Ator de Rebelde Netflix confessa que odeia RBD e fez a série só por dinheiro “Eu odeio RBD, essa é a realidade”

Publicidade

Poucos dias após o lançamento da continuação oficial de Rebelde (2004), Sergio Mayer Mori filho de Bárbara Mori a protagonista da icônica “Rubi”, confessou que não está nada impressionado com nenhuma questão que tenha a ver com a série Netflix, pois apesar de estar grato pela oportunidade, a realidade é que ele só aceitou participar para ganhar dinheiro e assim pagar as despesas de sua filha Mila.

“Não sentir nenhuma sensação com o uniforme. No começo eu estava nervoso, mas com a ajuda dos meus colegas comecei a ganhar confiança […] A estreia não me causou nervosismo, mas uma pena que o planeta inteiro me veja agir do jeito que ajo”, disse.

O também cantor está mais uma vez no meio de uma grande polêmica pelo que mencionou sobre o novo projeto musical que a plataforma de streaming Netflix considerou um de seus produtos com maior orçamento no México. Em entrevista para a revista Quien, Sergio Mayer Mori, garantiu que não ficou impressionado com o trabalho que fez, nem criou expectativas de sucesso:

Vou ser cem por cento honesto com você. Não quero parecer indiferente nem nada, mas não estou impressionado com nenhuma questão que tenha a ver com a série. Com muito prazer e com muita gratidão fiz o que tinha que fazer, fiz meu trabalho de ator e tudo mais, mas fora isso, não há impressão ou expectativa de nada porque minhas prioridades são outras ”, declarou.

Leia também:

O filho de Bárbara Mori e Sergio Mayer assegurou que, embora a experiência de gravar as séries curtas foi bom, sua carreira como solista é mais importante: “Foi uma experiência incrível, mas estou mais preocupado com o que vai acontecer com meu álbum, já que ele vai começar com a série e com meus projetos pessoais”.

O ator também citou alguns dos motivos pelos quais foi incentivado a fazer o casting e entrar em um projeto musical baseado nas músicas do RBD, mesmo não tendo um bom passado com a lendária banda pop mexicana:

Quando fiquei (em Rebelde ), senti-me muito agradecido por me terem dado a oportunidade, independentemente do nome do projeto, o importante é que tenho um emprego e que graças a isso consegui pagar a escola da minha filha, pude dar-lhe a festa dela e tudo o que procurava”, referiu o ator que dá vida a Esteban Torres, o protagonista masculino da nova versão de Rebelde.

Não é a primeira vez que o cantor mostra sua indiferença em relação ao projeto ou temas relacionados, apesar de já ter protagonizado. Sérgio Mori confessou meses atrá que ele odiava o RBD e só cantou as canções por causa do contrato: “Pedem muitas [músicas] do RBD e eu vou te dizer uma coisa: Sim estou no projeto [do novo “Rebelde”], sim estou no RBD, sim tenho que cantá-las [as músicas do RBD], porque eu tenho que cantá-las por contrato, mas odeio RBD, essa é a realidade. Não gosto das músicas”, afirmou o jovem em live no Instagram.

Depois disso o ator mencionou que não era a maneira correta de expressar suas idéias e, embora tenha se desculpado, ele deixou claro que não está em guerra com Rebelde ou RBD: “Pelo contrário, era uma maneira muito errada de expressar minha mente. Só me arrependo de ter falado assim, foi um erro, mas nunca estive em guerra com Rebelde ”, concluiu.

SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

Leia Também:

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

DESTAQUES:

Você não pode copiar o conteúdo desta página