Compartilhe

Nos próximos capítulos da Êta Mundo Bom (Rede Globo), Cunegundes (Elizabeth Savalla) não se conformará com ideia do casamento de Filó (Débora Nascimento) e Candinho (Sergio Guizé).

Continua após as recomendações

A mulher terá uma nova ideia para impedir que o casamento de Filó aconteça. Cunegundes irá até o quarto procurar um objeto. Quinzinho (Ary Fontoura) logo estranha o comportamento da esposa, toda contente ela explica o plano: “Meu Santo Expedito. É u Santo das carsa impossíver. Eu hei di pedir pra Filó nunca, jamais casar cum u Candinho”, revela.

Revoltado o caipira exige que a mulher deixe a filha viver em paz, Cunegundes continuará insistindo que Filomena pode arranjar marido melhor. Eponina (Rosi Campos) interrompe a conversa dos dois, entra no quarto e conta que escondeu o santo até o dia do casamento. Boca de fogo exigirá que o marido resolva a situação, mas será surpreendida quando Quinzinho manda a irmã deixar o santo guardado. A mulher ficará sem entender nada: “Quinzinho, isso é jeito di resorver as situação?”, perguntará. O personagem de Ary Fontoura não se preocupa nenhum pouco e ainda chamará a mulher pelo apelido que ela odeia: “Era pra resorver. Resorvi, Boca di Fogo”

Leia Também:

Êta Mundo Bom’, escrita por Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo, com colaboração de Daniel Berlinsky. A novela, foi exibida originalmente às 18h em 2016, foi um grande sucesso em audiência para Rede Globo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO