Logo - A Escrava Mãe

Escrava Mãe é considerada uma das “obras primas” da teledramaturgia da Record TV. Escrita por Gustavo Reiz, o folhetim foi exibido pela primeira vez entre maio de 2016 e janeiro de 2017. Foi também um marco na parceria da Record TV com a produtora Casablanca, que entregou a primeira a novela brasileira em 4K e hoje faz sucesso na Netflix, com todos os seus 159 capítulos na íntegra.

Continua após as recomendações

RecordTV – 15h15
Estreia: 18 de agosto 2020

A novela é um spin-off do clássico A Escrava Isaura, romance de Bernardo Guimarães publicado em 1875, e se propõe a contar a história de Juliana, mãe de Isaura.

Conta com Gabriela Moreyra, Pedro Carvalho, Thaís Fersoza, Fernando Pavão Milena Toscano, Léo Rosa, Lidi Lisboa e Roberta Gualda nos papéis principais.

RESUMOS DOS PRÓXIMOS CAPITULOS:

Segunda, 01 de março

Juliana encontra Catarina e as duas se abraçam. Catarina diz à Juliana que está preocupada com Esméria em seu desespero de livrá-la. Juliana promete conversar com Esméria e acalmá-la. Osório chega e diz que assim como Catarina, Juliana também irá trabalhar, as duas se despendem. Juliana vai para a moenda. Quintiliano está irritado diante de Guilherme que argumenta que colocar o verdureiro Nestor na Câmara não é a solução. Guilherme assegura que outros setores da sociedade terão alguma representatividade pela primeira vez. Rosalinda não quer conversar com Loreto, pois sabe que ele vai mais uma vez se desvencilhar em não querer assumi-la. Loreto diz que não vai desistir de Rosalinda e a segura bem próximo de si.

Rosalinda pede a Loreto um filho e ele teme que ela não aguente a gravidez. Rosalinda diz a Loreto que assume os riscos. Teresa está sentada com um livro no colo. Leôncio ao seu lado, disperso. Almeida um pouco mais afastado, lendo algo. Leôncio pede a Almeida que deixe Juliana o levar para a floresta. Osório vai até o solar e diz a Esméria que quer falar com Viriato. Esméria diz que ele não está e que já deu todas as explicações para o coronel. Um lote de escravos é levado pela mata para uma fazenda da região. De repente eles param de frente com o Cavaleiro da Mancha. Uma luta se inicia e o Cavaleiro da Mancha luta com o homem que conduz os escravos. Rapidamente o Cavaleiro se livra dos golpes de facão e pega a chave e abre os cadeados, para surpresa dos escravos. Alguns instantes e Loreto aponta uma arma para a cabeça do Cavaleiro da Mancha. Em um descuido, o Cavaleiro da Mancha consegue fugir e começa uma perseguição. Loreto dispara a arma, mas não acerta o Cavaleiro. Juliana procura seu baú com as cartas de Miguel e Maria Isabel aparece com as cartas na mão. Juliana fica atônita diante de Maria Isabel que a encara ofendida.

Maria Isabel diz à Juliana que sua ilusão é um castigo, e que apenas está tentando lhe poupar do pior. Juliana desafia Maria Isabel e diz que ela pode fazer o que quiser com ela que mesmo assim não mandará em seu coração e que ela não vai desistir de Miguel. Maria Isabel está pasma diante de Juliana, ela desdenha e pega uma das cartas de Miguel e lê em voz alta. Maria Isabel silencia por alguns instantes, até que volta a encarar Juliana. Na mata, Loreto persegue o Cavaleiro da Mancha até que o captura. Loreto tenta tirar a máscara do Cavaleiro, que se desvencilha rapidamente e foge. Tia Joaquina chega e vê Juliana impedindo Maria Isabel de levar as cartas. Maria Isabel acusa Juliana de manter contato com Miguel. Juliana pede que Maria Isabel devolva as cartas. Juliana enfrenta Maria Isabel e Tia Joaquina a repreende dizendo que Juliana não deve responder nem provocar Maria Isabel. Juliana diz que não vai mais baixar a cabeça e tampouco abrir mão do amor de Miguel. Beatrice está dormindo, com a janela aberta. Alguns instantes e Tito Pardo entra. Ele admira Beatrice, cuidadoso. Tito Pardo fecha a janela e cobre Beatrice, olhando-a com carinho. Na perseguição pela mata, Loreto cai em uma armadilha e fica pendurado de cabeça para baixo.

Terça, 02 de março

O Capitão do Mato chega e se surpreende ao ver Loreto ali. Ele diz a Loreto que Almeida o pagou para caçar o Cavaleiro da Mancha e tinha colocado uma armadilha. Loreto diz para tirá-lo dali imediatamente. Juliana está se arrumando para ir para a lida no canavial e Tia Joaquina aparece com umas roupas limpas e novas e diz para ela se trocar. Tia Joaquina explica à Juliana que Almeida deu ordem para ela cuidar de Leôncio, e por isso deve se arrumar melhor, porque ela irá voltar à casa-grande. Juliana assente e pega as roupas. A vila está sendo enfeitada para a festividade. Bandeirinhas, panos coloridos e arranjos de flores nas janelas, algumas escravas já vendem limões, doces e enfeites. Em assembleia na Câmara, Almeida tenta impedir que a festa aconteça causando euforia entre Dr. Pacheco, Quintiliano e Loreto. Zé Leão entrega uma nova fragrância à Urraca que fica descontrolada com o cheiro. Ela briga com Zé Leão e joga um pote com um líquido colorido no rosto de Zé Leão, que fica embasbacado. Rosalinda está surpresa diante de Dália que diz que não haverá folia, que a festa foi proibida pelo comendador Almeida.

No canavial, Tito Pardo surpreende Catarina jogando veneno na plantação. Juliana se apresenta à Teresa para ensinar Leôncio e volta para buscar alguns livros que trouxe durante a viagem. Kamau prepara o material para a primeira aula de música de Leôncio. Teresa está ao lado. Leôncio não se interessa pela aula e quer ir para a mata. Kamau convence Leôncio e ele se interessa pela flauta de Kamau. Maria Isabel aparece e elogia a música e diz que a casa precisava de um bom som. Teresa e Beatrice se surpreendem ao notar que Maria Isabel está bonita, bem vestida, com roupas coloridas. Leôncio aponta para ela e ri. Tito Pardo diz a Catarina que o que ela fez é errado e Catarina explica que foi o único jeito para conseguir sua liberdade, pois contaminando a plantação, o comendador precisaria de dinheiro para recuperar a tragédia e a venderia para Esméria. Filipa está animada diante de Guilherme e o elogia pelo trabalho que está fazendo com ela. Juliana está saindo, quando Tito Pardo surge correndo com Catarina nos braços e diz que ela desmaiou no canavial. Juliana entra na sala correndo e avisa que Catarina está desmaiada. Kamau se oferece para ajudar e corre para a casa de Tia Joaquina. Juliana vai atrás.

Kamau passa álcool para Catarina cheirar e ela vai retomando a consciência. Juliana se apresenta a Kamau que fica surpreso. Catarina aos poucos recobra a consciência e desperta ainda zonza. Kamau volta para continuar a aula de Leôncio e Juliana questiona Kamau por ter falado o nome de sua mãe enquanto recuperava Catarina. Kamau diz que deve ser um engano e Juliana interrompe e pede pra Kamau dizer quem realmente ele é. Juliana encara Kamau e diz que aguarda uma resposta. Kamau diz que conheceu Luena, a mãe de Juliana, e que a amou muito. Kamau diz que procurou por Juliana por muitos anos. Ele diz que sabe que não é seu pai por causa da cor, mas que sempre a amou quando estava na barriga da mãe. Eles se abraçam. Sapião vê a cena e se emociona. Almeida diz para Leôncio que não terá mais festividade. Tia Joaquina tenta acalmar Catarina. Kamau diz para Juliana e Sapião que os dias de escravidão deles estão acabando. Neste momento Osório aparece. Esméria tenta avisar Kamau que estão atrás dele. Osório pergunta o que está acontecendo e Juliana diz que Tito Pardo foi até lá para pedir ajuda com Catarina que desmaiou no canavial. Osório diz que precisa de um herói para acompanhá-lo até o gabinete.

Violeta diz para Tomás pensar no assunto de adotar uma criança. Logo em seguida ela avista Dorinha perto de uma árvore comendo uma fruta. Violeta se aproxima da menina que, muito fraca, fecha seus olhos. Violeta grita por Tomás. Almeida, Loreto e Osório pressionam Kamau a dizer onde ele estava na noite anterior. Ele diz que estava no Mirante das Lágrimas. Almeida diz para Kamau que esta desconfiança foi necessária para encontrarem o Cavaleiro da Mancha. Kamau diz que fica mais tranquilo por não ser nada pessoal. Almeida pede que Osório continue no encalço de Kamau. Kamau encontra com Sapião e pede para avisar Juliana que vai voltar. Violeta leva Dorinha para dentro da fazenda e lhe dá comida com a ajuda de Bá Teixeira, Tomás, Filipa e Genésio. Dorinha diz que não tem pais e Violeta olha para Tomás. Violeta diz que poderiam adotá-la, mas Tomás fica confuso. Nestor, Charles e Guilherme discordam da atitude de Almeida em cancelar a festividade. Almeida observa Juliana contando história para Leôncio. Leôncio dorme no colo de Juliana. Almeida faz um carinho no rosto de Juliana e diz que nesta noite ela será dele. Juliana se assusta. Nada acontece. Juliana conta para Tia Joaquina o que Almeida lhe falou. Catarina pede que Tito Pardo não a entregue. Tito Pardo diz que não teria coragem de fazer isto.

Quarta, 03 de março

Esméria pergunta para Kamau de Catarina. Ele diz que ela apenas se sentiu mal. Esméria pergunta se Kamau é o Cavaleiro da Mancha e ele se assusta. No dia seguinte, Loreto vê uma faixa pendurada escrito “Kurimbukisa” e se assusta. Juliana anda na mata e se encontra com Kamau. Tomás conversa com Charles e Nestor sobre Dorinha. Loreto mostra para Nestor um papel com a palavra que estava escrita na faixa e pergunta se alguém sabe o que significa. Quintiliano diz para Filipa se arrumar porque um pretendente virá lhe fazer uma visita. Dr. Pacheco diz para Almeida que a saúde de Catarina está bastante comprometida. Almeida diz que vai vendê-la antes que ela morra em suas mãos. Dr. Pacheco sugere que negocie com Esméria, mas Almeida não aceita. Catarina conversa com Esméria e diz que está disposta a procurar o Cavaleiro da Mancha para sair de lá. Kamau diz para Juliana que tem um plano de fuga para ela, e que não vai permitir que volte a se relacionar com Miguel. Juliana fica chocada. Maria Isabel, que estava escondida atrás de uma árvore, observava a conversa entre Juliana e Kamau. Juliana está espantada diante de Kamau que pede que Juliana prometa nunca mais se envolver com Miguel. Kamau argumenta que o pai de Miguel trouxe ele e sua mãe da África e que ela não sabe de tudo. Juliana diz que Miguel não tem culpa e se afasta de Kamau, que fica atordoado.

Esméria está eufórica com a notícia dada por Catarina sobre um plano de fuga. Juliana comenta com Tia Joaquina que Kamau não pode chegar de repente e ordenar que ela esqueça Miguel. Tia Joaquina orienta Juliana a confiar em Kamau. Maria Isabel conversa com Teresa e se interessa para que Kamau continue a ensinar Leôncio e tê-lo por perto. Teresa desconfia do interesse de Maria Isabel. Filipa conversa com Quintiliano e mostra alguns documentos. Quintiliano se aborrece com Filipa e diz que ela não pode chantageá-lo com um casamento arranjado por ele em troca de liberdade de escravos. Filipa diz que não queria aborrecê-lo, mas que era uma boa alternativa para acabar com o comércio de escravos. Quintiliano encerra o assunto e pede que ela se arrume para receber seu futuro marido. Dr. Pacheco visita Urraca para consultá-la e ela se insinua para ele e diz que não quer apenas seus receituários. Urraca se estica toda para ser beijada e derruba uma prataria. Dr. Pacheco tenta fugir, mas Urraca o cerca. Dr. Pacheco diz à Urraca que não pode correspondê-la pois já está comprometido com outra dama. Urraca se espanta. Loreto pede à Rosalinda que mantenha Viriato, (Kamau), na jardineira a noite toda, pois Almeida está desconfiado que ele seja o Cavaleiro da Mancha e proibiu de ensinar o filho. Se durante a noite o Cavaleiro da Mancha voltar a aparecer ficará provado que Viriato não tem culpa de nada.

Quinta, 04 de março

Rosalinda compadece de Loreto. Guilherme parece inconformado diante de uma agitada Esméria que não quer apoiar a loucura de fugir com Catarina. Kamau caminha na Vila, em direção a pensão. Osório surge atrás dele. Osório quer saber quem colocou a placa na câmara com os dizeres africanos. Kamau diz que não sabe e que é homem livre. Rosalinda parece um pouco tensa diante da presença de Kamau na pensão. Rosalinda diz que pode contratá-lo, mas pergunta se ele já pode começar naquela noite. Filipa está surpresa diante de Quintiliano e Dr. Pacheco que é apresentado como futuro marido, todos um pouco constrangidos. Juliana carrega uma cesta, sendo puxada por Leôncio e Almeida vindo logo atrás. Leôncio diz que eles precisam ir e achar a menina. Juliana procura disfarçar a tensão e faz um carinho em Leôncio. Beatrice está bastante nervosa diante de Teresa e diz que Dr. Pacheco tentou envenená-la. Kamau próximo de Esméria, enxuga algumas lágrimas e diz que terá que desistir da fuga por causa do problema de saúde de Catarina. Quintiliano está sem graça diante de Dr. Pacheco e pede paciência com Filipa. Filipa revela a Violeta que vai ser difícil se livrar de Dr. Pacheco, sendo ele muito amigo de Quintiliano. A noite está animada na pensão da Jardineira. Rosalinda recebe todos os senhores e Kamau está ali arrumado, perto do palco. Almeida chega e surpreende Rosalinda que não o esperava.

Quintiliano chega também e Rosalinda pede que todos se acomodem. Osório e o Capitão do Mato estão em um local afastado com alguns escravos antes de começar o leilão de escravos. Esméria está escondida e observa tudo. Kamau toca flauta, enquanto alguns senhores conversam. Eles trocam papéis, uns fazem negócios e apertam as mãos. Kamau tenta conter sua ira enquanto toca. Almeida, Quintiliano e os senhores riem e fazem brindes. Osório entra na Câmara com uma pessoa encapuzada, empurrando e enforcando com a corrente. Loreto reage, espantado. Osório diz que capturou o Cavaleiro da Mancha. Juliana está espantada diante de Maria Isabel que alega que ela ficará na fazenda enquanto Teresa viaja. Esméria diz a Kamau que precisa ir a Câmara para ajudar o Cavaleiro da Mancha. Almeida e Quintiliano chegam na Câmara para ver o Cavaleiro da Mancha. Quintiliano se detém, chocado com o que vê. Guilherme está ali, algemado, ainda com sua roupa de Cavaleiro, sem a máscara, detido por Loreto e alguns soldados. Almeida acusa Guilherme de agir como Cavaleiro para beneficiar Quintiliano com a venda de escravos. Violeta está agitada diante de Tomás e diz que Osório capturou o Cavaleiro da Mancha durante a madrugada e que seu pai está na Câmara. Tomás se levanta e corre para a Câmara. Almeida diz que o bandido tem que ser castigado em praça pública. Quintiliano interrompe e diz que Guilherme é uma pessoa de qualidade e que não pode ser punido de tal forma.

Sexta, 05 de março

Guilherme pede para falar a sós com Loreto. Guilherme diz que não é o verdadeiro Cavaleiro da Mancha e que Loreto precisa acreditar nele. Guilherme revela que estava mascarado porque Esméria estava à procura do Cavaleiro na área do leilão de escravos, e que fez isso para impedi-la de um ato impensado. Genésio está diante de uns escravos acorrentados e enquanto ele fala, surge o Cavaleiro da Mancha por trás dele. Genésio diz ao Cavaleiro que não pode deixar levar os escravos do coronel e os dois iniciam uma luta. Filipa conversa com Bá Teixeira sobre seu casamento com Dr. Pacheco. Ela diz que nunca irá amá-lo. Guilherme se defende na Câmara diante de Loreto, Almeida e Quintiliano, quando de repente, Genésio adentra afobado, gritando e mostra a máscara que tem nas mãos. Ele diz que o Cavaleiro acabou de atacar novamente e libertou os escravos do coronel Quintiliano. Loreto pega a máscara e a reconhece e retira as algemas de Guilherme. Beatrice, Teresa, Sapião e Leôncio se despedem de Juliana. Almeida observa, assim como Maria Isabel. Alguns instantes e Quintiliano se aproxima. Almeida parte em direção a ele. Quintiliano diz que foi até lá a pedido de Beatrice. Ele pega a mão de Beatrice e a beija, comovido. Juliana vai arrumar o quarto de Beatrice. Almeida pede que Juliana coloque novos lençóis, flores e diz que ela dormirá no quarto enquanto Beatrice não voltar da capital. Maria Isabel vem de fora e avisa a Juliana que o inferno dela está só começando.

Resumo dos dias 08 a 12 de março

Segunda, 08 de março

Passados alguns dias, Kamau preocupado, diz a Tia Joaquina, Catarina e Tito Pardo que Juliana precisa fugir com ele, pois ela não vai conseguir lidar com os avanços de Almeida por muito mais tempo. Esméria está brava com Zé Leão que não consegue finalizar o antídoto para salvar Catarina. Maria Isabel tem aulas de música com Kamau quando Juliana surge na sala e o surpreende. Maria Isabel sai e Kamau e Juliana conversam. Juliana diz que Almeida está cada vez mais obcecado e que já dá sinais de que a violência irá voltar. Kamau diz à Juliana que chegou a hora. Ele pede que ela o encontre no Mirante das Lágrimas. Maria Isabel estava escondida, ouvindo tudo, satisfeita. Chega o dia do noivado de Filipa. Ela está com um lindo vestido. Bá Teixeira termina de abotoá-lo e diz que ela está linda e que ficará mais linda ainda quando estiver vestida de noiva. Filipa diz à Bá Teixeira que ela não a verá vestida de noiva para se casar com Dr. Pacheco. Filipa diz que precisa dar um jeito de fugir. Osório está aguardando, de olho na casa-grande enquanto limpa a sua arma. Kamau sai da casa-grande e olha em volta, sem ver Osório. Juliana está no Mirante das Lágrimas bastante emocionada. É quando Miguel chega por trás de Juliana e diz que ela não precisa mais chorar. Miguel e Juliana se abraçam emocionados e fazem declaração um para o outro. Osório segue atrás de Kamau sem que ele perceba. Tito Pardo pede para Kamau para tomar cuidado e o avisa que Osório está observando seus passos. Esméria revela para Zé Leão e Tozé que foi Maria Isabel quem matou seu próprio pai Custódio. Zé Leão disse que a pedido dela teve que encontrar um escravo para assumir a culpa pelo crime. Um homem que aceitou um valor para libertar sua família, mesmo que isto custasse sua própria vida. Miguel pede para Tia Joaquina a mão de Juliana em casamento. Ela aceita.

Maria Isabel tenta colocar Mina contra Juliana. Ela diz que Juliana fala mal dos outros escravos e que vai tomar o lugar de Mina para tomar conta de Leôncio. Filipa está muito triste se arrumando quando Guilherme entra no quarto. Ele diz que é apenas um noivado e que muita coisa ainda pode acontecer até o dia do casamento. Dr.Pacheco mostra para Quintiliano um termo de compromisso para formalizar o noivado com Filipa. Loreto faz serenata para Rosalinda. Miguel diz para Juliana que conheceu muita gente, inclusive pessoas do passado do comendador e que trouxe documentos que o comprometem em situações muito graves. São denúncias e provas que fazem com que Almeida conceda a liberdade de Juliana e de todos os escravos. Juliana diz para Miguel que não pode deixar uma pessoa para trás e revela que é Kamau, seu pai. Miguel diz que falará com Kamau e que fica feliz por Juliana ter encontrado o seu pai de coração. Miguel diz que vai pedir perdão a Kamau pelos atos desumanos cometidos pelo seu pai. Na Câmara Municipal, Almeida está diante de alguns populares liderados por Nestor. Rosalinda e Dália procuram por Dorinha. Filipa aparece na sala e Quintiliano assina o termo de compromisso. Genésio entra apressado na sala e logo atrás Urraca. Furiosa, Urraca diz que que metade da sociedade das senhoras distintas da Vila já foi cortejada por Dr. Pacheco. Urraca completa dizendo que Dr. Pacheco ainda obrigava as senhoras a emprestar dinheiro que perdia no jogo. Todos na sala ficam espantados. Nestor diz para todos na Câmara que está para acontecer um levante do povo. Neste momento, Almeida pede que o prendam por fomentar contra à Coroa. Dr. Pacheco diz que não tem mais nada a fazer já que o documento estava assinado. Filipa pega o documento das mãos de Dr. Pacheco e o rasga. Guilherme parece inconformado diante de uma agitada Esméria que não quer apoiar a loucura de fugir com Catarina. Kamau caminha na Vila, em direção a pensão. Osório surge atrás dele. Osório quer saber quem colocou a placa na câmara com os dizeres africanos. Kamau diz que não sabe de nada e que é homem livre. Rosalinda parece um pouco tensa diante da presença de Kamau na pensão. Rosalinda diz que pode contratá-lo, mas pergunta se ele já pode começar naquela noite. Filipa está surpresa diante de Quintiliano e Dr. Pacheco que é apresentado como futuro marido, todos um pouco constrangidos. Juliana carrega uma cesta, sendo puxada por Leôncio e Almeida vindo logo atrás. Leôncio diz que eles precisam ir e achar a menina. Juliana procura disfarçar a tensão e faz um carinho em Leôncio. Beatrice está bastante nervosa diante de Teresa e diz que Dr. Pacheco tentou envenená-la. Kamau próximo de Esméria, enxuga algumas lágrimas e diz que terá que desistir da fuga por causa do problema de saúde de Catarina. Quintiliano está sem graça diante de Dr. Pacheco e pede paciência com Filipa. Filipa revela a Violeta que vai ser difícil se livrar de Dr. Pacheco, sendo ele muito amigo de Quintiliano. A noite está animada na pensão da Jardineira. Rosalinda recebe todos os senhores e Kamau está ali arrumado, perto do palco. Almeida chega e surpreende Rosalinda que não o esperava. Quintiliano chega também e Rosalinda pede que todos se acomodem. Osório e o Capitão do Mato estão em um local afastado com alguns escravos antes de começar o leilão de escravos. Esméria está escondida e observa tudo. Kamau toca flauta, enquanto alguns senhores conversam. Eles trocam papéis, uns fazem negócios e apertam as mãos. Kamau tenta conter sua ira enquanto toca. Almeida, Quintiliano e os senhores riem e fazem brindes. Osório entra na Câmara com uma pessoa encapuzada, empurrando e enforcando com a corrente. Loreto reage, espantado. Osório diz que capturou o Cavaleiro da Mancha.

Terça, 09 de março

Juliana está espantada diante de Maria Isabel que alega que ela ficará na fazenda enquanto Teresa viaja. Esméria diz a Kamau que precisa ir a Câmara para ajudar o Cavaleiro da Mancha. Almeida e Quintiliano chegam na Câmara para ver o Cavaleiro da Mancha. Quintiliano se detém, chocado com o que vê. Guilherme está ali, algemado, ainda com sua roupa de Cavaleiro, sem a máscara, detido por Loreto e alguns soldados. Almeida acusa Guilherme de agir como Cavaleiro para beneficiar Quintiliano com a venda de escravos. Violeta está agitada diante de Tomás e diz que Osório capturou o Cavaleiro da Mancha durante a madrugada e que seu pai está na Câmara. Tomás se levanta e corre para a Câmara. Almeida diz que o bandido tem que ser castigado em praça pública. Quintiliano interrompe e diz que Guilherme é uma pessoa de qualidade e que não pode ser punido de tal forma. Guilherme pede para falar a sós com Loreto. Guilherme diz que não é o verdadeiro Cavaleiro da Mancha e que Loreto precisa acreditar nele. Guilherme revela que estava mascarado porque Esméria estava à procura do Cavaleiro na área do leilão de escravos, e que fez isso para impedi-la de um ato impensado. Genésio está diante de uns escravos acorrentados e enquanto ele fala, surge o Cavaleiro da Mancha por trás dele. Genésio diz ao Cavaleiro que não pode deixar levar os escravos do coronel e os dois iniciam uma luta.

Filipa conversa com Bá Teixeira sobre seu casamento com Dr. Pacheco. Ela diz que nunca irá amá-lo. Guilherme se defende na Câmara diante de Loreto, Almeida e Quintilliano, quando de repente, Genésio adentra afobado, gritando e mostra a máscara que tem nas mãos. Ele diz que o Cavaleiro acabou de atacar novamente e libertou os escravos do coronel Quintiliano. Loreto pega a máscara e a reconhece e retira as algemas de Guilherme. Beatrice, Teresa, Sapião e Leôncio se despedem de Juliana. Almeida observa, assim como Maria Isabel. Alguns instantes e Quintiliano se aproxima. Almeida parte em direção a ele. Quintiliano diz que foi até lá a pedido de Beatrice. Ele pega a mão de Beatrice e a beija, comovido. Juliana vai arrumar o quarto de Beatrice. Almeida pede que Juliana coloque novos lençóis, flores e diz que ela dormirá no quarto enquanto Beatrice não voltar da capital. Maria Isabel vem de fora e avisa a Juliana que o inferno dela está só começando. Passados alguns dias, Kamau preocupado, diz a Tia Joaquina, Catarina e Tito Pardo que Juliana precisa fugir com ele, pois ela não vai conseguir lidar com os avanços de Almeida por muito mais tempo. Esméria está brava com Zé Leão que não consegue finalizar o antídoto para salvar Catarina. Maria Isabel tem aulas de música com Kamau quando Juliana surge na sala e o surpreende. Maria Isabel sai e Kamau e Juliana conversam. Juliana diz que Almeida está cada vez mais obcecado e que já dá sinais de que a violência irá voltar. Kamau diz à Juliana que chegou a hora. Ele pede que ela o encontre no Mirante das Lágrimas. Maria Isabel estava escondida, ouvindo tudo, satisfeita. Chega o dia do noivado de Filipa. Ela está com um lindo vestido. Bá Teixeira termina de abotoá-lo e diz que ela está linda e que ficará mais linda ainda quando estiver vestida de noiva. Filipa diz à Bá Teixeira que ela não a verá vestida de noiva para se casar com Dr. Pacheco. Filipa diz que precisa dar um jeito de fugir. Osório está aguardando, de olho na casa-grande enquanto limpa a sua arma. Kamau sai da casa-grande e olha em volta, sem ver Osório. Juliana está no Mirante das Lágrimas bastante emocionada. É quando Miguel chega por trás de Juliana e diz que ela não precisa mais chorar.

Quarta, 10 de março

Miguel e Juliana se abraçam emocionados e fazem declaração um para o outro. Osório segue atrás de Kamau sem que ele perceba. Tito Pardo pede para Kamau para tomar cuidado e o avisa que Osório está observando seus passos. Esméria revela para Zé Leão e Tozé que foi Maria Isabel quem matou seu próprio pai Custódio. Zé Leão disse que a pedido dela teve que encontrar um escravo para assumir a culpa pelo crime. Um homem que aceitou um valor para libertar sua família, mesmo que isto custasse sua própria vida. Miguel pede para Tia Joaquina a mão de Juliana em casamento. Ela aceita. Maria Isabel tenta colocar Mina contra Juliana. Ela diz que Juliana fala mal dos outros escravos e que vai tomar o lugar de Mina para tomar conta de Leôncio. Filipa está muito triste se arrumando quando Guilherme entra no quarto. Ele diz que é apenas um noivado e que muita coisa ainda pode acontecer até o dia do casamento. Dr.Pacheco mostra para Quintiliano um termo de compromisso para formalizar o noivado com Filipa. Loreto faz serenata para Rosalinda. Miguel diz para Juliana que conheceu muita gente, inclusive pessoas do passado do comendador e que trouxe documentos que o comprometem em situações muito graves. São denúncias e provas que fazem com que Almeida conceda a liberdade de Juliana e de todos os escravos. Juliana diz para Miguel que não pode deixar uma pessoa para trás e revela que é Kamau, seu pai. Miguel diz que falará com Kamau e que fica feliz por Juliana ter encontrado o seu pai de coração. Miguel diz que vai pedir perdão a Kamau pelos atos desumanos cometidos pelo seu pai. Na Câmara Municipal, Almeida está diante de alguns populares liderados por Nestor. Rosalinda e Dália procuram por Dorinha. Filipa aparece na sala e Quintiliano assina o termo de compromisso. Genésio entra apressado na sala e logo atrás Urraca. Furiosa, Urraca diz que que metade da sociedade das senhoras distintas da Vila já foi cortejada por Dr. Pacheco. Urraca completa dizendo que Dr. Pacheco ainda obrigava as senhoras a emprestar dinheiro que perdia no jogo. Todos na sala ficam espantados. Nestor diz para todos na Câmara que está para acontecer um levante do povo. Neste momento, Almeida pede que o prendam por fomentar contra à Coroa. Dr. Pacheco diz que não tem mais nada a fazer já que o documento estava assinado. Filipa pega o documento das mãos de Dr. Pacheco e o rasga. Neste momento Átila entra na sala, diz que pode explicar tudo para Quintiliano e pede a mão de Filipa em casamento.

Miguel e Juliana chegam ao quilombo e são recebidos por Guiné que oferece proteção à Juliana. Miguel diz que vai atrás dos inimigos. Maria Isabel corre para abraçar Miguel que se afasta. Ela se declara, mas ele diz que só voltou por causa do amor que sente por Juliana. Miguel diz que precisa conversar com Almeida, que neste momento aparece na sala. Almeida se assusta com a presença de Miguel e avisa que se voltou para pedir em nome de uma certa escrava, perdeu seu tempo. Miguel avisa que trouxe documentos que comprovam que Almeida é bandido e terá de pagar por seus crimes. Átila diz para Filipa que continuará a busca por sua filha, mas ao lado da mulher que ama. Urraca diz para Dr. Pacheco não perder a oportunidade de se tornar um Barão e o empurra no sofá. Ela diz para Dr. Pacheco não resistir e ele fica espantado com a atitude dela. Nestor é preso e Belezinha e Irani vão falar com ele. Guilherme diz a Nestor que a justiça será feita. Miguel revela a Almeida que descobriu que ele falsificou o documento oficial e que não pode exercer a função de magistrado. Diz que Almeida deveria ter sido aprovado na Leitura de Bacharéis, em Lisboa, onde a Coroa ainda estava presente, mas ele não passou por nada disto. Almeida, com raiva, retira uma arma da gaveta, mas Miguel também pega uma arma de dentro da bolsa. Maria Isabel, com raiva, procura por Juliana e encontra uma carta de despedida. Tia Joaquina tenta tirar das mãos dela, mas Maria Isabel a enfrenta. Depois de ler a carta, Maria Isabel diz que foi melhor mesmo Juliana ter ido embora com seu pai. Miguel diz para Almeida que ele será punido não apenas por falsificar um documento oficial, mas também pelos desvios que fez durante as obras de construção da estrada, deixando de pagar o que devia ao Príncipe. Miguel dá um prazo para Almeida oficializar a liberdade de Juliana até o dia seguinte e sai. Almeida fica furioso. Maria Isabel vai atrás de Miguel pedindo perdão mas ele a ignora. Maria Isabel grita para Miguel dizendo que Juliana e ele jamais ficarão juntos. Miguel vai atrás de Kamau na casa de Esméria. Miguel pede perdão a Kamau pelo mal que seu pai o fez. Maria Isabel conta para Almeida que Kamau é pai de Juliana. Osório escuta e, com muita raiva, diz que sabia que o conhecia de algum lugar. Miguel diz para Kamau que tem planos com Juliana, mas precisa da permissão do pai para realizá-los. Maria Isabel, Almeida e Osório, muito nervosos, planejam alguma coisa contra Juliana, Miguel e Kamau. Maria Isabel revela que Kamau levou Juliana para um quilombo. Almeida manda matar todos os escravos do quilombo. Tia Joaquina vai ao quilombo e conta para Juliana que Maria Isabel já sabe de tudo. Tia Joaquina arruma Juliana para o casamento. Miguel se aproxima de Juliana e beija sua mão. De longe, uma pessoa observa tudo.

Quinta, 11 de março

Miguel e Juliana estão felizes, um diante do outro. Tia Joaquina se aproxima e Tito Pardo também está presente. Tia Joaquina aconselha que é hora deles selarem a união. É quando Kamau surge ali, tenso, dizendo que o casamento deles não pode acontecer, para espanto de todos. Esméria está nervosa diante de Osório e diz que não sabe onde está Viriato, (Kamau). Osório revela que sabe que ele é Kamau, o escravo que fugiu e Esméria tenta disfarçar a surpresa e mantém a mentira. Genésio chega e parte pra cima de Osório com ódio. Almeida está furioso diante de Urraca, procurando papéis em algumas pastas por ali. Ele diz a Urraca que Miguel voltou da África com provas contra ele. Urraca sugere que Almeida dê Juliana a Miguel para ficar livre de acusação. Almeida insiste que deve haver outra solução e que Urraca precisa lhe ajudar. Urraca se nega a ajudar Almeida e diz que não derramará uma gota de suor para ajudá-lo. Ela lembra que o pai dele pagou seus estudos em Coimbra e que, se ele falsificou, foi porque quis. Urraca lembra Almeida que só voltou ao solar, graças a Miguel. No quilombo, Kamau está nervoso diante de Miguel, Juliana, Tia Joaquina, Tito Pardo e quilombolas. Juliana se adianta e vai até ele, pedindo que não a impeça de se casar com Miguel. Juliana convence Kamau e pede que ele faça a cerimônia. Kamau se emociona e aceita. Genésio é ferido por Osório e Esméria o ajuda com o ferimento. Catarina dobra algumas mantas da casa-grande com dificuldade e Maria Isabel a chama. Maria Isabel diz que Catarina precisa ajudá-la a convencer Miguel quando voltar à tarde, dizendo que ela mudou e que, durante sua ausência, Juliana se entregou a Almeida, enquanto ela permaneceu esperando-o. Catarina não concorda e Maria Isabel dá uma tapa no rosto de Catarina. Kamau caminha de braços dados com Juliana, em direção a Miguel. Kamau entrega Juliana a Miguel e realiza a cerimônia deles. Juliana e Miguel se beijam e são aplaudidos por todos. Filipa e Átila tentam convencer Quintiliano a aceitar o casamento deles. Guilherme discursa aos populares. Tomás e Charles distribuem panfletos aos transeuntes. Irani e Belezinha por ali. Guilherme diz às pessoas que não podem aceitar que um homem honesto e honrado como Nestor continue preso. Petúnia chega e pede para ajudar na distribuição dos panfletos. Rosalinda conversa com Dália enquanto decora a pensão com flores e diz que vai perdoar Loreto. Miguel beija Juliana e se despede indo a caminho da Câmara. Kamau o alcança e pergunta se não quer que vá junto. Miguel aconselha Kamau ficar ao lado de Juliana, pois é impossível prever o que poderá acontecer. Miguel diz a Kamau que se até o final da tarde não voltar, é sinal que deu tudo errado. Almeida conduz uma charrete por uma estrada. Alguns instantes e Miguel surge na frente dele, a cavalo. Miguel já aponta uma arma para Almeida. Maria Isabel está ansiosa a espera de Miguel e anda de um lado ao outro pela sala. Batidas na porta, é Loreto. Maria Isabel fica decepcionada pensando que fosse Miguel. Loreto diz que precisava falar com Almeida, mas Maria Isabel diz que ele foi até a corte. Em seguida, vem Esméria dizendo que tem assuntos pendentes a tratar. Maria Isabel e Loreto se surpreendem com sua chegada súbita. Esméria diz cobrir qualquer oferta pela venda de Catarina. Juliana diz que falará com Almeida e fará o que for possível. Esméria ameaça e diz que Maria Isabel terá que fazer o impossível. Maria Isabel pede para Esméria ir embora. Quando Esméria vai sair, chega Miguel com uma arma apontada para Almeida e Loreto já se alarma.

Almeida e Miguel estão exaltados, diante de Loreto. Almeida grita e diz que não dará alforria e que os escravos pertencem a ele. Loreto repreende Miguel e diz que ele não pode tratar Almeida daquele jeito e pede para que o acompanhe. Miguel se recusa a acompanhá-lo e Almeida pede que Loreto expulse Miguel de uma vez por todas. Miguel retira documentos de dentro da bolsa e entrega a Loreto. Loreto prende Miguel e Almeida que ficam furiosos. Loreto diz que vai analisar os documentos e que no outro dia tomará uma atitude a respeito. Amanhece e Juliana está nervosa diante de Kamau que não tem notícias de Miguel. Kamau pede à Juliana que fique no quilombo enquanto ele vai até a Vila atrás de notícias. Guilherme, Tomás, Charles, Irani, Belezinha e Zé Leão estão com mais alguns populares diante de um falatório generalizado. Guilherme diz que a prisão de Nestor foi arbitrária e que ele já deveria estar solto. Zé Leão diz que ele merece um julgamento digno e que não sairão de lá sem ele. Loreto entra e pede respeito e ordem. Guilherme diz que enquanto a Câmara for comandada por um homem sem integridade, se referindo a Almeida, mas é interrompido por Loreto que diz que Almeida não será mais o presidente da Câmara. Irani pergunta sobre Nestor, e ele aparece livre e todos se surpreendem. Belezinha se joga nos braços de Nestor e todos a seguem nos cumprimentos e abraços. Loreto entra e já abre a cela de Almeida que olha para Miguel, vitorioso. Dois soldados já surgem e algemam Almeida. Loreto diz a Almeida que ele será levado imediatamente para a corte onde será julgado por representantes da Coroa.

Sexta, 12 de março

Catarina não aceita a comida que Osório tenta forçá-la a comer. Ela é acorrentada e fica desesperada. Osório tenta pegá-la a força. Kamau chega e manda que largue Catarina e diz que voltou para acabar com ele. Loreto encara Miguel ainda preso e diz que nada munda em relação a situação de Juliana, que ela é escrava e pertence ao comendador e que Miguel deve entregá-la ou também será condenado à morte. Maria Isabel entra, agitada, perguntando o que está acontecendo. Loreto explica os crimes que Almeida cometeu e Maria Isabel fica satisfeita. Ela diz que, com a ausência da mãe, de Teresa e Leôncio ainda criança, seria a responsável por responder tudo o que diz respeito ao Engenho do Sol, incluindo os escravos. Miguel pergunta onde Maria Isabel quer chegar. Maria Isabel diz que Juliana pertence a ela e que ele precisa voltar logo. Miguel diz que jamais ficará com ela. Maria Isabel interrompe e revela que não quer nada com Miguel, que ele não merece seu amor. Maria Isabel exige a Loreto que Miguel entregue Juliana ou seja condenado à morte.

Juliana dá à luz uma menina de pele branca, Isaura. Pouco depois do nascimento, a criança é raptada pela vilã Maria Isabel, que diz que eles não merecem essa felicidade. Desesperada e muito debilitada após o parto, Juliana suplica ao Cavaleiro da Mancha para que a ajude a encontrar o bebê. Mas ela cai em uma cilada, já que o homem mascarado é, na verdade, o cruel Comendador Almeida, que revela sua identidade.

Osório é assassinado após brigar com os escravos. Quintiliano atira em Filipa (Milena Toscano). Enquanto se recupera, ela implora ao pai para que trate os escravos com mais dignidade. Dorinha conhece o pai, Átila, e revela o local do esconderijo de Maria Isabel. Átila falará sobre isso com Miguel e os dois irão atrás da megera, que mantém Isaura no cativeiro. Maria Isabel diz que vai jogar Isaura no fogo, deixando Miguel desesperado. Ela diz que quer formar uma família junto com Miguel e Isaura. O fogo começará a tomar conta da cabana. Chorando, Miguel suplicará para que Maria Isabel entregue a criança. Surpreendentemente, ela acaba atendendo ao pedido. Depois disso, Miguel pede para ela sair de perto do fogo, mas Maria Isabel, completamente louca, grita para ele se afastar. O teto do local cairá sob a vilã, que ficará presa e morrerá queimada. Juliana consegue se desvencilhar do Comendador Almeida, mas está muito debilitada. Ela acaba encontrando Sapião, que a ajuda. Miguel leva Isaura para Juliana, que fica emocionada e diz que ama a filha. Juliana acaba morrendo nos braços de Miguel, segurando Isaura. Miguel chora desesperadamente. Capitão Loreto aparece e diz que Comendador Almeida tem que pagar pelos seus crimes, sendo degredado para a África. Almeida diz que deixará um documento assinado passando tudo para seu filho, Leôncio, incluindo a escrava Isaura. No final, Miguel conta para Isaura que eles estão livres. Miguel relembra o seu amor com Juliana. Isaura lê uma carta que Juliana deixou para ela. Fim

* Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeito à alteração de acordo com a edição das novelas

SINOPSE:

Escrava Mãe – RecordTV

Em Escrava Mãe, os brasileiros vivenciam um dos momentos mais importantes de nossa história, conferindo de perto os dois lados do processo de exploração e dominação e assim conhecendo melhor nossa herança cultural.

Inserido neste contexto estão os desafios da mucama Juliana que sonha em ser livre e viver um grande amor ao lado do jovem português Miguel. O que tem sido cada vez mais difícil, principalmente após Juliana ter sido capturada pelo Capitão Osório em uma tentativa de fuga para se encontrar com Miguel na mata.

Este incidente só vem a contribuir para enfurecer ainda mais Almeida que nutre uma verdadeira obsessão por Juliana. Paralelo a isso uma disputa pelo tesouro vem despertando cada vez mais a atenção do público junto a essa emocionante trama.

A trajetória de Juliana e Miguel ainda reserva muitos obstáculos e dificuldades para ficarem juntos, além de conflitos entre outras personagens marcantes que vão prender a atenção dos brasileiros do início ao fim para fazer a diferença em sua comunicação.

Se inscrever
Notificar de
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments