More

    Se inteire e conheça melhor Matí, a onça da qual Juma se transforma em Pantanal

    Sem dúvidas alguma, um dos segmentos mais aguardados por parte dos telespectadores da novela Pantanal (Globo) é o momento em que Maria Marruá (Juliana Paes)Juma viram a temida onça-pintada, dentro da segunda parte da novela, o mesmo ocorre com Juma, sua filha, para as cenas, a produção da trama selecionou a onça Matí, que é devidamente cuidada pelo Instituto NEX, em Goiás.

    A temida onça Matí está instalada em Corumbá de Goiás, na região central do estado, no Instituto NEX, uma associação sem fins lucrativos que mantém um Criadouro Científico para Fins de Conservação. A iniciativa já atua há mais de 20 anos com conservação de animais silvestres que não tem condições de serem devidamente devolvidos para a natureza.

    Matí é uma onça fêmea, de 35 anos de idade. O animal foi escolhido por ser calmo e estar bastante acostumada com a presença de pessoas onde ela se situa, o felino foi prontamente deslocado para o set de gravação, no meio do Pantanal, e foi preciso todo um planejamento especial para que absolutamente tudo ocorresse como planejado no decorrer dos seis dias em que as cenas seriam gravadas.

    Foto: Gabriel Choim, NEX

    Leia Mais: Irma se encanta por José Leôncio e desperta a fúria de Madeleine em Pantanal

    Vale ressaltar que poucos profissionais foram selecionados para a gravação, incluindo a participação de dois veterinários e uma bióloga na equipe. Ainda teve diversos intervalos para Matí relaxar, monitoramento da área para impedir a aproximação de outros bichos, ainda por cima muito silêncio e água para o animal se hidratar.

    SIGA O ATITUDE E VISÃO NAS REDES SOCIAIS

    Leia Também:

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    DESTAQUES:

    Você não pode copiar o conteúdo desta página