poderia aproveitar, agora que se arrependia, foi um bom começo para uma nova vida. Os melhores escritores decidiram punir Josefina, matando a filha por quem ela cometeu todos os seus crimes. Como sempre, os roteiristas deram peso a essa vilã e nos mostraram que a personagem de Roberta não tinha peso próprio, o que vejo mal do meu ponto de vista muito particular. Mas ainda assim, a cena foi salva por Silvia Navarro quando ela começou a chorar, ela monopoliza a tela embora na verdade o diretor de câmeras nunca tenha tirado o rosto de Silvia em momento algum, mas com aqueles chororó, ela roubou a tela.

A outra cena que me tocou foi quando Renata e Marina estavam dando à luz ao mesmo tempo. Por um lado, Renata tem seu filho prematuro, enquanto Marina tem complicações com seus gêmeos. A cena em que Marina fala com Renata e Jerônimo sobre como quer que criem as gêmeas como se fossem suas próprias filhas, ela estava chorando, estava triste e as lágrimas não puderam conter. Juan Soler e Silvia Navarro mostraram que são realmente bons atores. Com aquela cena, em silêncio, e olha que Juan Soler não é o melhor ator do mundo, mas honrou o personagem.

Foto – Reprodução/ YouTube

Esse era o clímax da novela, o resto era puro recheio, todos tinham filhos e mais filhos, e todos eram felizes, exceto Josefina que terminou a trama em um manicômio lembrando da filha Roberta.

Por que eu falo que foi um final perfeito? Porque não vimos nada triste como com O Que a Vida Me Roubou, onde as cenas cortaram nossos corações. Quando me Apaixono foi uma novela com um fim emocionante e cada personagem teve o desfecho que merecia. A última cena então, que romantismo digno de um felizes para sempre.

Cenas finais de Quando Me Apaixono

OPINE: O que você achou do capítulo final?

Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments