sábado , 22 junho 2024
Ínicio Notícias Terra e Paixão: Aline é declarada dona das terras em audiência
NotíciasNovelasRede Globo

Terra e Paixão: Aline é declarada dona das terras em audiência

101

A disputa por terras com diamantes entre Irene (Gloria Pires) e Aline (Barbara Reis) em “Terra e Paixão” chegará ao fim nos próximos capítulos da novela.

Em audiência, Caio (Cauã Reymond) acusará o pai, Antônio La Selva (Tony Ramos), de cobiça desmedida e de ser responsável pela perda da mulher que ele ama.

Por culpa da cobiça desmesurada do Antônio La Selva (Tony Ramos), que por acaso é meu pai, eu acabei perdendo a mulher que é o amor da minha vida”, dirá Caio. “Meritíssima Juíza, todo mundo aqui sabe que a Aline nunca quis vender as terras dela e que o meu pai sempre quis comprar. A Irene deu esse golpe na Aline só pra dar esse presente pra ele! O meu pai e a mulher dele são capazes de tudo pra conseguir o que querem. E, como eles têm poder e dinheiro, passam por cima de todo mundo.

Antônio, por sua vez, tentará justificar a compra das terras, dizendo que elas eram um presente de aniversário de casamento para Irene: “A Irene comprou essas terras pra mim, como presente pelo nosso aniversário de casamento”, dirá Antônio. “O meu pai deixou essa propriedade pro ex-marido da viúva. Mas eu nunca me conformei com isso. Essa transação foi totalmente ilegal!”.

O advogado de Antônio, no entanto, o aconselhará a voltar ao assunto inicial, para não complicar a situação. “Desculpe se falei demais, senhora… Meritíssima“, dirá Antônio. “Sobre as terras da viúva, eu quero deixar bem claro que, se isso se transformou numa guerra, foi por culpa dela e de mais ninguém. Desde que ela se atravessou no meu caminho, é crise em cima de crise. Por causa dela, os meus dois filhos viraram inimigos, e um deles está morto! Quem devia estar sendo acusada aqui é ela, a responsável por todas as desgraças nas nossas vidas!”.

A juíza, por fim, decidirá a favor de Aline, determinando que Irene e Vinícius Carvana (Paulo Rocha) se abstenham de ingressar ou explorar, por si ou por terceiros, as terras de propriedade da viúva.

“Diante dos elementos colhidos nesta audiência, que reforçam a ideia de que a senhora Aline Machado foi vítima de uma empreitada criminosa, eu acolho o pedido formulado pela assistente de acusação e determino que os dois acusados, dona Irene La Selva e senhor Vinícius Carvana, se abstenham de ingressar ou explorar, por si ou por terceiros, as terras de propriedade da senhora Aline, que poderá retornar à posse que detinha antes da fraude identificada neste processo“, dirá a juíza. “Eu declaro encerrada a sessão. Boa tarde a todos”.

Com a decisão da juíza, Aline poderá finalmente retomar sua vida e administrar as terras que sempre foram dela.

Compartilhar: