Salve-se Quem Puder: Marlene se converte ao passado devasso e vira funkeira

Publicidade

Marlene (Marianna Armellini) acabará retornando ao seu passado imoral e virará uma adepta ousada de funk em Salve-se Quem Puder (Globo), além disso ela terminará o folhetim namorando Nanico (Babu Santana), a irmã gêmea de Verônica (Marianna Armellini) chegará ao casamento de Alexia (Deborah Secco)Zezinho (João Baldasserini) curtindo um pancadão nas alturas com um microvestido.

O filho de Ermelinda (Grace Gianoukas) estará esperando a noiva nervoso na porta da igreja ao lado de Mário (Murilo Rosa), “Nem a mãe chegou ainda! Pode isso?”, questionará o caipira, “Se acalma, rapaz, tá cedo. Cê viu quantos fotógrafos tem aí? Isso é que dá casar com uma atriz da Globo”, comentará o pai de Luna (Juliana Paiva), neste momento um táxi estacionará e a sitiante sairá do veículo toda produzida. Tempos depois um carro chegará tocando funk no último volume, “Má precisa do som nessa altura?”, dirá a mãe do noivo, com isso os convidados irão ver Marlene saindo do automóvel com um vestido curto e todo colado no corpo, “Cê tá linda, minha tchutchuca!”, elogiará Nanico.

“Brigada, tigrão! Eu tenho certeza que eu vou estar mais bonita e sexy do que a noiva!”, falará a periguete, a prima boa de Bruno (Marcos Pitombo) terminará a novela resgatando de vez o seu passado devasso, comportamento reprimido por sua madrinha, Dulce (Marilu Bueno), a católica fervorosa a ameaçará por medo de a afilhada “queimar na panela do inferno”.

SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

Notícias Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Instagram

Você não pode copiar o conteúdo desta página