Chaves pode entrar para o catálogo da Netflix

0

No último dia 31 de julho, foi noticiado que os seriados Chaves, Chapolin e Chespirito deixariam de ser exibidos em todas as emissoras de televisão ao redor do mundo, incluindo o SBT que transmitia as obras de Roberto Gomez Bolaños há 36 anos. Segundo a assessoria de imprensa do canal, a decisão se deu devido um desentendimento entre a Televisa e o Grupo Chespirito, que é dona dos direitos autorais das atrações.

A notícia pegou os fãs de surpresa e surgiu o questionamento: qual será o futuro do menino do barril? Uma das respostas para essa pergunta foi respondida recentemente por Flávio Ricco, colunista do Portal R7. Ele publicou em sua coluna que Roberto Gomez Fernandez (filho de Bolaños), estaria negociando a transmissão dos trabalhos de seu pai com a Netflix.

A empresa de streaming mais importante da atualidade tem dado cada vez mais espaço para conteúdos latinos. Elite, La Casa de Papel, O Último Dragão, A Casa dos Flores e o recente sucesso Desejo Sombrio são só alguns dos títulos hispânicos que se destacam entre os assinantes da plataforma.

Leia Também:

Consciente do sucesso e da influência de Chaves entre crianças, jovens e adultos, a Netflix estaria disposta a fechar um acordo milionário com os administradores do espólio do comediante, que faleceu em 2014. Mas até o momento, nenhuma das partes se pronunciaram sobre o assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.