Chegada de Linn da Quebrada mostra que BBB aposta em pessoas mais ativistas

A chegada de Linn da Quebrada ao Big Brother Brasil 22 reforça uma edição com a presença de pessoas mais ativistas em relação a temas como machismo, empoderamento negro, branquitude e homofobia, afirma Fabio Mariano Borges, professor da ESPM e especialista em comportamento do consumidor e estudos etnográficos.

“A Linn é uma poeta de personalidade forte, que veio de uma história de vida de rua e de favela, diferentemente dos outros participantes”, diz Borges. “Tudo indica que quando essas questões surgirem na casa, ela saberá se colocar a partir de toda a sua trajetória de vida”. 

Linn da Quebrada entrou na casa ontem, dia 20. Em seu Twitter @linndaquebrada postou “Eu aceitei porque eu sinto que é possível ver o Brasil torcendo por mim com tudo o que eu eu sou”.

SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

Leia Também:

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

DESTAQUES:

Você não pode copiar o conteúdo desta página