Rainha do Remake! Angelique Boyer comemora sua participação em uma novela original

Publicidade

Em janeiro terminaram as transmissões de ‘Império de Mentiras‘ e, esta semana, Angelique Boyer confirmou que está voltando às novelas em ‘Vencer el pasado‘ da produtora Rosy Ocampo. Boyer foi vista no SBT pela última vez na recente reprise de O Que a Vida me Roubou e está no ar na trama inédita Três Vezes Ana, da Guigo TV.

Continua após as recomendações

A atriz perdura como a preferida do público, mas há pouco mais de uma década que a vimos nas novelas, todas elas têm algo em comum: são ‘remakes’ ou novas versões de outras histórias.

Então, agora que confirmou que é uma das protagonistas de ”Vencer el pasado’ Angelique comemorou que uma história original finalmente chegou às suas mãos.

“É um dia muito feliz para mim, estou muito feliz por pertencer a esta produção, por fazer uma primeira história original para mim. É uma história realmente excelente, com muitos temas interessantes que estão nos dias atuais, o linchamento digital ”, disse à Televisa Espectáculos.

Em entrevista, Boyer interpretou com humor que durante sua carreira sempre brilhou em novelas que foram feitas em outros países ou anos antes no México.

“Eu sou a rainha do remake. Tenho 14 romances de remake. Este é o primeiro (original) e parece diferente. Os textos são escritos de uma forma deliciosa que você aprecia como ator. A história é muito divertida, o elenco é fantástico ”, disse à Televisa.

Vale lembrar que desde que apareceu em ‘Rebelde‘, ela fez parte da versão mexicana de ‘Rebelde Way’ argentino. Quando ela estrelou em ‘Teresa‘, já haviam feito uma versão com Salma Hayek e até mesmo em filme com a lendária Maricruz Olivier. Outro sucesso de Angelique Boyer foi ‘Três Vezes Ana‘, a nova versão do clássico ‘Laços de amor‘ de Lucero. Em ‘O Que a Vida Me Roubou’, ela dividiu os holofotes com o namorado Sebastián Rulli, mas essa novela foi a nova versão de ‘Bodas de Odio’ (1983) e ‘Amor Real’ (2003).

Mesmo a mais recente, ‘Império de Mentiras’, era uma versão livre da série nativa da Turquia ‘Kara Para Aşk’.

Angelique Boyer é, sem dúvida, uma das queridinhas do público, e o fenômeno que ela provoca na televisão é tal que ela tem feito sucesso apesar de ter estrelado tantos ‘remakes’.

Vencer el Pasado, vale ressaltar, é o título final da trilogia feminista produzida por Rosy Ocampo, formada também por Vencer el Miedo (2020) e Vencer el Desamor (2021).

Siga o Atitude E Visão nas redes sociais:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Relacionados

Útimas Noticias

Resumo Topíssima: Capitulos de 17/05 a 28/05/2021

Topíssima é uma novela brasileira exibida pela RecordTV  e escrita por Cristianne Fridman. "Topíssima" foi exibida pela primeira vez em 21 de maio a 9...

Resumo novela Império: capítulos de 14/05 a 29/05/2021

"Império", protagonizada por Alexandre Nero, Marina Ruy Barbosa e Lilia Cabral. Trata-se da segunda novela de Aguinaldo Silva a voltar ao ar por causa...

Resumo novela Gênesis: capítulos de 17/05 a 21/05/2021

Gênesis será dividida em sete fases; Criação; Dilúvio; Torre de Babel; Ur dos Caldeus; Abraão; Jacó e José. Importantes acontecimentos bíblicos serão retratados com...