Compartilhe

Após o sequestro do filho de Maria Desamparada (Maite Perroni) na mexicana Triunfo do Amor (SBT), Osvaldo (Osvaldo Rios) e Vitória (Victoria Ruffo) irão até a casa da modelo para consolá-la e lhe dar apoio. Ao vê o casal, ela os convida a entrar. Osvaldo, sempre cavalheiro, puxará cadeiras para ambas as senhoras. Vitória dirá que está preocupada com seu neto. Maria Desamparada fala que está muito grata por ela estar lá, mas não há notícias.

Continua após as recomendações

Enquanto Maria Desamparada chora, Vitória a conforta. A mocinha conta que sente falta de uma mãe. A empresária diz que entende. Ela sabe o que é perder um filho e a esperança de encontrar sua filha é o que a faz seguir em frente. Osvaldo promete a ela que estão fazendo tudo o que podem. Enquanto Maria grita “Por quê ?!” Bernarda (Daniela Romo) aparece por lá com uma resposta. “Porque você merece.”

A megera diz que é tudo culpa de Maria. Ela diz que João Paulo (Diego Oliveira) pediu a ela para ir consolar Maria, mas ela pode ver que ela está sendo consolada por uma pecadora. Osvaldo se maravilha por ela ser mãe de um padre. Vitória a acusa de servir ao diabo. Bernarda a provoca. Vitória conforta Maria chamando-a de “filha”, o que leva Bernarda a outro acesso de zombaria. Ela diz que Maria não é filha de Vitória. Osvaldo ataca a vilã com a acusação de que ela está sendo uma vadia porque ninguém nunca a amou. Ele diz que sente pena dela por estar tão sozinha e tão longe de Deus. Ele a agarra pelo braço e a acompanha para fora. Depois que ela sai, Osvaldo, Vitória e Maria Desamparada se abraçam.

“Triunfo do Amor (2010)” é protagonizada por Maite Perroni, William Levy, Victoria Ruffo e Osvaldo Ríos. A trama é um remake de Cristal, de 1985, e de O Privilégio de Amar, de 1998, ambas exibidas no Brasil pelo SBT

DEIXE SEU COMENTÁRIO