Sobre o fim de ‘O Mundo Sombrio de Sabrina’ na Netflix: “Horrível”

Publicidade

A série da Netflix que adapta a história da bruxinha Sabrina, terminou com uma grande polêmica.

Em seus momentos finais, a resolução da história de sua protagonista implica um elemento que vem sendo duramente questionado pelas primeiras críticas veiculadas na rede.

A mídia como o Mashable garantiu que a série “tem um final horrível e irresponsável”. Outros portais concordaram com essa opinião, já que no Bustle.com eles o rotulam como “simplesmente ruim e errado”.

Mas para nos aprofundarmos nisso, inevitavelmente temos que lidar com spoilers.

Em termos gerais, o último episódio da série afirma que Sabrina consegue derrotar The Void com o custo de sua própria vida. Mas o que é realmente problemático não está relacionado ao destino da protagonista, já que a série apresenta uma sequência localizada na vida após a morte que tem alcance fortemente questionado.

Nos momentos finais, a série estabelece que Sabrina se sente em uma sala rotulada “The Sweet Beyond”. Mas embora possa ser estabelecido que sua eternidade se passará de forma solitária, Nick, seu interesse romântico, mais tarde chega a esse lugar.

Nessa doce vida após a morte , Nick revela que se afogou na “ressaca do mal” do Mar das Mágoas, implicitamente estabelecendo que ele tomou a decisão intencional de morrer para ficar com Sabrina. Embora ela pareça chateada por breves segundos, Nick a lembra que o importante é que estejamos juntos aqui para todo o sempre. A essa frase ela acaba respondendo um simples “isso é uma vantagem”, passando a beijá-lo em seguida.

Foto – Reprodução

Críticas ao fim

No Mashable, o referido encerramento foi classificado como “um incrível erro de julgamento” que lembra a polêmica de 13 Reasons Why , estabelecendo que tudo se apresenta “como um final romântico e feliz para dois adolescentes mortos”, o que o torna injustificável.

Foto – Reprodução

O portal Bustle, por sua vez, apontou que se trata de “um final complicado, insatisfatório e errado que aparentemente glorifica o suicídio por causa de dois personagens que acabam juntos ”.

“Isso é particularmente decepcionante para um programa que sempre colocou a independência e a agência de Sabrina em primeiro plano, mesmo enquanto navegava por vários romances (e duplamente para um serviço de streaming que já exibia uma série adolescente problemática sobre suicídio), ” eles acrescentam.

No site Collider.com eles reforçam a crítica, escrevendo que o final apenas “é uma merda” e tem “implicações horríveis” para a narrativa .” Embora Nick nunca nomeie especificamente a série, comunica através do subtexto que ele se matou de tristeza pela morte de Spellman. Nick tenta reverter isso como uma coisa boa, dizendo a uma Spellman inicialmente perturbada que eles podem ficar juntos para sempre na vida após a morte “, explicam.

“É um final de Romeu e Julieta completamente confuso que envia a mensagem muito perigosa e tóxica de que problemas pessoais (como a dor) podem ser resolvidos pelo suicídio. Para ser claro: o suicídio nunca é a resposta e a maneira que O Mundo Sombrio de Sabrina joga isso casualmente no show nos momentos finais da série é imprudente e irresponsável”, apontam em seu questionamento final.

Considere que a série já havia sido alvo de cenas que exigiam advertências para pessoas com histórico de saúde mental relacionado ao suicídio.

No quarto episódio da segunda temporada, por exemplo, foi apresentado um suicídio que gerou críticas por ter sido descrito como uma apresentação gráfica “muito detalhada”.

O final de ‘O Mundo Sombrio de Sabrina’ estreou em 31 de dezembro

Siga o Atitude E Visão nas redes sociais:

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Relacionados

Útimas Noticias

Resumo novela A Viagem: capítulos de 21/06 a 03/07/2021

A Viagem, foi ao ar originalmente em 1994, na Globo. A trama mostra a jornada pós-morte de Alexandre (Guilherme Fontes), Diná (Christiane Torloni) e...