Helena (Dominika Paleta) é uma vilã que está totalmente surtada em Triunfo do Amor (SBT). Mas sua máscara começará a cair aos poucos, juntamente com a do seu amante Guilherme (Guillermo García Cantú). Isso tudo porque a princípio João Paulo (Diego Oliveira) pegará os dois aos beijos e a acusará a megera de atacar Maria Desamparada (Maite Perroni) com uma faca.

Continua após as recomendações

Na casa de Bernarda (Daniela Romo), Guilherme surpreende Helena em um dos escritórios. Ele tenta seduzi-la. Ela tenta se defender dele. O crápula diz a ela para não brincar de difícil e sim ficar com ele. Helena admite que o amou uma vez, mas seu amor se transformou em ódio. Ele responde que para ele, ódio e amor são lados opostos da mesma moeda sensual. Helena afirma que não quer fazer parte dele ou o sentimento constante de humilhação e submissão. Guilherme então beija Helena e ela se derrete em seus braços.

Infelizmente, João Paulo se depara com os dois aos beijos. “Helena!” a vilã imediatamente tenta reivindicar sua inocência e dando um tapa na cara do amante e diz que Guilherme estava tentando tirar vantagem dela. João Paulo então dá sua lição de moral: “Nenhuma mulher que abandona seu filho é inocente e nenhuma mulher que é ciumenta tenta matar outra mulher é inocente.”

Helena e Guilherme são flagrados por João Paulo

O padre diz a Helena que sabe que ela atacou Maria Desamparada. A vilã ainda tenta afirmar sua inocência. “Eu seria incapaz de tal coisa!” João Paulo diz que em sua linha de trabalho aprendeu a reconhecer o mal quando o vê, da mesma forma que consegue reconhecer um anjo entre eles, então não se preocupe em negar. Para ele, Guilherme e ela são iguais! Eles são ruins até os ossos! “Além do mais, é melhor você ficar longe de Maria e Paulinho! Considere-se avisada”, ele diz,

DEIXE SEU COMENTÁRIO