Gostou? Compartilhe

Juan Soler Valls-Quiroga nasceu em São Miguel de Tucuman em 19 de janeiro de 1966, é um ator, modelo e jogador de rugby argentino. Foi casado com a atriz argentina Maki, com quem teve duas filhas: Mía e Azul. O ator também tem outra filha, Valentina fruto de outro relacionamento. Atualmente Juan pode ser visto em Quando Me Apaixono como Jerônimo nas novelas da Tarde do SBT.

Ele começou a carreira como modelo no fim da década de 1980. Logo vieram os trabalhos como ator. No início da década de 1990 Soler começou a atuar no teatro infantil, e então resolveu ir para o México onde logo foram surgindo vários trabalhos. Fez uma pequena participação na novela “Bajo un mismo rostro”, em 1995. Ainda nesse ano atuou em “Acapulco, cuerpo y alma”. Em 1996 recebeu seu primeiro grande papel na novela “Cañaveral de pasiones”, em que interpretou o protagonista Paulo (existe uma versão brasileira, Canavial de Paixões, exibida pelo SBT, Paulo foi interpretado por Gustavo Haddad). Com essa novela Juan ganhou notoriedade e recebeu um prêmio de melhor ator da revista TV y Novelas.

No ano seguinte atuou ao lado de Verónica Castro em “Pueblo chico, infierno Grande”. Satisfeito com o trabalho de Juan, o produtor da novela o convidou para atuar em Ángela ao lado de Angélica Rivera. A Partir daí Juan foi ganhando mais ainda conhecimento do público e dos maiores diretores de novelas, onde ganhou novamente o prêmio de melhor ator da revista TV y Novelas. O Galã pode ser visto no Brasil também na novela “A feia Mais Bela” quando entrou na segunda fase da novela no papel de Aldo Domenzaín, um charmoso chef de cozinha que vai disputar o amor da protagonista Letícia (Angélica Vale) com Fernando Mendiola (Jaime Camil).

Em 2012 Juan foi capa da revista People em Espanhol, que o elegeu uma dos 50 homens latinos mais lindos do mundo. Juan leva uma vida tranquila, longe das badalações e escândalos do mundo da fama. Como falamos no início, ele tem três filhas: Valentina, do primeiro casamento, e outras duas, (Mía e Azul), de seu casamento com a atriz, também argentina, Maki. Em 2003 o casamento de Juan e Maki foi muito diferente. Ele chegou de moto à cerimônia e a noiva usava vestido amarelo. Os dois partiram na mesma moto para a lua-de-mel. O casamento durou até 2018 onde se separaram.

Suas recentementes participações em novelas foram em Rubí como Heitor Férrer (pai) e o ator foi confirmado para “La mexicana y el güero” que estreia este mês na televisa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.