Foto - Reprodução

Mais uma edição do Big Brother Brasil está no ar e a “Casa mais vigiada do país” trouxe para a berlinda a cultura do cancelamento e o quanto a imagem pode ser destruída rapidamente conforme as atitudes dos participantes do programa.

Continua após as recomendações

A rapper Karol Conká perdeu mais de 300 mil seguidores no Instagram desde o início do programa devido às posturas que está tendo dentro da casa, tratando outros participantes com arrogância, falta de educação e respeito.

Além dos telespectadores que estão incomodados com a participação da artista no BBB alguns músicos como Emicida e outros influenciadores se posicionam publicamente contra as atitudes de Karol Conká, mostrando desilusão. E para agravar a questão da imagem da rapper sua ex-empresária tornou pública a história sobre o tratamento que recebia da cantora e o quanto isso abalou a carreira e a saúde da empresária.

A cantora Anitta foi uma das pessoas que deixou de seguir Karol Conká no Instagram.

A jornalista especializada em mídias sociais Patrícia Andrade Ladeira analisa a atual cultura de cancelamento de pessoas nas mídias sociais e o case de Karol Conká. Patrícia Andrade Ladeira é fã do BBB e faz questão de acompanhar as edições do programa, sempre com um olhar crítico de quem trabalha com a imagem de pessoas públicas e marcas.

Patrícia Andrade Ladeira declara: “Karol Conká está ensinando como destruir sua imagem em três cenas. E provavelmente está achando que está lacrando aqui fora. O programa atinge um público enorme e heterogêneo, com muitas pessoas que não conheciam ainda a rapper e sua história, e que começaram a seguir por causa da participação no programa e após os episódios protagonizados por Karol na casa estão deixando de seguir”.

A profissional conclui que “ela também perde seguidores que já acompanhavam sua carreira e que estão chocados com a forma como ela tem se mostrado no BBB”.

Além do caso de Karol Conká tem também a questão da imagem de Lucas Penteado, abalada pela confusão no programa e o rompimento do contrato da assessoria de imprensa que estava trabalhando para o ator, alegando que as atitudes dele não estão de acordo com o posicionamento da agência.

“Vivemos em uma sociedade que valoriza demais a imagem que transmitimos via mídias sociais como se fôssemos apenas aquilo que postamos e quando as imagens que compartilhamos não correspondem aquilo que nossos seguidores acreditam ser o correto é inevitável o cancelamento e a perda de seguidores”, analisa Patrícia Andrade Ladeira.

A sabedoria popular diz que a primeira impressão é a que fica e no caso de participantes de reality shows como Big Brother Brasil a exposição da imagem vai sendo construída dia após dia através dos comportamentos e atitudes apresentados ao longo do programa, mas a primeira impressão fica marcada e quando é negativa o trabalho para reverter a situação é missão quase impossível e necessita de consultoria especializada.

Além do cancelamento popular e os danos em relação a imagem Karol Conká já perdeu trabalhos e dinheiro com seu posicionamento dentro da casa e se continuar com a mesma postura provavelmente perderá outros negócios.

Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments