sexta-feira , 12 julho 2024
Ínicio Notícias Terra e Paixão: Irene admite que matou Daniel depois de invadir cemitério
NotíciasNovelasRede Globo

Terra e Paixão: Irene admite que matou Daniel depois de invadir cemitério

128

Uma bomba imensa e estarrecedora cairá sob o colo de inúmeros personagens de Terra e Paixão (Globo), isso porque Irene (Gloria Pires) resolverá revelar de uma vez por todas que é na verdade a assassina de Daniel (Johnny Massaro).

Nos capítulos previstos para serem transmitidos a partir de 23 de outubro, o público será revelado que Irene foi a responsável por ordenar a sabotagem do veículo de Daniel. Em uma cena intensa, ela se dirigirá ao túmulo de seu filho, repreendendo-o por ter entrado no carro adulterado. Em lágrimas, a vilã confirmará o que Caio (Cauã Reymond) já havia descoberto: ele era o alvo do ataque.

Ela baterá um papo com o túmulo do filho e o repreenderá pelo fato de ter entrado no carro adulterado. Chorando copiosamente, a mulher confirmará o que Caio já havia notado, que era ele o alvo principal do atentado.

Irene cairá aos prantos no cemitério alegando que não era para o filho ter entrado no carro e que Caio deveria ter morrido em seu lugar. O mistério apareceu por volta do capítulo 50, após uma tentativa dos autores de conseguirem movimentar a novela. O jovem faleceu em um acidente de carro, e Caio descobriu que alguém pediu para Ernesto (Eucir de Souza) sabotar o carro.

O mecânico foi vítima de um atentado e morreu em uma explosão na hora em que ligou o seu carro. Dalva (Patricia Pinho), a mulher dele, ficou muito machucada e foi ameaçada no hospital por Sidney (Paulo Roque), capanga do qual sabotou o carro de Ernesto, ela fugiu e foi achada sem vida na sequência.

Compartilhar: