sexta-feira , 12 abril 2024
Ínicio Notícias Modelo morre após complicações com silicone industrial; conheça os riscos fatais do PMMA
Notícias

Modelo morre após complicações com silicone industrial; conheça os riscos fatais do PMMA

200
Compartilhe

Em 2022, Lygia Fazio passou mais de 100 dias internada após complicações em decorrência de um procedimento estético. Na época, ela precisou se submeter a várias cirurgias para retirar três quilos de silicone industrial, que acabou se espalhando pelo seu corpo.

O que é o silicone industrial?

PMMA é uma abreviação para Polimetilmetacrilato, que é uma substância sintética de polímero termoplástico que é comumente referida como “silicone industrial”. No entanto, é importante notar que o PMMA não é tecnicamente um silicone, mas sim um tipo de plástico acrílico utilizado em procedimentos estéticos e cirúrgicos.

Para esclarecer melhor o assunto, a advogada especialista em direito médico e hospitalar Dra. Beatriz Guedes e o cirurgião plástico Dr. Hugo da Clínica Libria, abordam alguns pontos importantes sobre o PMMA, ou, silicone industrial, o silicone de grau médico e os riscos envolvidos no uso incorreto de substâncias em procedimentos estéticos e cirúrgicos.

O PMMA, ou polimetilmetacrilato, é uma substância plástica na forma de microesferas que normalmente é indicada para corrigir pequenas deformidades ou a perda da gordura facial em pessoas com HIV, não sendo recomendada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para tratamentos estéticos.

O PMMA é aplicado em uma pequena região através de injeções no tecido subcutâneo, em camadas mais profundas da pele, preenchendo o volume e corrigindo pequenas deformidades.

Por que o silicone industrial (PMMA) é perigoso?

No Brasil, o PMMA para preenchimento subcutâneo precisa ser registrado na Anvisa, pois é um produto de uso em saúde da classe IV (máximo risco). De acordo com o órgão, há registros de produtos para essa finalidade há mais de 10 anos no Brasil. Entretanto, segundo o CFM (Conselho Federal de Medicina), quando usado em grandes quantidades, o PMMA não é seguro, tem resultados imprevisíveis a longo prazo e pode causar reações incuráveis, como inflamações, nódulos, necrose e até a morte.
“O silicone de grau médico é uma substância projetada especificamente para uso em procedimentos estéticos e cirúrgicos, é de segurança comprovada, é menos propenso a se deslocar para outras partes do corpo e é mais estável ao longo do tempo. O silicone de grau médico é aprovado pela ANVISA e é utilizado em procedimentos de implante mamário e glúteos, por exemplo, em que o silicone é colocado em uma prótese de silicone e inserido cirurgicamente nos seios.” Destaca o cirurgião plástico da Clínica Libria.

Quais os cuidados que devem ser tomados antes de realizar um procedimento estético ou cirúrgico?

A advogada Dra. Beatriz Guedes ressalta que antes de realizar um procedimento estético ou cirúrgico, é fundamental buscar informações confiáveis e profissionais qualificados. É importante escolher um médico especializado em cirurgia plástica e que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), que é a única entidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) para certificar cirurgiões plásticos no Brasil.

Além disso, é importante que o procedimento seja realizado em locais apropriados, seguindo as normas de segurança e higiene. É fundamental que os pacientes sejam informados sobre os riscos e as possíveis complicações envolvidas no procedimento, bem como sobre as opções de tratamento disponíveis em caso de complicações.” Enfatiza a Dra. Beatriz Guedes.

Quais os cuidados que devem ser tomados após um procedimento estético ou cirúrgico

Após um procedimento estético ou cirúrgico, é importante seguir as orientações médicas e tomar os medicamentos prescritos rigorosamente. É fundamental manter a higiene adequada do local da cirurgia e evitar atividades físicas intensas ou exposição ao sol durante o período de recuperação.

É importante também atentar-se a qualquer sinal de infecção, como vermelhidão, inchaço, dor ou febre, e comunicar imediatamente ao médico caso ocorra algum desses sintomas.

LEIA TAMBÉM: 

“É necessário que as pessoas busquem informações confiáveis e profissionais qualificados antes de realizar qualquer procedimento estético. É fundamental que os pacientes estejam cientes dos riscos envolvidos em qualquer procedimento estético ou cirúrgico e sigam as orientações médicas rigorosamente durante todo o processo, desde a escolha do profissional até o período pós-operatório. A segurança e a saúde devem sempre ser a prioridade em qualquer procedimento médico.” Finaliza o cirurgião da Clínica Libria.

Compartilhe

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notícias Relacionadas

Festa do Peão de Barretos: sábado, 24 de agosto, será marcado pelos shows de Chitãozinho & Xororó e Cody Johnson

Ícones da música sertaneja, Chitãozinho e Xororó estão confirmados na programação da...

Quilos Mortais Brasil estreia dia 9 de maio na Max

Após 12 temporadas, que acompanharam mais de 130 pacientes, uma das séries...

Nizam, ex-BBB 24 e atual namorado de Letícia Spiller, abre perfil na Privacy

Nizam, o quarto participante a deixar a casa do Big Brother Brasil...