InícioBandResumo novela Nazaré: capítulo final - (14/01/2022) Band

Resumo novela Nazaré: capítulo final – (14/01/2022) Band

-

Nazaré é um novela escrita por Sandra Santos, ela foi ao ar originalmente entre setembro de 2019 e janeiro de 2021, pelo canal lusitano SIC, em duas temporadas – com respectivamente 211 e 122 episódios, totalizando 334 edições

Band – Com exibição das 20h30 até 21h10

Estreia: 18 de maio de 2021

RESUMO DOS PRÓXIMOS CAPITULOS:

Sexta, 14 de janeiro (Fim da primeira temporada)

No hospital, e depois de falar com o Dr. Murilo, Nazaré chega-se à cama da amiga e promete-lhe que vai descobrir o que lhe aconteceu e que vai vingá-la. Cláudia desperta, nesse momento, e diz a Nazaré que sabe quem matou Félix, foi Bárbara. Nazaré fica em choque enquanto a amiga lhe relata o que aconteceu e lhe diz que tem provas…Bárbara, desconhecendo a presença de Nazaré, vai até ao Hospital para averiguar o estado de Cláudia e, quando está prestes a entrar no quarto ouve a confissão da enfermeira.

TONI E DUARTE PEDEM NAZARÉ EM CASAMENTO AO MESMO TEMPO

Toni está ao telemóvel com Nazaré enquanto lhe vai dando coordenadas. Nazaré está confusa e sem perceber porque está a caminhar no areal e o que vai encontrar. Toni chega perto dela e Nazaré vê escrito na areia o pedido de casamento de Toni. Toni declara-se fazendo um discurso muito emotivo quando é interrompido pelo barulho de uma avioneta com um novo pedido de casamento. Nazaré fica confusa, mas Toni tenta apropriar-se do segundo pedido. Duarte chega, surpreendendo Nazaré, e reclamando o seu pedido de casamento. Nazaré olha para eles os dois e percebe que chegou a altura de decidir com quem quer passar o resto da sua vida.

NUNO DEIXA VERÓNICA À MORTE EM ALTO MAR

Verónica é surpreendida pelo inspetor Santos, em sua casa, com o intuito de a deter pela morte de Mike. Verónica reclama-se inocente, mas Santos insiste que tem de a levar à esquerda. Verónica pede para ir ao quarto buscar um documento que prova a sua inocência e tranca o inspetor no seu quarto, vai ao cofre retirar todo o dinheiro, e foge perante o olhar estupefacto de Érica e Bernardo. Duarte e Nazaré, determinados a apanhar a vilã, juntam-se a Bernardo para reunir todas as pistas que os possam levar a Verónica. Acabam por descobrir que alugou um carro e combinam ir até ao local e esperar que ela apareça. Assim acontece, Verónica vai ao stand para levantar um carro alugado, enquanto Nazaré a observa do carro pois Duarte e Bernardo foram ao café. Nazaré, destemida, e não querendo deixar escapar a oportunidade, não aguarda nem por Duarte nem por Bernardo e faz frente a Verónica. Verónica pega no carro, tenta fugir, mas Nazaré atira-se à vilã com unhas e dentes e não a deixa escapar. Quando Santos chega ao local para deter Verónica, chega também Nuno e tudo acontece muito rápido. Nuno manda um gás para dentro do carro onde está Verónica detida e “arranca” a vilã para a levar consigo. Já em alto mar, Nuno abandona Verónica um barco apenas com um balde de água e uma arma deixando-a à sua mercê sem dó nem piedade. Ficamos no desespero de Verónica.

GONÇALO ENTREGA-SE À POLÍCIA PELA MORTE DE MIKE

Laura engendra plano para incriminar Verónica pela morte de Mike. Coloca cabelos da vilã no corpo e faz uma denúncia anónima. A PJ localiza o corpo e dá Verónica como culpada. Gonçalo, depois de saber que Verónica foi detida, fica em pânico e não percebe como é que ela pode ser acusada de uma coisa que foi ele que fez. Laura pede-lhe que não diga nada e mantenha as coisas como estão. Mais tarde, Prata conta a Laura que descobriram que foi Verónica quem encomendou o ataque ao hotel e que ordenou Mike que fizesse mal a Ana. Laura fica cheia de raiva e com sentido de dever cumprido pois finalmente Verónica vai pagar por todo o mal que fez à sua família. Laura conta a Gonçalo que foi Verónica que ordenou o ataque ao Hotel e Gonçalo fica atónito. Mais tarde, Santos vai ao Hotel e Laura surpreende-se com a sua presença. Santos diz que ali está a pedido de Gonçalo. Gonçalo entrega-se pela morte de Mike e pede à família que compreenda que seria incapaz de viver com a culpa de outra pessoa estar a pagar pelo seu crime.

BÁRBARA TENTA MATAR NAZARÉ NO DIA DO CASAMENTO

É o dia do casamento de Nazaré. Nazaré está na praia e olha o mar quando Matilde a encontra e refila por estar a sujar o vestido. Nazaré ri-se e pede à mãe que seja ela a levá-la ao altar. Ficamos na emoção das duas e percebemos quem alguém as observa, mas não sabemos quem. Quando Nazaré chega à igreja e está prestes a sair do carro, aparece Bárbara de caçadeira em punho. Bárbara diz-lhe que não merece ser feliz com Duarte e que não a vai deixar ganhar. Nazaré, destemida, diz-lhe que vai casar com Duarte e que vai ser feliz. Vira as costas e segue determinada para a porta da igreja quando Bárbara faz mira para lhe acertar. Santos, que conduzia o carro que trouxe Nazaré até à igreja, saca da arma e diz a Bárbara que se mantenha quieta. Nuno, surge por trás de Bárbara, e imobiliza-a, caindo os dois no chão. Ouve-se um disparo e todos correm cá para fora. Bárbara é detida sob o olhar triste de Dolores.

TONI INTERROMPE CASAMENTO DE NAZARÉ E DUARTE

É dia de casamento. Todos estão presentes para vivenciar esta união tão esperada e tão querida por todos. Nazaré entra na igreja, de braço dado com Matilde, e quando o sorriso dos dois se cruza, temos a certeza que serão felizes para sempre. O Padre inicia a cerimónia mas, de repente, ouve-se uma voz a chamar por Nazaré enquanto entra na igreja- é Toni. Toni, de rastos, faz um discurso muito emotivo e diz a Nazaré que não podia perder esta última oportunidade de lhe dizer o quanto a ama e de lhe mostrar que ele sim é o homem certo e aquele com quem ela deve ficar. A igreja está inundada de um silêncio constrangedor.

Nazaré, fica parada, olha para Duarte e olha para Toni. Ficamos na dúvida de Nazaré, sem saber com quem irá afinal casar.

* Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeito à alteração de acordo com a edição das novelas

SINOPSE:

Pôster promocional da novela Nazaré

“Nazaré” é uma história de amor contemporânea numa realidade que assola o país todos os verões. É uma narrativa sobre a luta de quem é derrotado pelas chamas, do renascimento e da esperança.

Nazaré para salvar a mãe, é obrigada a trair Duarte, um playboy, filho de um magnata da indústria de móveis. Sempre teve tudo o que quis e o melhor que o dinheiro pode comprar. Adora carros velozes, mulheres e nunca trabalhou.

Nazaré é a única filha de Matilde. O pai, Joaquim, deixou-as quando Nazaré ainda era pequena. Desse tempo ficaram as memórias das sucessivas depressões da mãe, que nunca se conformou.

Anos depois, foi diagnosticado em Matilde um tumor no cérebro e Nazaré é a única que cuida dela. Só se têm uma à outra. A família mais pequena do mundo. A única coisa que sabe sobre o pai é que cometeu um homicídio, fugiu e deixou a mãe no desespero.

Nazaré só pensa em fazer tudo o que for preciso para salvar a mãe. As suas muitas pesquisas levam-na a um médico-cirurgião londrino, que já teve sucesso em casos parecidos com o da mãe, um médico tão eficaz como caro.

Glória, é dona de um restaurante. Ela tem dois filhos, Matias e Toni. Ambos ajudam a mãe no negócio de família, mas dedicam-se também a assuntos obscuros.

Matias namora com Patrícia, mas é secretamente apaixonado por Nazaré. Ela está a assaltar a Quinta dos Blanco juntamente com o namorado, depois de ele a convencer de que o fogo anda longe. Mas o vento faz com que o incêndio mude bruscamente de direção e os encurrale. No meio do pânico, os dois separam-se, e é aí que Nazaré encontra Duarte e tira-o do inferno. A aliança de sobrevivência que os dois forjam naquela noite transforma-os em heróis, fazendo com que surjam sentimentos intensos.

Mas tudo acaba tão repentinamente como começa. Duarte fica ferido e é levado para o hospital, onde permanece inconsciente. Uma troca de dados faz com que seja dado como morto. Para Félix e Verónica é tempo de festejar e ficar com o espólio dos crimes. Mas o esquema de ambos sofre uma inesperada reviravolta, quando Duarte aparece nas cerimónias fúnebres, determinado a assumir a sua herança.

A tragédia muda-o profundamente. Não desconfia do envolvimento do tio na morte do pai e continua a confiar-lhe a vice-presidência da Atlântida, mas quer assumir a presidência e tornar-se alguém de quem António se orgulharia. Félix fica furioso com o falhanço, mas sabe que um novo atentado levantaria suspeitas. Com medo que Nazaré tenha visto mais do que devia, procura-a.

Nessa altura, constata que ela não sabe do seu envolvimento nos incêndios e percebe que a fixação de Duarte por Nazaré pode servir os seus intentos.

Com isso em vista, o vilão faz-lhe a proposta: dá-lhe dinheiro para operar a mãe se, em troca, ela seduzir o sobrinho e aceitar fazer tudo o que ele mandar. Caso contrário, tem meios para acusar Nazaré do incêndio e da morte de algumas pessoas. Encurralada, ela cede à chantagem.

O esquema para apanhar Duarte é desenhado ao pormenor por Félix e Nazaré vai seguir o plano à risca… mas não será tão fácil como ela pensava.

Além da feroz oposição de Bárbara, namorada de Duarte, ela terá de lidar também com Toni, que, sem ela saber, foi um dos incendiários do pinhal, e Matias, que não conseguirá continuar a esconder os seus sentimentos e vai lutar com o irmão pela mesma mulher.

Personagens:

  • Carolina Loureiro – Nazaré
  • José Mata – Duarte
  • Afonso Pimentel – Toni
  • Inês Castel-Branco – Laura
  • Albano Jerónimo – Félix
  • Sandra Barata Belo – Verónica
  • Custódia Gallego – Matilde
  • Gonçalo Diniz – Gonçalo
  • Rogério Samora – Joaquim
  • Carla Andrino – Dolores
  • Pedro Sousa – Matias
  • Luísa Cruz – Glória
  • Filipa Areosa – Bárbara
  • Filipe Matos – Luís
  • Laura Dutra – Ana
  • Carlos Areia – João
  • Liliana Santos – Cláudia
  • Ruy de Carvalho – Floriano
  • Joana Aguiar – Érica
  • Guilherme Moura – Bernardo
  • João Maneira – Cristiano “Cris”
  • Madalena Aragão – Carolina
  • Rui Unas – Heitor
  • Bárbara Norton de Matos – Sofia
  • João Ferreira – Filipe «Pipo»
  • Márcia Breia – Ermelinda
  • Tiago Aldeia – Ismael
  • Aurea – Patrícia
  • Raquel Sampaio – Olívia
  • António Pedro Cerdeira – Nuno
  • Martinho da Silva – Rogério
  • Gonçalo Oliveira – Tiago
  • Virgílio Castelo – António

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Destaques