Compartilhe

O paulista Vittu lança hoje, dia 1 de abril, o primeiro single de sua carreira, intitulado “Alô Alô São Paulo”. Em um momento de descobertas e uma história de vida com a música em diferentes cenários, o artista decidiu dar o primeiro passo rumo a uma carreira autoral, com um lançamento que chega acompanhado de obra audiovisual.

Continua após as recomendações

Engajado nas redes sociais, o cantor, compositor e influenciador digital expressa sua liberdade por meio de fotos em seu perfil e um discurso que pode incomodar preconceituosos e conservadores, mas que mostra sua real essência sem ter medo de ser quem realmente é. “A vontade de me tornar artista surgiu do desejo de deixar minha marca, abrir caminhos, expressar minhas sonoridades, me expor e criar movimentos”, conta Vittu.

Além disso, nos últimos três anos, o artista vive diariamente enfrentamentos e lutas por ser gordoativista e LGBT, como conta: “Acredito que esse lançamento vai abranger meu público porque, apesar de não ser uma música de militância, é impossível desvencilhar de tudo que fiz até aqui. Aliás, o público que virá soma-se ao público que já existe! É essa união de forças que acredito que deva me levar aos lugares que sonho ir!”

Apesar de ter nascido em Assis, interior de SP, o artista escolheu São Paulo para celebrar este lançamento. “Me sinto livre em SP e a composição surgiu daí. Assisti um filme biográfico do Tim Maia e, naquele momento, fui para a minha janela ver a vista e comecei a pensar que não tinha nenhuma música que falasse da cidade com um swing próprio. As composições são sempre para baixo, sabe? E, para mim, São Paulo é movimento, soul, alegria”, completa.

Com referências importantes como Tim Maia, Ed Motta E Jorge Ben, o artista une três grandes ídolos para compor seu primeiro som. Em uma mistura de Soul com MPB, VITTU imagina as pessoas ouvindo sua música a caminho do trabalho, no transporte público, em um churrasco, pegando a estrada. É uma música para momentos simples, mas únicos. Segundo ele, “é uma música de celebração”.

Este é o primeiro single de um projeto ambicioso, que o artista quer colocar em prática após entender a recepção de seu público – e dos que ele está prestes a conquistar. O videoclipe, assinado pela Meraki Produções, com direção de Danilo Rowlin, reafirma a importância em contratar profissionais que possam contribuir com as suas narrativas, e com isso não fazem distinção de etnias, nacionalidade, orientação e gênero, com uma equipe 100% diversa e inclusiva, as cenas foram gravadas em pontos importantes da capital, como Minhocão, Consolação, bairro da República e Luz. O stylist Made In Brazil assina, além dos looks, a produção de imagem do videoclipe

DEIXE SEU COMENTÁRIO